5 hábitos que me ajudam a estimular a criatividade

Apesar de ser taurina (olha eu tentando colocar a culpa no meu signo) gosto de mudanças. Sempre gostei de fazer parte do que não conheço e arriscar no novo. Quem vê as fotos que faço não imagina as gambiarras e as ideias que passam pela minha cabeça antes de registrar o click. Trabalhar com a criatividade não é fácil, pois ela precisa ser estimulada todos os dias. Então esqueça esse papo de que grandes ideias caem do céu porque não é verdade.

É claro que cada profissão exige soluções diferentes, porém é necessário pensar fora da caixinha para conseguir se diferenciar no mercado de trabalho. Você pode trabalhar em uma área completamente diferente da minha, contudo você precisa estimular a sua criatividade para encontrar a solução de um problema, inventar algum método e até mesmo descobrir maneiras diferentes de fazer a mesma coisa.

E se você acha que a criatividade está ligada apenas à arte está muito enganado. Se não existissem pessoas criativas e inovadoras nas áreas de ciência e tecnologia, por exemplo, não teríamos evoluído tanto. Não faz muito tempo que compartilhei aqui no blog algumas dicas que me ajudam quando o bloqueio criativo aparece (inclusive fiz um vídeo falando como lido com este bloqueio). E hoje quero compartilhar 5 hábitos que ajudam a exercitar minha criatividade, vamos lá?

5 hábitos que me ajudam a estimular a criatividade

5 hábitos que me ajudam a estimular a criatividade

Para viver uma vida criativa devemos perder o medo de errar. (Joseph Chilton Pearce)

SER CURIOSA

Acredito que isso faça parte da minha personalidade. Desde criança gosto de prestar atenção em tudo, inclusive nos detalhes. Sempre gostei de miniaturas e quebrava todas as minhas só para saber como elas foram feitas. E essa curiosidade me acompanha até hoje, gosto de me dedicar aos assuntos que não conheço. Já fiz muitos cursos e mesmos eles não tendo ligação com meu trabalho atual, me ajudaram a enxergar as coisas por outro ângulo. Acredito que ter a mente aberta abre portas para várias oportunidades. Então quanto mais diversificado for o seu grupo de amigos, melhor. Comece a reparar nas pessoas e a conviver com aquelas que pensam diferente de você.

OBSERVAR MEUS SOBRINHOS E SUAS DESCOBERTAS

Como Picasso dizia: Toda criança é um artista. O problema é o como manter-se um depois de crescido. Tenho quatro sobrinhos com a mesma faixa etária e gosto de observar como eles lidam com os problemas. Elas são livres para criar, inventar e fazer tudo o que a cabecinha deles imaginar. Uma hora na companhia deles é o equivalente a uma aula de criação.

ANOTAR AS MINHAS IDEIAS

Confesso que atualmente estou gravando as minhas ideias por ser mais prático. Mas algo que sempre faço é andar com um bloquinho de anotação na bolsa. Não fique preocupado em anotar tudo que você ver pela frente, não é essa a intenção. A ideia é você anotar coisas que te fazem bem. Sabe aquela sessão de filme? O que você achou da história? Anote! Comeu algo gostoso em um restaurante novo? Anote! Pode parecer besteira, mas isso pode te ajudar a evitar o bloqueio criativo.

SAIR DA ZONA DE CONFORTO

Como eu disse no início da publicação eu gosto de fazer parte do que não conheço. Gosto de me arriscar e conhecer o novo. Então sair da minha zona de conforto me ajuda bastante. Por exemplo, eu amo ler e meu gênero literário favorito é fantasia. Todavia estou dando uma chance para outros gêneros, como poemas. Tenho me inspirado em novos trabalhos.

CONFIAR NOS MEUS INSTINTOS

É tão chato quando uma ideia não dá certo, não é verdade? Mas isso não é o fim do mundo (ao menos não deveria ser). Estou aprendendo a me apegar somente as coisas boas e que deram certo. Confiar no meu trabalho, faz com que eu não me sinta apenas segura, mas me estimula a criar novos desafios para mim mesma.

O que mais está ajudando a estimular minha criatividade?

Criei um quadro de inspiração;
Estou fazendo um curso novo (e isso vai virar uma publicação futuramente);
Adotei um novo Hobby
Estou praticando mais exercícios e isso tem me ajudado muito na hora de dormir;
Tenho buscado feedback para saber onde preciso melhorar;
Estou fazendo mais intervalos durante o expediente;
Parei de me comparar com os outros e estou focando apenas nos meus resultados;

 

Leia também: 5 livros que vão te ajudar a trabalhar sua criatividade.

Ufa! Espero que vocês tenham gostado e que eu tenha ajudado de alguma forma. Aproveito para pedir dicas nos comentários. O que você faz para estimular a sua criatividade?

 

Comentários

Comentários