Medicina Macabra – Thomas Morris (um livro para quem tem estômago forte)

por Clayci
15 comentários 229 visualizações

Eu sempre gostei da acompanhar séries sobre medicina. É claro que eu não faço ideia de como é trabalhar em um ambiente clínico, mas me sinto envolvida quando vejo toda a correria, pressão e procedimentos nos episódios que assisto. House é uma das minhas séries favoritas, assim como Grey’s Anatomy – apesar de estar atrasada nos episódios – Good Doctor e Sob Pressão também.

Quando soube que a Macabra (novo selo da Darkside Books) traria um livro com casos reais da medicina, fiquei bem empolgada. A ideia de Medicina Macabra surgiu quando Thomas Morris pesquisava alguns artigos na biblioteca. Ele estava entediado, enquanto buscava referências sobre doenças cardíacas datadas no século XIX, quando se deparou com uma ocorrência bizarra de 1829. Foi então que entre dissertações cheias de linguagem técnica e textos desafiadoramente longos, Thomas decidiu reunir algumas pérolas divertidas e grotescas sobre casos bizarros.

Seria possível falar o mesmo sobre a medicina do século XXI, uma ciência cujo patamar ainda etá bem distante da perfeição. Dito isso, alguns tratamentos antigos estavam tão errados que beiravam a perversidade, mesmo levando em conta os padrões da época. Por isso, não pude resistir ao impulso de tirar um pouco de sarro, de forma sutil, quando achei necessário.

Medicina Macabra – Thomas Norris

Casos arrepiantes, constrangedores e divertidos da História da Medicina

E quando falo bizarros, estou falando sobre situações em que alguém tem um garfo engolido pelo ânus, um marinheiro que engolia canivetes, uma criança que se engasgou com a laringe de um ganso, dentes explodindo e tudo mais que você conseguir imaginar. Enquanto lia essas ocorrências angustiantes, fiquei imaginando o que se passava na cabeça dos médicos quando estes pacientes chegavam em seus consultórios.

Ainda que a medicina tenha evoluído de forma tão impressionante e esteja tão segmentada, algumas coisas não mudaram. E é incrível ver a criatividade e a capacidade desses profissionais na hora de tratá-los.  Medicina Macabra foi dividida em 7 partes sendo: Vergonha Alheia (alguns casos sobre objetos estranhos que foram ingeridos/introduzidos ao longo dos anos); Insólita Medicina (já parou para pensar quantas doenças existem e como os médicos do século passado lidavam com elas?); Remédios irremediáveis (por milênios alguns médicos ficaram famosos por recomendar sangrias como sanguessugas e até mesmo drogas compostas de mercúrio e arsênicos), Cirurgias Macabras (o desespero muitas vezes obrigavam os médicos a improvisarem); Curas extraordinárias (curas ou charlatões usando casos para ganharem notoriedade!?); Histórias macabras e Perigos escondidos.

Medicina Macabra - Thomas Morris (um livro para quem tem estômago forte)

Apesar de alguns casos me deixarem angustiada e até mesmo enjoada, gostei da forma com que Thomas Morris reuniu estas informações. A leitura é rápida, mas isto porque o autor usou uma narrativa divertida para descrever tais fatos, da mesma forma que explicou as palavras que caíram em desuso. Sem falar que é interessante acompanhar a evolução da medicina. Hoje, a prática da medicina está tão amplamente difundida e documentada, que fica fácil listar as descobertas feitas, mas e nos séculos passados? Já imaginou como os anestésicos foram criados ou como as bactérias foram descobertas? Conseguem imaginar a criação das vacinas?

Medicina Macabra: Remédios irremediáveis, relatórios verídicos.

Como o próprio autor disse no livro: “quando não havia remédios eficazes, eles procuravam novas drogas.” Os métodos utilizados naqueles tempos eram consistentes com o nível de compreensão de que dispunham sobre o funcionamento do corpo humano. Portanto, não é culpa dos médicos do passado o fato de o conhecimento da medicina ter avançado tanto antes de chegar aos nossos dias.

Medicina Macabra é um livro perfeito para quem tem estomago forte e que gosta de ler esse tipo de relatos. E a edição está lindíssima (como vocês podem conferir nas fotos). Gravei um vídeo no meu IGTV mostrando os bastidores dessas composições fotográficas.

Medicina Macabra Book Cover Medicina Macabra
Thomas Morris
Darkside Books
432

Enquanto pesquisava para escrever seu primeiro livro, o escritor Thomas Morris fez uma descoberta um tanto quanto… curiosa: entre dissertações cheias de linguagem técnica e textos desafiadoramente longos, pérolas divertidas e grotescas sobre casos bizarros estavam escondidas. Muitos destes relatos eram bons demais para serem esquecidos na literatura médica, e ele decidiu fazer uma seleção irresistivelmente peculiar.

Da Holanda do século XVII até a Rússia czarista, da zona rural do Canadá até um baleeiro no Pacífico, Medicina Macabra é uma reunião de casos insólitos da história da Medicina que ocorreram em um período de trezentos anos. Alguns desses relatos são angustiantes ou comoventes, outros são macabros, mas todos oferecem algo mais além do que uma boa anedota. Por mais constrangedoras que sejam as enfermidades, por mais estranhos que sejam os tratamentos, todos esses casos expressam algo sobre as crenças e a sabedoria de uma época.

Uma família inteira sofrendo de dores e que decidiu amputar as pernas para acabar com o sofrimento. Uma paciente com ataques histéricos que recitava Goethe e Shakespeare. Qual foi a última vez que um de seus dentes explodiu? E quando você comeu uma alface fresca e dois dias depois lesmas saíram pela sua boca? Medicina Macabra traz relatórios de casos verídicos, escritos por médicos que relataram aquilo que viram e fizeram, obtidos a partir de livros, panfletos, cartas e bilhetes.

Remédios irremediáveis, curas extraordinárias, cirurgias que tinham tudo para dar errado, casos insólitos e lamentáveis embaraços: está tudo aqui. Medicina Macabra é feito sob medida para os darksiders de estômago forte, narrado com aquela injeção de humor que não poderia faltar. Você está pronto para dissecar essas excentricidades do passado? Você é uma pessoa macabra?

Você também poderá gostar

15 comentários

Beatriz Andrade 27 de abril de 2020 - 22:33

Morro de vontade de ler esse livro e tenho certeza de que a maioria dos casos me deixaria enjoada também, mas com certeza é uma leitura que vale muito a pena. Ah, e essas fotos perfeitas? Um arraso <3

resposta
Luana Souza 24 de abril de 2020 - 20:29

Ok, depois dessa resenha eu com certeza vou passar esse livro na frente nas próximas leituras. Eu imaginava algo totalmente diferente, ao estilo Medicina dos Horrores, mas, pelo que deu pra ler, não é isso não hahaha. Estou terminando Vitorianas Macabras e, talvez, esse seja um dos próximos que pego pra ler 🙂
Sua fotos ficaram lindas, Clayci1 Me senti dentro de um consultório médico <3

resposta
Mara Santos 23 de abril de 2020 - 14:50

Oi, Clayci!
Esse não é bem um livro que eu leria, confesso! Não sou forte o suficiente hahahahahahaha Mas com certeza, para quem curte é um livro perfeito!!!
Mas como sempre a Darkside faz uma edição linda, você faz fotos maravilhosas e ainda traz um conteúdo massa!!! Parabéns!

resposta
Lucas Buchinger 21 de abril de 2020 - 07:27

Nossa, a darkside lança cada livro incrível! Medicina macabra eu tenho na minha estante porém ainda não o li. Amei seu post e as fotos! Espetaculares! Da para sentir nos seus posts o carinho tanto nas fotos quanto no texto.

resposta
Aline Cury 18 de abril de 2020 - 20:31

Pelo que vejo os livros dessa editora são sempre perfeitos em pesquisa, diagramação, fotografia etc um exemplar mais lindo que p outro para te na estante além de serem leituras prazerosas e interessantes. Gostei de conhecer um pouco mais desse livro e dessa edição linda. Não sei se eu teria frieza para lê-lo, mas achei interessante. Parabéns pela leitura e resenha.

resposta
Camila 18 de abril de 2020 - 18:59

Olá tudo bem?
Eu vi o lançamento do livro, mas confesso que não havia me interessado muito. Gostei demais da premissa do livro, mas estou um tanto receosa se tenho ou não estomago forte o suficiente para essa leitura. Adorei a sua resenha, você arrasou e as fotos ficaram maravilhosas.
Beijos

resposta
Liv 16 de abril de 2020 - 15:33

Eu adorei ver esse vídeo no seu IGTV, achei muito legal a forma como você compõe a foto! Eu fico em dúvida se eu realmente sou a pessoa certa para ler esse livro, pois ao mesmo tempo que eu fico muito curiosa para ler esses casos, eu não acho que eu seja a pessoa de estômago forte para isso. Em geral, eu gosto muito de livros com curiosidades, então acho que a curiosidade vai acabar vencendo eventualmente!
Abraço,
Liv | Resenhas Caóticas | A Odisseia | Instagram

resposta
PS Amo Leitura 16 de abril de 2020 - 10:27

Suas fotos são tão incríveis que eu nem sei dizer! Só pela sua introdução que é um livro para quem tem estômago forte, já fujo hahaha Não tenho estômago para isso. De qualquer forma, acredito que a obra é perfeita para quem curte livros do gênero.

Beijosss.

resposta
Kênia Cândido 15 de abril de 2020 - 03:59

Oi Clayci.

Eu estou bastante interessante neste livro e pela sua resenha eu estou conhecendo um pouco da história. Confesso que meu interesse aumentou por ele ainda mais sabendo que é uma leitura perfeita para quem tem estômago forte e que gosta de ler esse tipo de relatos. Obrigada pela dica.

Bjos

resposta
Alisson Gomes 14 de abril de 2020 - 20:21

Oi Clayci!

Menina a Darkside sempre lançado livros espetaculares né? Eu também adoro séries medicas, mas, não vou negar que as cenas que mostram parte do corpo eu sempre fico com nojinho kkkkkkk mas, nem por isso eu deixo de ver. Sobre o livro eu achei a premissa dele maravilhosa, principalmente porque a medicina tem toda uma extensa história para chegar a onde chegou né? Adorei a resenha, se tiver oportunidade de ler o livro lerei!!

Beijos!
Eita Já Li

resposta
Larissa Dutra 14 de abril de 2020 - 15:35

Olá, tudo bem? Caramba, esse livro parece ser extremamente macabro, fiquei angustiada só de ler a tua resenha, haha. Não costumo ler livros sobre medicina, mas confesso que esse me deixou beeem curiosa. Amei as tuas fotos!

Beijos,
Duas Livreiras

resposta
Nana 14 de abril de 2020 - 15:08

Vou indicar esse livro pra minha mãe que adora esse tipo de literatura. Ela queria ter se formado legista.
Estou voltando aos poucos com o blog e gostaria do seu comentário por lá.
Abraços e fique com Deus
Nana
http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com/

resposta
Bianca Ribeiro 14 de abril de 2020 - 11:39

Eu tô doida pra ler esse livro! Tô namorando ele desde que lançou e todo mundo que eu vejo falando dele só fala bem e eu tô ainda mais curiosa pra ler.
Acho que sseria o tipo de livro que me deixaria de boca aberta, memso que eu leia muito sobre isso, eu ainda fico abismada com o tanto de coisa estranha e bizarra que já aconteceu no meio médico, é quase dificil pensar que isso aconteceu de verdade em algum momento kkk
Eu tenho visto muitas pessoas mostrando ele por dentro e nossa, cada video é um tiro na alma. Adorei ver seu processo criativo, queria muito ter toda essa criatividade também kkkk adorei!

resposta
Vanessa 13 de abril de 2020 - 19:49

Olá! Esse é o tipo de leitura que não faço, nem chego perto por medo e receio mesmo, gosto mais de romances. Gostei de saber que apesar de algumas partes do livro você gostou e achou a leitura rápida.
Beijocas.

https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

resposta
Betty Gaeta 13 de abril de 2020 - 14:15

Oi Clayci,
Fiquei curiosa com o livro, mas tenho dúvidas se tenho ou não estômago para tanto. Obrigada pela dica.
Beijos

resposta

Deixe um comentário