A Parábola do Semeador – Octavia E. Butler

por Clayci
22 comentários 117 visualizações

A Parábola do Semeador vai mostrar um mundo devastado por uma seca irreversível. Temos um ambiente inabitável com escassez de água e outros recursos por conta do descaso com a sociedade. A segurança pública deixou de ser prioridade e crimes como roubos, assassinatos, tráfico de drogas, estupros viraram rotina e não são mais punidos da forma como que deveriam. Temos destruição ambiental, um governo negligente e uma polícia corrupta dificultando a vida de quem está vivendo nessas condições.


Tudo o que você toca
Você muda.
Tudo o que você muda
Muda você.
A única verdade perene
É a mudança

A Parábola do Semeador

Lauren Olamina é uma das sobreviventes e vive em um bairro murado. A comunidade é pequena, mas todos que vivem ali se ajudam. A falecida mãe de Lauren era usuária de uma substância pesada e por causa disso, ela nasceu com uma síndrome chamada hiperempatia. A garota guarda esse segredo, pois ela tem medo de como isso pode ser usado contra ela. Essa síndrome permite que ela experimente na própria pele a dor e o prazer que as pessoas à sua volta estão sentindo.

Lauren narra tudo o que acontece no seu dia em um diário. Nele é possível encontrar as novidades que acontecem na vizinhança, as aulas que ela ajuda a ministrar ao lado de sua madrasta e também as pregações do seu pai que é um pastor. Desde cedo as crianças aprendem a usar armas para ajudar na segurança da comunidade.

A Parábola do Semeador -Octavia E. Butler

SEMENTE DA TERRA

Diante de todo esse quadro é possível perceber a pressa e a dificuldade de crescer e amadurecer em um ambiente tão hostil. E o que motiva Lauren a continuar lutando é a religião. Porém não é a que seu pai prega na comunidade. É uma nova igreja criada por ela mesma e seu principio fundamental é de que “Deus é a mudança“. A garota chama essa nova religião de Semente da Terra e isso a motiva a buscar uma nova forma de viver.

Por ser cética, pensei que essa caracterização iria atrapalhar a minha leitura, entretanto gostei da discussão positiva do papel da fé e da religião. Lauren é uma personagem com falhas e erros; ela cresceu em um mundo cruel e vive aquela realidade. Então ver a sua insegurança e até mesmo as decisões que tomou para sobreviver, me fez sentir empatia.

Se tem uma coisa que eu aprendi com os livros da Ocativa E. Butler é que não é possível finalizar uma leitura sorrindo. A Parábola do semeador é cruel, tem várias cenas que causam repulsas e o livro traz reflexões interessantes envolvendo fé e religião. Ver aquele ambiente devastado e a briga por sobrevivência me fez refletir sobre várias questões. Vivemos um momento extremamente delicado em nossa política. Enquanto muitos discutem lados (esquerda/direita), vários políticos estão se aproveitando da situação e negligenciando o que realmente precisa ser debatido.

.

A Parábola do Semeador -Octavia E. Butler

A esperança pode surgir nos piores cenários possíveis

Se pararmos para avaliar nossas condições atuais, temos que comemorar o fato de termos acesso instantâneo às crises que acontecem pelo mundo. Mas ao mesmo tempo gera um certo desconforto quando nos damos conta de que é possível repetirmos os piores erros que a nossa História tem a oferecer.

Lauren é uma jovem incrível e – mesmo vivendo em um ambiente horrível– é muito determinada. Ela respeita o seu pai, mesmo não concordando com algumas ideias. Coloca a sua família em primeiro lugar e a sua síndrome de hiperempatia me fez pensar em como a dor pode ser transmitida através das gerações. 

A história realmente me incomodou bastante. Ver o desespero humano e o egoísmo destruindo tudo e todos me deixou muito mal. No entanto, Lauren mostra que a esperança pode existir nos piores cenários possíveis. Estou bem otimista com a continuação “A Parábola dos Talentos” e não vejo a hora de dar uma chance.

Quando as pessoas passam a achar que não há problema em pegar o que querem e destruir o resto, como saber quando elas vão parar?

A Parábola do Semeador

A Parábola do Semeador Book Cover A Parábola do Semeador
Semente da Terra #1
Octavia E. Butler
Ficção Científica
Morro Branco
416

Quando uma crise ambiental e econômica leva ao caos social, nem mesmo os bairros murados estão seguros. Em uma noite de fogo e morte, Lauren Olamina, a jovem filha de um pastor, perde sua família, seu lar e se aventura pelas terras americanas desprotegidas. Mas o que começa como uma fuga pela sobrevivência acaba levando a algo muito maior: uma visão estonteante do destino humano ... e ao nascimento de uma nova fé.

Você também poderá gostar

22 comentários

Parábola dos Talentos - Octavia E. Butler - Sai da Minha Lente 15 de julho de 2019 - 18:02

[…] Semente da terra, publicado pela editora Morro Branco. Já fiz a resenha do primeiro livro “A Parábola do Semeador” aqui no blog e pode conter spoilers nessa […]

resposta
Aline Martins de Oliveira 13 de julho de 2019 - 12:01

Oi! Eu confesso que tenho certo medo de ler os livros da Octavia! Apesar de todas as resenhas serem muito elogiosas á escrita dela, á construção das histórias e dos personagens, eu acho que são cenas muito fortes e bem violentas. Li o pedacinho de Kindred e fiquei tão abalada, que desisti da leitura por esse momento. Não descartei, mas quero me sentir mais emocionalmente preparada. Obrigada pela resenha!

Bjoxx ~ Aline ~ http://www.stalker-literaria.com ?

resposta
Clayci 15 de julho de 2019 - 16:46

E são! A autora soube usar esse espaço para abordar assuntos extremamente necessários.
Mas apesar de tudo a escrita dela prende a nossa atenção

resposta
Beatriz Andrade 11 de julho de 2019 - 22:40

Eu ainda não li os livros dela, mas quero muito. Sei que todos são leituras extremamente difíceis e sei que vão mexer demais comigo, mas sei que preciso lê-los.

resposta
Clayci 15 de julho de 2019 - 16:49

Ahhh leia sim amiga <3

Vale a pena

resposta
Tiffannyk 10 de julho de 2019 - 17:27

Oi Clayci, tudo bom?

É o tipo de livro que ao mesmo tempo que me interessa, me faz pensar se eu tenho estômago para ler, sabe? Pois é tão hiperconectado com a realidade atual que sinto que pode ser quase uma overdose.

Eu não conhecia a autora, mas gostei muito do livro pela sua ótica.

xoxo
Tiffannyk
#thereviewbooks | @thereviewbooks
https://thereviewbooks.com.br

resposta
Clayci 11 de julho de 2019 - 09:02

Eu te entendo perfeitamente bem!
Tive que ler em “pausas”, mas foi uma leitura incrível. Se puder dar uma chance, recomendo.

Beijos

resposta
PS Amo Leitura 8 de julho de 2019 - 14:22

Sabe o que mais me encanta nas publicações da Morro Branco? A forma como os livros sempre são tão profundos, cheios de lições e tudo mais. Fiquei totalmente encantada com esse livro e toda a narrativa. Cada vez estou mais curiosa para conhecer os livros da Octavia. Linda resenha e lindas fotos!

resposta
Clayci 10 de julho de 2019 - 08:57

Eu também me encanto com isso.
Eles escolhem títulos incríveis para publicar

resposta
Larissa Dutra 8 de julho de 2019 - 14:13

Olá, tudo bem? Não é o tipo de livro que eu costumo ler, mas achei a premissa bem interessante e fiquei curiosa para saber mais. Adorei tua resenha e dica!

Beijos,
Duas Livreiras

resposta
lilian farias 6 de julho de 2019 - 13:01

Fé e religião nesse contexto, eu não esperava e fiquei profundamente animada para fazer essa leitura, já havia gostado da capa e sinopse.

resposta
Clayci 10 de julho de 2019 - 08:59

Eu acredito que vc vai gostar dessa leitura <3

resposta
Marijleite 5 de julho de 2019 - 16:35

Oi, ainda não li nada da autora apesar de ter Kindred na estante. Eu era curiosa para saber sobre o que era esse livro, então foi bem ler sua resenha e saber que, apesar do cenário complicado e da história forte, é possível sentir empatia pela personagem.

resposta
Clayci 10 de julho de 2019 - 09:02

Ahh torcendo para vc conseguir dar uma chance para essa leitura <3

resposta
Michelle Russo 5 de julho de 2019 - 08:49

Que post maravilhoso amei cada detalhe, as fotos, a escrita e o conteúdo, fiquei extremamente ansiosa para ler o livro, com uma abordagem tão intensa acredito que mesmo sendo uma leitura difícil que nos incomoda pelo assunto tratado, deve ser lida sem dúvida! Já anotei aqui para aquisição! Beijos!

resposta
Clayci 5 de julho de 2019 - 15:33

Ahh como fico feliz em saber disso.
A leitura foi maravilhosa e recomendo bastante

Beijos

resposta
Karini Couto 6 de julho de 2019 - 13:00

Tudo bem? Como sempre, linda a fotos. Estou com esse livro para leitura, comecei, mas não terminei pela falta de tempo. Preciso dar um gás na leitura. Adorei ver sua opinião, que me deixou ainda mais ansiosa para terminar logo o livro.

http://www.alempaginas.com

resposta
Clayci 10 de julho de 2019 - 09:00

Muito obrigada

resposta
Priscila 4 de julho de 2019 - 16:07

Faz tempo que não leio um livro assim, uma distopia, não? Pareceu ser interessante e importante para nós. Eu particularmente gosto muito da parábola do semeador, fiquei curiosa para saber o que a historia em si faz lembrá-la. E feliz em saber que vc gostou mesmo não sendo religiosa, pareceu ser bem real.
E, claro, vc arrasa nas fotos 🙂
Bjos

resposta
Clayci 5 de julho de 2019 - 15:36

Tem elementos de distopia sim, tendo em vista a destruição ambiental. Mas o foco está no sci fi, devido a discussão de religião e ciência.

resposta
Heloisa Godioso 4 de julho de 2019 - 11:25

tua resenha tá tão legal que ja to com aba aberta aqui pesquisando o preço do livro, e olha que nem é o tipo de história que eu curto hahahaha!

beijos!

resposta
Clayci 5 de julho de 2019 - 15:36

Como é bom saber disso <3
Fico feliz que tenha se interessado.

resposta

Deixe um comentário