Livros


As musas – Alex Michaelides
Melhor te amado, e deopis perdido, do que jamais saber o que é amo?

As musas estava na minha lista de desejados antes mesmo de ser publicado aqui no Brasil. E apesar de não ter curtido a hype de “A paciente Silenciosa“; preciso reconhecer que foi um thriller envolvente e parabenizar Alex Michaelides, pela forma com que usa a psicologia em suas tramas. Em “A paciente silenciosa” tivemos uma personagem com personalidade borderline (transtorno caracterizado por um padrão de instabilidade contínua no humor e comportamento) e um psicoterapeuta “stalker”.

Já em As musas, apesar da existência da mesma atmosfera sombria, temos tragédias gregas, História, Literatura e claro, Psicologia sendo trabalhadas. Com uma estética bem Dark Academia (do jeito que eu gosto), fui conquistada pela capa e sinopse. Por isso, acabei comprando o livro na pré-venda e me arrependendo um pouco de não ter esperado ou lido algumas resenhas antes.

Nascemos sendo observados… as expressões faciais dos nossos pais, o que vemos refletido no espelho dos olhos deles, determinam a maneira como nos vemos.

As musas - Alex Michaelides

Tudo começa com um crime

A história começa quando uma aluna da universidade de Cambridge é encontrada morta. E, segundo a terapeuta Mariana, seu assassino foi o Edward Fosca; um professor extremamente extrovertido e adorado por todos. Contudo, não existem provas que liguem o professor à morte da aluna. Todavia, Mariana começou a investigar por conta própria, após sua sobrinha acusá-lo. Ela também juntou o fato de que a vítima pertencia a um grupo de estudos estranhamente distinto de belas alunas, conhecidas como musas.

Enquanto busca por respostas, Mariana relembra a época em que estudava e resgata as memórias com seu ex-marido, quando estava vivo. Ela passou por situações traumatizantes e não viveu o seu luto. Mas o fato é que desconfiamos dessa obsessão pelo professor, ainda mais quando surge outro assassinato. Ela está determinada em provar que Edward é o assassino e isso foge do controle.

Mariana não e uma personagem confiável! Comecei a ficar irritada com o seu ponto de vista, assim como a forma com que a personagem fazia as conexões do assassinato. Sem falar que ela ultrapassou todos os limites ao invadir cenas do crime, desacatando o investigador. Admito que – assim como a protagonista – me irritei com a equipe de investigação. Mas a leitura foi arrastada e eu só queria que chegasse logo ao fim.

As musas: Pra quem curte Dark Academia, vai se encantar com o ambiente

O que eu gostei de verdade foi a forma como o autor inseriu a mitologia grega no enredo. Está certo que esse grupo estudantil, assim como o assassinato que deu início à trama, me lembraram de “A história secreta“. Mas a protagonista nasceu em Atenas. E seu trauma, assim como os acontecimentos que a envolvem, tem um tom melancólico e deixa tudo mais interessante.

As musas - Alex Michaelides

Na mitologia grega, As musas (ninfas nascidas da relação de Zeus e Mnemósine), foram criadas com o propósito de inspirar as criações artísticas. O templo das musas, chamado de museion, estuda e preserva materiais como obras de arte.

MusaSignificado do nomeArte ou CiênciaRepresentação (Atributo)
CalíopeA da bela vozPoesia ÉpicaTabuleta e buril
Clio
Kleio
A ProclamadoraHistóriaPergaminho parcialmente aberto
EratoAmávelPoesia LíricaPequena Lira
EuterpeA doadora de prazeresMúsicaFlauta
MelpômeneA poetisaTragédiaUma máscara trágica, uma grinalda e uma clava
Polímnia
Polyhymnia
A de muitos hinosMúsica Cerimonial (sacra)Figura velada
Tália
Thaleia
A que faz brotar floresComédiaMáscara cômica e coroa de hera ou um bastão
TerpsícoreA rodopianteDançaLira e plectro
UrâniaA celestialAstronomia e AstrologiaGlobo celestial e compasso

Só que na história não temos muitos detalhes sobre as alunas. É claro que o foco está no assassinato e na investigação pessoal de Mariana; só que ela ficou tão obcecada pelo professor, que teria sido mais interessante se aprofundar nesse grupo em específico. Acredito que dessa forma, faria sentido as suas acusações e teorias. São alunas bem vestidas e de famílias importantes. Muitos acusam este professor de se relacionar com essas jovens, porém elas o protegem.

De forma resumida: Gostei dos elementos, mas Mariana se tornou uma personagem exagerada e irritante. O final não me convenceu e a leitura foi bem arrastada por aqui.

Compre na Amazon

As musas

Alex Michaelides

Autoria:
Alex Michaelides

Editora:
Record

Páginas:
351
Edward Fosca é um assassino. Disso Mariana tem certeza. Mas Fosca é intocável. Esse belo e carismático professor de tragédia grega na Universidade de Cambridge é adorado tanto pelos funcionários quanto pelos alunos da instituição ? principalmente pelas integrantes de uma sociedade secreta de alunas conhecida como “As Musas”.Mariana Andros é uma brilhante terapeuta de grupo assombrada por tragédias pessoais. Ela fica obcecada pelas Musas quando uma de suas integrantes, Zoe, é encontrada morta a facadas. Mariana, como ex-aluna de Cambridge, logo suspeita que, por trás da beleza do prédio medieval que abriga a instituição secular e suas antigas tradições, repousa algo sinistro. E acaba se convencendo de que, apesar de ter um álibi, Edward Fosca é o responsável pelo assassinato. Mas por que o professor teria como alvo uma de suas alunas? E por que ele continua retornando aos ritos de Perséfone e sua jornada ao Submundo?Quando outro cadáver é encontrado, a obsessão de Mariana em provar a culpa de Fosca sai do controle, ameaçando destruir sua credibilidade, além de seus relacionamentos mais próximos. Mesmo assim, ela está determinada a deter esse assassino, ainda que lhe custe tudo, inclusive a própria vida.

newsletter receba novidades

Receba atualizações do blog por email

veja também

  • "Fisicamente, habitamos um espaço, mas, sentimentalmente, somos habitados por uma memória."

    Livros

    Mansão Gallant – V.E. Schwab

    Por

  • Porque o problema do conhecimento, é seu desejo insaciável.

    Livros

    A sociedade de Atlas – Olivie Blake

    Por

  • Para reconstruir o mundo, talvez seja necessário lutar contra aqueles que um dia você amou

    Livros

    O Império de Ouro – SA Chakraborty

    Por

comentários

  • Milena Morais

    Oi, Clay. Fiquei super empolgada pra saber sua opinião desse livro. No começo, eu fiquei tão encantada! A construção de ambiente é perfeita. Também não gostei do final, esperava bem mais. Triste um livro ter tanto potencial e ser desperdiçado. Amei sua resenha. 

    responder
  • Leyanne

    Olá, ainda não conheço bem sobre a mitologia, então isso não me incomodou. Claro que para quem conhece essas informações deveriam ser melhores trabalhadas. Não gostei tanto do livro quanto a outra história do autor, mas foi uma boa investigação e me pegou de surpresa.

    Bjs 

    Imersão Literária

    responder
ir ao topo

Buscar no site

Trechos do livro A sociedade de Atlas Trechos do livro: Mansão Gallant Dark Academia O que é? Ficção Científica: 5 livros pra quem quer começar