Doctor Who: Um guia para whovians iniciantes (a série já está disponível na Globoplay)

por Clayci
11 comentários
Doctor Who: Um guia para whovians iniciantes

Alguém falou em Doctor Who? Cheguei a fazer um guia para whovians iniciantes há alguns anos atrás – quando a série estava na 9ª temporada -, mas devido a um problema com o blog acabei perdendo essa publicação. Se você está acessando o Sai da Minha Lente pela primeira vez: prazer eu sou apaixonada por Doctor Who! Decidi refazer o guia depois que a Globoplay disponibilizou todas as temporadas em seu catálogo. Se você não é assinante, aproveite para baixar o app, pois eles oferecem uma semana gratuita para testar. Quer saber mais sobre a série e por onde começar? Allons-y!

Doctor Who?

Se você não conhece a série pode se sentir um pouco perdido quando os fãs usarem números como referência (9º, 10º, 11º, 12º..) e fica aquela dúvida: quantos doutores são? Iniciamos a série com as seguintes informações: o Doctor é um alienígena do planeta Gallifrey, com dois corações e tem mais de 900 anos de idade. Na verdade temos apenas um doctor representado por vários atores. Em 1963 o ator que representou o primeiro doutor teve que se ausentar do elenco por problemas de saúde e para a série não sair do ar, eles tiver a brilhante ideia de ter uma “regeneração” para a troca de atores. Por isso, que temos várias versões do Doctor: 9º, 10º, 11º,12º e atualmente 13º.

Linha do tempo

Primeiro DoutorWilliam Hartnell1963–66
Segundo DoutorPatrick Troughton1966–69
Terceiro DoutorJon Pertwee1970–74
Quarto DoutorTom Baker1974–81
Quinto DoutorPeter Davison1981–84
Sexto DoutorColin Baker1984–86
Sétimo DoutorSylvester McCoy1987–89, 1996
Oitavo DoutorPaul McGann1996, 2013
The War DoctorJohn Hurt2013
Nono DoutorChristopher Eccleston2005
Décimo DoutorDavid Tennant2005-2010 -2013
Décimo primeiro DoutorMatt Smith2010–2014
Décimo segundo DoutorPeter Capaldi2013–2017
Décimo terceiro Doutor Jodie Whittaker 2017 – atual

Por onde começar a série?

Doctor Who: Um guia para whovians iniciante

As 11 temporadas da série moderna de Doctor Who e todos os seus especiais estão disponíveis na plataforma Globoplay em um acordo de exclusividade com a BBC Studios. Eles também confirmaram que a 12ª será disponibilizada em 2020.

Mas o que você precisa saber é que a série britânica existe há mais de 55 anos e o primeiro episódio foi ao ar em 1963. A série sofreu um hiato em 1989, por causa da queda de audiência, mas voltou com tudo em 2005 e é por aqui que você deve começar. O primeiro episódio se chama “Rose” (referência da primeira Companion da série). Nesta temporada temos o 9º Doutor (Christopher Eccleston) e a sua companheira Rose Tyler (Billie Piper). Agora se você não quiser assistir desde o início (recomendo fortemente que assista) você pode começar pela 5º temporada (2010) no episódio Eleventh Hour (o primeiro episódio com o 11º Doutor Matt Smith).Mas recomendo começar pela 1ª, assim você fica por dentro das aventuras do Doctor, seus inimigos e assiste vários especiais legais criado na época.

Há outras formas de iniciar a série, mas eu já disse que a 2005 é a melhor opção? Já? Ok… Bom você também pode começar pelo primeiro episódio da 8ª temporada e até mesmo pela 11ª temporada que não se sentirá tão perdido.

Doctor Who: Um guia para whovians iniciantes

Quem são os Companions?

São as pessoas que viajam com o Doutor. Esta é a forma que os produtores da série encontraram de interagir com o espectador. Existem os companheiros duradouros, como a Rose Tyler (que iniciou a série em 2005), e os que ficam por pouco tempo (mas que também foram (e continuam sendo) importantes na série).

Sobre a Tardis

Doctor Who: Um guia para whovians iniciante

A Tardis é a nave espacial da série. Ela é uma Cabine Telefônica (essa cabine era muito comum no ano em que a série foi lançada). É a Tardis que leva os seus passageiros para qualquer lugar no espaço e esconde um imenso interior (sim ela é gigante por dentro, tem várias salas). Essa nave foi produzida pelos Senhores do tempo e depois foi roubada pelo Doutor no planeta Gallifrey, ou seja, é a única no universo após a extinção dos seus criadores. O som da Tardis é toque do meu celular, e o mais legal é que ela tem o mesmo som de aterrissagem desde 1963. Quer saber que som é este? Dá o play:

Os vilões de Doctor Who

Você tem que começar a série sabendo que mesmo não aceitando a guerra, o Doctor possui vários inimigos espalhados pelo universo. Os inimigos principais (que sempre aparecem na série) são os Daleks e os Cybermen, mas existem muitos outros (Weeping Angel, Silence, Judon, the master…)

Showrunners incríveis

É importante citar que existem mentes brilhantes por trás das câmeras. Só de imaginar a possibilidade de viajar no tempo é algo maravilhoso. Já pensou ter a chance de conhecer uma personalidade que você admira? Imagina poder conhecer Hitler (tá, isso não é bom), Shakespeare, Van Gogh, Robin Hood e outros nomes importantes na História? Sim! No Doctor Who é possível “conhecer” essas pessoas. Em cada episódio, você é trasportado para um lugar diferente (seja ele no passado ou futuro) e frequentemente o Doctor apresenta algum fato histórico e nos interessamos sobre eles.

Shakespeare
Doctor Who: Um guia para whovians iniciante
Agatha Christie
Van Gogh

A trilha sonora de Doctor Who

A música tema da série foi a primeira eletrônica para a televisão. Em 1963, Ron Grainer foi chamado para compor o tema, e acabou fazendo uma melodia base. Mas para a gravação da obra, passou-a para Delia Derbyshire, que trabalhando com o BBC Radiophonic Workshop, fez da composição uma peça de música eletrônica pioneira, sendo o primeira música eletrônica a ser tema de um programa de Os instrumentais usados em todas as temporadas são de arrepiar, sério.

Doctor Who: Um guia para whovians iniciantes

Sem falar que existem vários materiais disponíveis desse Universo expandido. Alguns spin-offs como a série Torchwood (anagrama de Doctor Who), que investiga crimes e atividades alienígenas; Vários livros publicados com adaptações de arcos exibidos na TV (esses que aparecem na foto acima são os meus queridinhos). Também tem podcasts – acompanho o do Doctor Who Brasil e amo. E o fandom dessa série é o melhor que existe!

Vamos assistir Doctor Who? Vou deixar um trecho de um episódio – que a maioria dos fãs amam – para te convencer a dar uma chance. Você gosta do Van Gogh? Então veja esse especial, mas antes pegue um lencinho para secar as lágrimas enquanto assiste essa homenagem linda.

Conhece a série?

Você também poderá gostar:

11 comentários

Silviane Casemiro 2 de janeiro de 2020 - 23:00

olá!
Eu nunca assisti e confesso que ainda não tive aquela vontade de assistir, principalmente pela quantidade de temporadas e minha atual preguiça para séries. Mas eu adoro as referencias dessa série que são usadas na cultura popular, principalmente a Tardis. Acompanhei a polemica de quando uma mulher foi escalada para viver um Doutor e ameeeei demais que a série mudou nesse aspecto juntamente com a sociedade.
O guia tá bem legal, eu não sabia algumas coisas e gostei de conhecer um pouco mais.

resposta
Mara Santos 2 de janeiro de 2020 - 11:35

Eu estava pensando em começar a assistir essa série é ler seu post foi incrível, me esclareceu várias coisas e só me empolgou mais a assistir. 🙂 Correndo para o Globoplay now!

resposta
Clayci 2 de janeiro de 2020 - 16:17

UHUUUU gostei de ler isso hahahahah
ASSISTE SIMMMM

resposta
Paac Rodrigues 27 de dezembro de 2019 - 09:48

eu cheuguei a começar a ver na netflix mas acabei desanimando, creio que pelos efeitos antigos kkkk, um dia pretendo voltar a ver porque gostei do universo mas não será por agora kkk.

resposta
Clayci 29 de dezembro de 2019 - 12:25

Espero que consiga dar uma chance sim =)
O foco da série é fazer história com as mensagens e reflexões. Por isso não tem tanto investimento nos efeitos. Um dos episódios que foi escrito pelo Neil Gaiman é um exemplo disso <3

resposta
Taise 21 de dezembro de 2019 - 17:53

Olá , estou acompanhando este site e estou adorando seus artigos são muito bons mesmo parabéns.

resposta
Kênia Cândido 11 de dezembro de 2019 - 19:02

Oi Clayci.

Adorei seu post pois ele foi bem explicativo . Especialmente para quem não conhece bem . Eu mesmo, às vezes, fico um pouco perdida com a Cultura Pop, porém acho fantástica. vou dar uma chance para série. Doctor Who parecer ser bem interessante. Obrigada pela dica.

Bjos

resposta
Marijleite 11 de dezembro de 2019 - 17:56

Que post mais maravilhoso! Eu ainda não assisti a série, mas sempre vejo seus comentários positivos sobre ela. Amei conferir esse guia, ver por quais temporadas posso começar e finalmente entender melhor o que é a Tardis.

resposta
Luana Souza 8 de dezembro de 2019 - 14:27

Tanta, mais TANTA gente já me disse que eu iria amar Doctor Who se começasse a assistir. Mas eu me conheço, e eu ia querer ver desde o começo, e são tantas temporadas que eu ia acabar surtando hahaha. Mas quem sabe um dia… só sei que acho a Tardis uma graça <3
Amei as fotos e imagens do post, e o texto também. Me ajudou a me inteirar um pouco da história 🙂

resposta
Alisson Gomes 7 de dezembro de 2019 - 20:47

Oie Clayci,
eu conheço Doctor Who por influência de alguns amigos e claro já é algo tão incluso na cultura pop que é basicamente impossível não conhecer. Acho fantástico a série durar tanto tempo e ainda continuar fazendo tanto sucesso e ser referencia como é ainda hoje!!
Adorei seu posto porque mesmo sabendo um pouco sobre a série tinha muita coisa que eu não tinha conhecimento. Essa cena do Vincent an Gogh é fantástica, eu me arrepio todo todas as vezes que a vejo!!

Beijos!
Eita Já Li

resposta
Diane Ramos 7 de dezembro de 2019 - 06:52

Olá…
Sou iniciante nessa série e realmente estava perdida kkkk… Seu post foi bastante esclarecedor e me tirou diversas dúvidas, principalmente sobre esses números que vocês usam como referência.
Bjão

http://coisasdediane.blogspot.com/

resposta

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Aceitar

Privacidade