O retorno de tecnologias antigas

por Clayci
8 comentários 27 visualizações

A tecnologia invadiu o mundo. Nos últimos 10 anos houve uma intensa produção de smartphones, laptops, gadgets e demais acessórios de última geração. Porém, existe uma nova tendência que demonstra a volta de tecnologias antigas. Polaroides, jogos de videogame, vitrola e muito mais. A seguir será possível rememorar e acompanhar o retorno de produtos bastante conhecidos em todo o planeta.

Geralmente entende-se como vintage produtos que estiveram em alta há cerca de 20 anos atrás. Este conceito, também conhecido como retrô, toma como base reviver o que já foi moda antigamente.

Partindo do princípio das tecnologias antigas é preciso entender que elas estiveram em foco pois representaram uma verdadeira ruptura. Relógios digitais à prova d’água, câmeras fotográficas com revelação instantânea da foto, a popularização dos celulares. Tudo isso impactou bastante pessoas, que por exemplo, nunca haviam estado em contato com tais invenções.

O retorno de produtos que estiveram em alta nos anos 90 acaba trazendo uma certa nostalgia. É lembrar de épocas antigas em que estas tecnologias impressionaram toda sociedade. Este retorno a décadas passadas vem recheado de estilo.

O retorno de aparelhos eletrônicos que estiveram em alta nos anos 90 vem com bastante curiosidades. É mais do que lembrar de épocas passadas. Trata-se da escolha por um estilo clássico, uma mistura de nostalgia e status, muitas vezes encarada com originalidade pelos que revivem esta época.

O retorno de tecnologias antigas

Como as tecnologias antigas saíram de moda, poucas pessoas tiveram o cuidado de guardar os produtos. Toca disco, fitas cassete, jogos do Pacman, o videogame Super Nintendo. Estes são exemplos de utensílios que voltaram a ter grande procura. Muito por fazer os indivíduos relembrarem da infância, do quão impactante estas novidades foram na época.

Feiras, lojas físicas e até e-commerces estão aproveitando esta volta no tempo para faturar. Como acaba sendo bem trabalhoso encontrar estes produtos antigos, tem vantagem aquele que guardou com carinho seus aparelhos. Inclusive percebe-se uma valorização de mercado. Por se tratar de peças muitas vezes exclusivas, estas acabam apresentando preços elevados.

Além dos caçadores de relíquias, das feiras de produtos antigos e de lojas especializadas, já existe uma nova tendência comercial baseada em materiais retrô. As próprias marcas que produziam estas tecnologias estão enxergando uma nova oportunidade em retomar a fabricação destes itens.

A influência dos anos 90 vai além da tecnologia. Segmentos como o de moda se apropriam bastante das tendências que já influenciaram o mundo em décadas passadas. Roupas, sapatos, maquiagem, acessórios. É uma vertente para recordar outros tempos, mas também para demonstrar estilo e irreverência.

As antigas tecnologias não se limitam aos anos 90, por isso, quando se fala de vintage ou retrô, nem tudo se enquadra nesta década. O importante é entender que atualmente existe uma certa tendência de produzir materiais que reacendem memórias.

É preciso admitir que, assim como no campo da moda, a tecnologia também está apresentando suas idas e vindas. Algo para fazer as pessoas refletirem sobre o quão relevante é rememorar o passado, sem deixar de aproveitar o momento presente.

8 comentários

Helô 24 de junho de 2019 - 17:12

muito legal a reflexão, Clayci! Eu adoro o fato das tecnologias antigas voltarem à moda. Já tenho minha vitrolinha, polaroid (instax na verdade hahaha), console com todos jogos dos anos 80/90… só me falta agora um Pense Bem HAHAHAH, saudades!

resposta
Clayci 26 de junho de 2019 - 09:26

Pior que ainda temos um, acredita? hahaha
Nem sei se funciona mais

resposta
Thalita 24 de junho de 2019 - 14:17

Eu amava jogar o Super Nintendo!

Beijos,
http://www.thalitamaia.com

resposta
Clayci 26 de junho de 2019 - 09:26

hahah eu tbm <3

resposta
Liv 24 de junho de 2019 - 11:23

Antes eu tinha a impressão de que deveria jogar tudo que é velho e não está sendo usado fora, mas ao estudar mais sobre sustentabilidade eu passei a procurar formas de reaproveitar objetos e materiais, mas com o cuidado de não me tornar muito acumuladora. A gente não sabe o que o futuro nos reserva e o que pode voltar a ser usado. Infelizmente objetos como câmeras analógicas acabaram sendo jogados fora, mas agora acho que aprendi minha lição.

resposta
Clayci 26 de junho de 2019 - 09:30

Eu já recuperei várias analógicas, justamente pq muitos descartam =/

resposta
Lívia Madeira 24 de junho de 2019 - 08:43

pois é, a polaroid que era tão desejada já voltou em outro formato e acredito que essa onda retro continue sim na área da tecnologia

http://www.tofucolorido.com.br
http://www.facebook.com/blogtofucolorido

resposta
Clayci 26 de junho de 2019 - 09:31

Ahh eu amo demais a polaroid e ainda tenho hahahah

resposta

Deixe um comentário