Alguns dias atrás, compartilhei a minha experiência com a leitura de “A garota do lago” do autor Charlie Donlea aqui no blog. Apesar de não ter gostado tanto do enredo, decidi dar mais uma chance porque gostei da escrita do autor. Fico feliz por ter feito isso, pois Deixada para trás superou as minhas expectativas e fez com que eu sentisse vontade de conhecer outras obras dele.

Deixada para trás - Charlie Donlea

[penci_review id=”21767″]

Uma vida pode acabar, o doutor Colt lhe dissera, mas às vezes seu caso vive para sempre.

SOBRE A HISTÓRIA

Em Deixada para trás vamos conhecer a história de duas adolescentes de personalidades (e realidades) completamente diferentes. Elas cresceram e estudaram juntas, porém não se davam muito bem. Embora exista essa pequena “rivalidade” entre as duas, elas tiveram suas vidas ligadas a uma tragédia. Megan McDonald e Nicole Cutty se formaram no high school da pacata cidade de Emerson Bay, na Carolina do Norte. Todos os alunos estavam comemorando o fim do curso e ninguém se deu conta de que as duas acabaram desaparecendo de forma misteriosa durante esta festa.

Deixada para trás - Charlie Donlea

A polícia e os moradores da cidade já estavam perdendo as esperanças com esse desaparecimento. No entanto, Megan conseguiu escapar do cativeiro e voltar em segurança para a sua casa. Um ano depois, ela decide publicar um livro contando a sua história e como foi viver (ou melhor, sobreviver) àquelas duas semanas traumáticas. É claro que a sua história ganhou destaque e a vendas do livro dispararam, afinal todos queriam um final feliz. O país queria saber como ela conseguiu sair viva e se livrar desse pesadelo. Megan se tornou uma heroína, mas e Nicole? O que será que aconteceu com ela?

Ninguém mais falava sobre Nicole e a única pessoa que parecia se importar com esse desaparecimento, era a sua irmã Livia Cutty. Ela carrega a culpa por não ter atendido a sua irmã no dia em que ela despareceu e a frustração por nunca ter encontrado o seu corpo. Livia é mais velha e formada em medicina, no entanto, depois desta tragédia ela optou por uma especialização em patologia forense.

Deixada para trás - Charlie Donlea

[penci_blockquote style=”style-2″ align=”left” author=”Deixada para trás”]Arrependimento não se pode medir. O meu não pode ser maior do que o seu. Meu pai sempre dizia: ou você tem ou não. – Randy apontou para o saco de pancadas. – E você não vai se livrar dele dando socos nessa coisa. – Imagino que não. – Então do que se trata? Do que você se arrepende? Livia olhou para o saco, e para Randy de novo. – De não ter atendido o telefone.[/penci_blockquote] Lívia quer respostas sobre tudo o que aconteceu com a sua irmã, todavia, enquanto o seu corpo não aparece, ela vai se dedicando ao seu trabalho e descobrindo as causas das mortes dos casos que vão chegando até ela. Em um certo dia, o corpo de um rapaz chegou em sua mesa e surgem pistas de que ele está ligado ao passado de Nicole. Será que Lívia conseguirá desvendar esse mistério por conta própria? Ela começa a juntar peças e descobrir coisas sobre a sua irmã que ela, até então, desconhecia. A doutora percebe que Nicole fazia parte de um grupo misterioso e com a ajuda de Megan ela irá atrás da verdade.

O QUE EU ACHEI DE DEIXADA PARA TRÁS

Como não gostei muito de “A garota do lago” fui com menos expectativas nessa história. Mas logo de cara eu fui fisgada, pelo suspense bem elaborado. Fico feliz por ter dado uma nova chance para o autor, pois Deixada para trás foi muito bem escrito e planejado. As informações não foram entregues de bandeja e quando surgiram as conexões, fiquei sem reação.

Deixada para trás - Charlie Donlea

Os capítulos são alternados entre o presente e o passado. Temos a narrativa na perspectiva de Lívia, Megan e até mesmo do sequestrador. O livro foi tão bem preparado que possui alguns capítulos onde as folhas ganharam uma cor especial no papel; e estes são narrados na perspectivas da Nicole, antes do seu desaparecimento.

Por ter lançado um livro, (depois dessa tragédia) e ser filha de um xerife, Megan acaba ganhando mais destaque da mídia. Então, logo no início da trana, imaginamos que se trata de uma personagem mimada que só quer chamar a atenção. Contudo, conforme eu fui lendo, essa visão foi mudando e consegui compreender as suas motivações para lançar esse best seller.

Nicole também é cheia de segredos e deixa claro que não possui o melhor relacionamento com a sua família. Ela convive com as suas duas melhores amigas, não possui o melhor perfil no seu ciclo social e seu comportamento começou a mudar – pra pior – quando conheceu um rapaz. Para mim, a melhor personagem foi a Lívia! Ela é determinada e mesmo se sentindo culpada, ela quer respostas e não mede esforços para isso.

Deixada para trás - Charlie Donlea

Gostei das cenas em que a Lívia estava trabalhando. O autor não economizou nos detalhes e deu para sentir um pouco o que os profissionais forenses sofrem. A história é cheia de reviravoltas e se desenvolve de uma maneira em que a gente sente vontade de chegar logo no final. E QUE FINAL!

Quero ler mais livros desse autor.
Já leram Deixada para trás?