Maternidade


Grávida? Palavras de Apoio que Toda Mãe Merece Ouvir.
Compreendendo a Solidão da Reta Final

Palavras de Apoio que Toda Grávida Merece Ouvir

Cheguei ao oitavo mês de gestação e, à medida que me aproximo do nascimento da Cora, tenho refletido sobre as palavras de apoio que gostaria de ter ouvido enquanto grávida. Agora, mais do que nunca, entendo a solidão que muitas mães sentem nos momentos finais da gravidez, mesmo com toda uma rede de apoio ao nosso lado.

Sou grata por ter encontrado pessoas incríveis nessa fase, mas também precisei lidar com algumas que se sentiram no direito de invadir o meu espaço. Ser mãe de primeira viagem é uma experiência única e emocionante. É um período repleto de descobertas, alegrias e também desafios. No entanto, algo que me incomodou bastante foi a quantidade de opiniões não solicitadas que surgiram logo após eu anunciar minha gravidez. Tentei filtrar e blindar os meus ouvidos, mas foi inevitável, especialmente após anunciar que estava grávida. Tive que lidar com aquelas mães que se sentiram à vontade para compartilhar suas experiências negativas de maneira que possa parecer como conselhos. Muitas vezes, esses relatos são recheados de frustrações pessoais e desafios enfrentados, e embora suas intenções possam ser bem-intencionadas, o impacto pode ser desanimador.

Então, hoje quero conversar com você, futura mamãe, e dizer palavras de incentivo e apoio, as quais todas as grávidas merecem ouvir. Às vezes, o simples ato de saber que não estamos sozinhas em nossos sentimentos pode fazer uma diferença danada. É importante que você não se culpe por sentimentos naturais, como a ansiedade, a insegurança e a possível falta de vínculo imediato com o bebê na barriga. Afinal, a maternidade é uma jornada única para cada mulher, e é hora de encarar a autenticidade da maternidade real.

Você não está sozinha nessa experiência.

Independentemente de ser o seu primeiro ou quinto filho, lembre-se de que você não está sozinha. A reta final da gestação pode trazer desconfortos, ansiedades e perguntas sobre a maternidade. Saiba que você tem uma rede de apoio, que inclui amigos, familiares e até mesmo outras mães que já passaram por isso. Todos estão aqui para apoiar e ajudar, então não hesite em pedir ajuda ou compartilhar seus sentimentos.

Lembre-se, seus sentimentos importam. Você tem o direito de se sentir como se sente, e suas preocupações e ansiedades são válidas. Não se compare a outras mães, pois cada gravidez é única, e todos nós lidamos com desafios de maneiras diferentes. Você não está sozinha nessa experiência.

Confie na sua intuição! Você conhece seu corpo e seu bebê melhor do que ninguém. Confie em sua intuição e faça o que acredita ser melhor para você e seu filho. Você está fazendo um ótimo trabalho. E se achar necessário, não tenha medo de pedir ajuda, seja para lidar com os desconfortos físicos, emocionais ou até mesmo com as tarefas diárias.

E, por último, mas não menos importante, não se culpe se não criar um vínculo com seu bebê na barriga logo de cara. A maternidade é uma jornada repleta de emoções, e é perfeitamente normal que o amor e o vínculo com seu filho se desenvolvam de maneira única e pessoal, especialmente agora que está grávida. Você é humana, e essa conexão pode levar tempo para se fortalecer. Dê a si mesma permissão para vivenciar essa experiência à sua maneira, sem julgamentos.

Palavras de Apoio que Toda Grávida Merece Ouvir

newsletter receba novidades

Receba atualizações do blog por email

veja também

  • Maternidade

    Tentando lidar com a solidão Materna

    Por

  • Dois Meses de Cora: Descobertas, Desafios e Muito Amor

    Sobrevivendo ao Combo 'Hora da Bruxa' e Crise dos Três Meses

    Maternidade

    Dois reais ou um salto de desenvolvimento misterioso?

    Por

  • Maternidade

    Dois Meses de Cora: Descobertas, Desafios e Muito Amor

    Por

comentários

  • Chell

    Perfeita 🙂 
    Cota já tá super feliz de ter uma família tão incrível 🙂

    responder
ir ao topo

Buscar no site

plugins premium WordPress
5 lições que aprendi no meu puerpério até agora Ritual de Leitura A canção de Aquiles: 5 motivos para ler Conheça a Quanti Café