Tea time


Propósito – A coragem de ser quem somos (Sri Prem Baba)

Olá todos, como estão? Procurando o Propósito e o próprio caminho, creio eu. Alguns talvez estejam perdidos, pois bem, vocês não estão sozinhos. A princípio PropósitoA coragem de ser quem somos irá lhe parecer mais um daqueles livros de autoajuda; ok, ok; não tem problema nenhum em encarar desta forma, o problema está na conotação e na forma como isso pesa na sua vida. “Lá vem aquele livro de autoajuda, etc, etc, etc.” Mas do que irá valer a humanidade, se não nos ajudarmos; se quem tem uma visão e sentimentos mais esclarecidos sobre a mesma, não se prestar a ajudar aos demais; e estes outros a prestar a ajudar a si mesmos com as palavras de seus semelhantes. Evoluiríamos e muito com isso. Como o próprio Baba diria: o fluxo natural das coisas, da energia, do amor na sua forma mais pura e verdadeira”.

Acredito que a melhor forma de falar sobre o conteúdo deste livro seja falando um pouco da minha experiência própria. Já tive muitos questionamentos e ainda tenho tantos outros, alguns ainda perduram. Já fiz coaching, o que me ajudou bastante, porém tudo ainda irá depender de apenas uma pessoa: Eu mesmo. Isso vale tanto para mim, como para cada um de vocês que estão lendo. Basicamente é isso que o livro versa. Enquanto você o lê e tem essa “conversa” com o autor, ao mesmo tempo você começará a fazer uma leitura de si mesmo diante das situações expostas; e acredito que não haveria ninguém excluso disso, ou muito menos livre de toda e qualquer “armadilha” e sabotagem que fazemos a nós mesmos, sem nem sequer perceber; através do nosso inconsciente e das auto repressões que trazemos desde a infância.

Propósito é bom!

Também é inevitável não se sentir desconfortável. É um verdadeiro cutucão. Sabe aquela coceirinha que fica e fica, você sente, mas não sabe onde está. Algo te incomoda mas você não encontra e deixa por isso. Propósito é justamente o tipo de livro que irá te ajudar a encontra-la, lhe dando as ferramentas necessárias que muitas vezes negligenciamos.

Admito que adorei o livro, bem como me incomodei. E digo: se você começar a se incomodar conforme o for lendo, então quer dizer que está funcionando. Esse é o propósito de Propósito – A coragem de ser quem somos. Nem tudo que é, ou parece ruim, de fato o é; mas é com certeza importante para que possamos progredir e evoluir, alcançando assim a felicidade.

Desculpem se fui extenso ou até um pouco confuso com as palavras, mas é muita coisa em poucas páginas. Só gostaria de encerrar dizendo que: A vida é para ser vivida, foi nos dada por uma razão. Alcançar essa razão nos fará feliz. A vida não é complicada, nós é que a complicamos por conta. Confiem nas forças e energias positivas que estão além deste mundo.

Super recomendo a leitura.

Abraços

newsletter receba novidades

Receba atualizações do blog por email

veja também

  • um cenário intrigante, perturbador e tocante

    Livros

    Como se fôssemos vilões – M.L.Rio

    Por

  • Maggie O'Farrell conseguiu me destruir

    Livros

    Hamnet – um livro que me fez chorar até soluçar

    Por

  • a princesa de Creta, desejada por homens e deuses... e irmã do temível Minotauro

    Livros

    Ariadne – Jennifer Saint

    Por

comentários

  • Roberta

    Oi, Diego, estou fazendo uma reportagem sobre a questão do propósito para o notícias do dia, um jornal de Florianópolis. Vc gostaria de dar uma entrevista sobre o assunto? Obrigada!

    responder
    • Clayci

      Oi Roberta.
      Obrigada pelo comentário.
      Informei o Diego e ele se interessou sim. Pedirei para ele entrar em contato com você =D

      responder
      • Roberta Avila

        Oi, Clayci, obrigada! O Diego ainda não entrou em contato comigo, se você puder, por favor, passar meu telefone para ele, é 48 98803 1006. Ele pode me chamar no whatsapp tb. A gente vai concluir essa reportagem até quarta, seria bacana falar com ele até lá. =)

        Super obrigada!

        Abs,

        responder
  • Priih

    Oi Clayci, tudo bem?
    Apesar de curtir textos reflexivos, não tenho muito interesse/afinidade nesse tipo de leitura.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    responder
    • Clayci

      Oi Priih!! Tudo sim e com vc?
      Tbm não faz muito meu estilo não, mas o Di quis fazer a resenha *_*

      Beijos

      responder
  • Sheyla – DMulheres

    Clayci
    Gosto muito de livros assim , que nos fazem pensar e indagar tantas coisas. Obrigada por compartilhar e pela linda foto e a bela resenha.

    Beijos e bom final de semana!
    ?DMULHERES ? @_sheylaxavier ? Fanpage?

    responder
ir ao topo

Buscar no site

plugins premium WordPress
Tatuagem Literária: A vida invisível de Addie LaRue Frases do livro: A casa no mar Cerúleo Trechos do livro A sociedade de Atlas Trechos do livro: Mansão Gallant