Andando por São Paulo


Horror Expo: Fomos visitar a maior feira de horror da América Latina

Na última sexta-feira fui conferir a 1ª Horror Expo Brasil e vim compartilhar a minha experiência com vocês. O evento rolou no Pavilhão de Exposições do Anhembi, entre os dias 18 e 20 de outubro em São Paulo. Eu fui para fotografar, mas é claro que aproveitei a oportunidade para ir vestida de Fred Krueger.

O que eu não imaginava, era que iria acontecer a Expo Cristã nos mesmo dias da Horror Expo. Já deu pra imaginar que entrei no evento errado, não é mesmo? Fui caracterizada e ao procurar a área de credenciamento, o segurança veio atrás da gente informar que estávamos no local errado. Depois de passar essa pequena vergonha, quando cheguei na cabine de impressa da Horror Expo, fui informada que visitantes do evento ao lado também se confundiram. Enfim, vou contar o que rolou no primeiro dia.

Estandes Interativos

O evento estava tranquilo no dia que fomos; e logo na entrada tinha um espaço criado pela Warner para divulgação do filme Doutor Sono. Gostei de todos os detalhes e estou ansiosa pelo lançamento, pois amo esse livro. Havia também estandes com clássicos ambientes de histórias de terror, inclusive tivemos a companhia de Annabelle e também do Boneco do Mal.

Havia muitas outras esculturas de terror e ambientes de interação, como por exemplo um labirinto do terror. Mas os ônibus do Apocalipse eram a melhor parte. Foram utilizados ônibus antigos da cidade de São Paulo, os quais foram estilizados e grafitados. Os mesmos estavam com diversos figurantes fantasiados e maquiados, prontos para dar sustos nos visitantes. Sério, você sai de lá tremendo de medo!

Horror Expo: Fomos visitar a maior feira de horror da América Latina

Teve diversos produtos para os fãs. Desde antigas fitas VHS com os melhores clássicos do terror, até pingentes e adereços como mini esqueletos de diabretes. Havia também quadros de alienígenas, esculturas de monstros, escapes, bandas com shows, fantasias, roupas darkness, makes e acessórios, máscaras e claro, muitos outros assustadores artistas para interagir com você.

Horror Expo: Personagens que encontramos andando pelo evento no primeiro dia

O espaço do evento estava bem amplo. Apesar de não ter sido utilizado todo o pavilhão, a área era bem grande e permitia ter corredores espaçosos. Acredito que por ser a primeira edição estava muito bem organizado. Só senti falta de algumas sinalizações para encontrar determinadas atrações. Também acredito que poderiam investir mais na praça de alimentação, pois não tinham tantas opções. Mas é claro, estamos falando de uma estreia e acredito que isso irá melhorar nas próximas edições.

A interação com o público por parte dos figurantes fantasiados também estava muito boa. O tempo todo uma bruxa de patins passava pelos corredores, mexia com as pessoas, tirava self e dialogava. Enquanto outros passavam e pregavam sustos nos mais desprevenidos. Por falar nisso, fomos pegos desprevenidos com a ilustre presença de Mick Garris, roteirista e produtor de diversos filmes de terror. Ele estava andando pelo evento em meio ao público. Uma oportunidade sem igual para os fãs poderem registrar com selfies, fotos e autógrafos, e ainda poder trocar algumas palavras com ele.

Horror Expo: Fomos visitar a maior feira de horror da América Latina
Horror Expo: Fomos visitar a maior feira de horror da América Latina

A Colormake estava oferecendo maquiagens artísticas gratuitas durante o evento. Além de expor e comercializar suas linhas de produtos, a empresa disponibilizou profissionais para maquiar os visitantes.

Horror Expo: Fomos visitar a maior feira de horror da América Latina

Já estou pronta para a Horror Expo do ano que vem!

newsletter receba novidades

Receba atualizações do blog por email

veja também

  • Andando por São Paulo

    Hello Kitty: Fomos conhecer o restaurante temático na Liberdade

    Por

  • Lifestyle

    O dia em que participei (e ganhei) de uma competição mundial de figures

    Por

  • Andando por São Paulo

    Experimentando a pizza do Bráz Elettrica

    Por

comentários

  • Erika Monteiro

    Oie, tudo bem? Participar de eventos assim é realmente incrível. Além de aproveitar a feira, fotografar, é possível conhecer pessoas que dividem os mesmos gostos que nós. Acompanhei alguns igs pelo intagram e realmente o evento uniu muitos fãs. Gostei muitos dos clicks. Um abraço, Érika =^.^=

    responder
  • Debyh

    Olá,
    Que interessante. Se eu fosse levaria muitos sustos hahahaha.
    Falando da parte profissional da maquiagem acho que quem consegue montar essas coisas mais parecidas com a realidade são verdadeiros artistas.

    responder
Mais comentários
1 2

newsletter receba novidades

Receba atualizações do blog por email

veja também

  • Andando por São Paulo

    Hello Kitty: Fomos conhecer o restaurante temático na Liberdade

    Por

  • Lifestyle

    O dia em que participei (e ganhei) de uma competição mundial de figures

    Por

  • Andando por São Paulo

    Experimentando a pizza do Bráz Elettrica

    Por

ir ao topo

Buscar no site