Life


“Eu me lembro de você” Addie Larue
e fiz uma tattoo para sempre me lembrar

A vida invisível de Addie Larue foi um livro que me marcou bastante. Eu cheguei a comentar na resenha que fiz que eu sempre tive medo de “ser esquecida”. Após muitas sessões de terapia que eu descobri que esta fobia tem nome: atazagorafobia. É o medo irracional de ser esquecido ou ignorado. Pode parecer um medo bobo, mas provoca sensações angustiantes. Geralmente ela vem acompanhada de crises de pânico, palpitações e um medo descontrolado. Por isso não foi difícil me apegar à Addie.

Mas caso você não conheça a histrória: Addie LaRue não queria pertencer a ninguém ou a lugar nenhum. Em um momento de desespero, a jovem faz um pacto: a vida eterna, sob a condição de que quem a conhecer, a esquecerá. Um piscar de olhos, e, como um sopro, Addie se vai. Uma virada de costas, e sua existência se dissipa na memória de todos.

Ninguém se lembra dela! As pessoas se esquecem de Adeline quando elas dão as costas. Como se não bastasse, a jovem não consegue mais pronunciar o seu próprio nome e nem deixar nenhuma marca no mundo. E foi assim, se tornando imortal, que Addie viveu e presenciou momentos na História sem poder deixar o seu rastro.

Fiz uma tatuagem literária para sempre me lembrar de Addie

Já faz um tempo que estava desejando esta tatuagem e foi só depois de ver a May fazendo que tomei coragem. O local também foi estratégico, quis registrar perto da frase marcante de “Doctor Who”, senti que elas se complementaram. As estrelas representam as sardas da personagem e como a frase do Doctor Who fala justamente sobre sermos História – nessa aquarela linda- senti que de alguma forma ela conversava com Addie. Então, marquei com a Fe e aproveitei para fazer algumas tattoos que estava nos desejados. Logo volto para mostrar as outras!

"Porque eu nem me importo com o tempo que me resta aqui
A única coisa que sei agora é que quero aproveitá-lo
Com você, com você, mais ninguém aqui
Esta noite vai ser a mais solitária

Você será a parte mais triste de mim
Uma parte de mim que nunca será minha
É obvio
Esta noite vai ser a mais solitária" - The Loneliest: Måneskin

Eu achei a letra dessa música tão parecida com a Addie, que não resisti! Estou viciada nesse lançamento do Måneskin.

Gostaram da minha nova tatuagem?

newsletter receba novidades

Receba atualizações do blog por email

veja também

  • e honestamente falando: nem precisa

    Documentários

    Minha mente e eu – Nem tudo é o que parece ser

    Por

  • que vou tentar resumir =)

    Life

    Novembro foi um mês tão legal por aqui

    Por

  • e lidando aos poucos com a agorafobia

    Tea time

    Aprendendo a curtir minha própria companhia

    Por

comentários

  • karolini barbara

    Achei uma lindeza e deu até vontade de fazer mais umas tatuagens!
    huahuahuahuahuahua
    Eu ainda preciso ler esse livro só por sua conta Clayci. Pois fui influenciada pela senhora.

    Blogger | Instagram | Pinterest

    responder
  • Tay Ribeiro

    Que lindaaaaa. Eu amei sua tatuagem e é tão louco como uma história pode nos acolher e nos fazer se reconhecer nela, né?!
    Ainda não li esse livro, pois tenho grandes expectativas e compartilho desse medo de ser esquecida, então fico com receio de como irei me sentir na leitura.
    Beijos

    responder
  • Giovana Oliveira

    Oi!
    Adorei a tatuagem, gosto bastante da simplicidade da capa de Addie LaRue e como ela consegue passar bem o que significa a personagem. Esse quote de Doctor Who <3

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    responder
ir ao topo

Buscar no site

plugins premium WordPress
Tatuagem Literária: A vida invisível de Addie LaRue Frases do livro: A casa no mar Cerúleo Trechos do livro A sociedade de Atlas Trechos do livro: Mansão Gallant