Love Kills – Danilo Beyruth

por Clayci

Sobre o autor

Love Kills foi o meu primeiro contato com o trabalho ao autor. Danilo Beyruth é um autor bastante premiado pelos seus trabalhos e um nome consolidado nos quadrinhos brasileiros. Criador de Bando de Dois e Necronauta, reformulou o personagem Astronauta, de Maurício de Sousa, em uma série de graphic novels, colaborou com a Marvel Comics, em Motoqueiro Fantasma e Guardiões da Galáxia e tem trabalhos publicados nos Estados Unidos, Europa e Argentina.

Em 2018, Danilo viu seus personagens e conceitos ganharem vida no filme Motorrad, dirigido por Vicente Amorim. Samurai Shirô segue o mesmo caminho e já está em produção cinematográfica internacional, também com direção de Amorim, o ator das séries Os Tudors e Vikings, Jonathan Rhys Meyers, além de Eijiro Ozaki, Kenny Leu e MASUMI no elenco. E os darksiders colecionadores tiveram contato com seu trabalho nas ilustrações horripilantes da edição comemorativa de 50 anos de A Noite dos Mortos-Vivos, de John A. Russo, em que Danilo dá um tiro certeiro na cabeça dos zumbis famintos. (fonte)

Um pouco mais sobre Love Kills

Love Kills é a investigação de Danilo Beyruth sobre o mito dos vampiros. A história se passa em São Paulo e o autor mostra como esses seres estão sobrevivendo nos dias atuais. Helena é uma das sobreviventes e vive em um prédio na cidade. Ela é bem solitária, mas prefere viver dessa forma. Em uma de suas caçadas noturnas, Helena acaba se esbarrado com Marcus; um cozinheiro que não está muito satisfeito com o seu trabalho, mas continua nesse emprego e fazendo o melhor que pode. Depois de uma confusão no restaurante em que trabalha, ele se vê atraído por Helena sem saber os perigos que essa aproximação podem trazer.

Admito que não gostei do Marcus e fiquei sem entender em quê a sua presença contribuiu na trama. Mas me surpreendi com os traços de Danilo, pois foi o meu primeiro contato com o trabalho do autor e gostei de como ele enriqueceu a narrativa com as suas ilustrações. Moro em São Paulo, porém a rotina do dia-a-dia faz com que certos detalhes importantes passem despercebidos. No entanto, ao ler e admirar seus traços, foi como se eu pudesse sentir e ouvir toda a agitação da cidade.

Ao mostrar a forma como esses vampiros vivem e onde se escondem na cidade, Danilo trouxe outras reflexões ao apresentar realidades ignoradas em São Paulo. E mesmo com um assunto tão delicado, como o vício, há cenas de ação e combate. A ausência de cores na paleta preta e branca, harmoniza com esse lado sombrio da cidade. Gostei de ler Love Kills!

Love Kills Book Cover Love Kills
Danilo Beyruth
Darkside Books
248

O sentimento e a forma como esses seres vampíricos se orientam no mundo em LOVE KILLS, destinados à imortalidade, trazem reflexões sobre a própria vida mortal do leitor. Entretanto, as cenas de ação e combate, e a narrativa cuidadosa de Danilo Beyruth não são colocadas de lado.

Os desenhos muito bem realizados chamam a atenção do leitor em um primeiro momento, mas a qualidade da narrativa, da transição entre os quadrinhos e o ritmo da história, que mescla diálogos e ações, é o que vai segurá-lo até o final da obra. É uma leitura veloz, mas o leitor vai querer voltar algumas vezes, para se atentar aos detalhes da arte e da história, como se fosse um verdadeiro imortal.

3 comentários
FacebookTwitterPinterest

NO PINTEREST

Últimas publicações