Tea time


30 é realmente a idade do sucesso?

Lembro que quando assisti De repente 30 pela primeira vez, eu tinha uns dezesseis anos. E aquela famosa cena em que a Jenna diz que 30 é a idade do sucesso ficou na minha cabeça. Assim como a personagem eu também queria saber como era viver “a melhor fase da vida”. Pois bem, cheguei aos 30 (e sem o Mark Ruffalo)!

A minha intenção era listar 30 conquistas nessa publicação. Mas fiquei com medo de não conseguir preencher a lista (ou estou apenas sendo modesta em não querer esfregá-las na sua cara – você nunca vai saber a verdade HA HA HA). O fato é que, assim como a Jenna, eu também acreditava que as pessoas, nessa idade, sabiam o que queriam da vida.

Se eu dissesse que me imaginava casada e com filhos, estaria mentindo. E olha que o que mais teve, foram pessoas dizendo que meu futuro seria este. No entanto, eu me imaginava com o emprego dos sonhos, mesmo não fazendo ideia de que profissão iria seguir. Me formei em um curso que não queria e atuei em uma área que só gerou estresse.. Valeu a pena? Só vou dizer que sim porque minhas contas foram todas pagas nesse período.

Toda madura nessa foto com chifres de unicórnio.

Olhando assim eu parecia tão ingênua, né? Quem vê pensa que não surgiu inúmeras pessoas no caminho querendo esfregar a minha cara na realidade. Cresci, conheci e convivi com várias pessoas que fizeram questão de provar que os meus sonhos não tinham valor. E a única coisa que eu pensava era “não vou ser assim” e adivinhem? Me tornei naquilo que eu mais temia hahahaha.

Brincadeira, brincadeira. Mas isso tudo é só pra pedir que você esqueça aquela famosa frase que “a vida começa aos trinta” porque não é verdade. Eu não sei quanto à vocês, mas eu continuo tão perdida como aos 16 (até rimou). Ainda não sei o que quero para a minha vida e tudo bem você também não saber o que você quer da sua.

Sei que pode parecer doloroso, mas  está tudo bem mesmo! Tudo bem você não decidir se quer ser advogada ou modelo. Tudo bem abrir mão de um projeto que não vai pra frente. Tudo bem desistir do seu emprego. É só você que pode definir o seu caminho. As escolhas estão aí porque elas são opções, não determinismos. Ninguém pode te desmerecer por causa das suas preferências.

30 não é necessariamente a idade do sucesso! Acreditar que a idade possa ser uma maneira de nos motivar a realizar aquilo que acreditamos é algo maravilhoso, porém quando a idade se torna um obstáculo para realização desses objetivos é algo preocupante. Em qualquer fase da sua vida, você é o responsável pelo seu sucesso ou fracasso.

E se mesmo assim você estiver preocupado com a sua idade, lembre-se que:

  • Quando a Coca-Cola foi criada, John Pemberton estava com 55 anos.
  • Harrison Ford estreou como Han Solo com 31 anos.
  • Stan Lee deu vida ao seu primeiro quadrinho aos 39 anos.
  • Susan Boyle ficou conhecida mundialmente aos 47 anos ao interpretar “I dreamed a dream”, trilha da peça “Os Miseráveis” em um programa de TV.
  • Henry Ford apresentou o Ford Model T, em 1908, quando já tinha 45 anos.
  • Charles Darwin escreveu o seu livro revolucionário: “A Origem das Espécies”,  que introduziu o conceito de seleção natural aos 50 anos.
  • Vera Wang só entrou no mundo fashion depois dos 40.
  •  Vincent van Gogh só começou a pintar quando tinha 27 ou 28 anos (e seu maior reconhecimento foi póstumo).

Estou feliz com meus 30 anos.
<3

newsletter receba novidades

Receba atualizações do blog por email

veja também

  • e lidando aos poucos com a agorafobia

    Tea time

    Aprendendo a curtir minha própria companhia

    Por

  • O que Moonage Daydream, Projeto e Spencer tem em comum?

    Life

    O mês de setembro e suas influências

    Por

  • Me preparando para curtir o frio

    Slow Days

    Slow Days at Home + Playlist

    Por

comentários

  • Geisimari

    Hoje eu trinteiii!!
    De repente os 30 tão esperado chegou… Amei seu texto e ele me representa mto em tudo que passei e estou passando.. se possível poder copiar algumas escritas eu iria ficar grata!
    Realmente hj vejo que é somente um número e o sucesso a gente faz a hora que for certa de ser tudo vai acontecer! Parabéns pelo post amei..

    responder
    • Clayci

      Antes de mais nada, parabéns!!!
      Que essa nova fase seja repleta de experiências maravilhosas <3

      responder
  • iza

    Oi Clay!
    Ah cara, tô chorando aqui! Acho que tirei o dia perfeito pra ler seu blog! Eu tô quase chegando nos 30 – faltam 3 anos pra isso, mas o tempo voa né –
    Eu me sinto muito atrasada em relação as minhas escolhas para o que quero na vida e muitas vezes fico muito, mas muito frustrada comigo mesma, a vontade é de morrer. (literalmente) – Entrei em depressão por conta disso e de outras frustrações, mas tô tomando os remédios tudo certinho (risos).
    Eu comecei a trabalhar cedo, já cursei adm mas não terminei, mudei pra arquitetura e não terminei e em 2017 resolvi fazer design, ainda estou fazendo e tô gostando, mas me sinto muito velha, a coroa da turma e é chato isso, embora o pessoa seja incrível <3. Não sei como será minha vida aos 30 e eu tenho essa coisa de que é a idade do sucesso, mas sucesso é relativo né, depende do que buscamos e meu problema é que eu não sei o que busco, me sinto muito passageira em tudo que faço.
    Vou encerrar aqui pra não me prolongar muito, pois daria uma grande conversa hahahaha.
    Contudo eu adorei seu post, foi tipo um abraço. <3

    responder
    • Clayci

      Vc disse tudo: é relativo.
      Isso é uma discussão constante nas minhas consultas: Não sei o que quero, me sinto passageira tbm.

      Antes eu me sentia super culpada quando encontrava uma pessoa que com minha idade já tinha: carreira, família. Me batia um desespero! Mas hoje entendo (mesmo que não entendendo haha) que cada um tem seu ritmo e o importante é não ficar parado.

      Beijos

      responder
  • Aline Amorim

    Amei esse post! Idade não importa mesmo..
    Gostei das curiosidades. Beijos

    responder
  • Lorena

    Oi.
    Acho que é bem relativo essa coisa de se encontrar, se aceitar e finalmente saber o que quer, conheço meninas muito novas mas tão decididas já outras (eu por exemplo) não sei nem onde estou hahaha, só acho que cada um tem seu tempo, uns mais devagar outros mais rápido. O importante é tentar não enlouquecer e viver a vida, belo texto muito verdadeiro. bjs.

    responder
    • Clayci

      HAHAHAHAH Eu faço parte da estatística de quem não sabe onde está tbm.
      Mas concordo com vc, cada um com seu tempo e suas conquista.

      Beijos e muito obrigada

      responder
  • Ana Caroline Santos

    Que bela lição em forma de texto temos aqui. Realmente vivemos num mundo em que pré-determina idades para alcançar isso/aquilo e cara, a vida é de cada um hahaha Hoje cada vez mais as pessoas colocam em nossas cabeças alcançar o sucesso o quanto mais cedo, e não sabem que cada um tem seu ritmo, tem sua linha de aprendizado. Dou mais valor o que aprendi, o quanto cresci pessoalmente do que conquistei materialmente. Ser feliz, sozinha ou casada, com filhos ou sem filhos, depende de nós sem interferência da idade. Adorei mesmo a postagem <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    responder
    • Clayci

      E eu adorei seu comentário, pois ele complementou o meu texto. <3
      Muito obrigada, Ana..

      Beijos

      responder
  • Bia

    Concordo com tudo o que você escreveu! A vida não começa aos 30 e sim quando ela tem que começar, não importa a idade! O problema é que somos criados para ser um padrão que a sociedade impõe: casada, com filhos, etc. Muitas vezes as pessoas são frustradas e com isso nos contagiam com suas negatividade e o importante é não se abalar e seguir em frente com o que acreditamos!
    Eu tbm fui indecisa por alguns anos da minha vida, achando que não tinha escolhido a carreira certa, aos 30 bateu aquele desespero por achar que teria que ter filhos, pois estava ficando velha. Hoje tenho 31 e continuo não querendo ter filhos e azar de quem não goste! Também estou feliz com minhas escolhas (e com a carreira tbm), pois finalmente entendi que a gente se acha, não importa a idade!

    bjão!

    responder
    • Clayci

      Infelizmente tudo o que vc falou é verdade Bia =/
      Vivemos em uma sociedade que determina cada passo que você dá.

      Amei seu comentário.
      Muito obrigada

      responder
  • Beatriz Andrade

    Eu amo o filme De Repente 30!!!
    Eu estou com 29 anos e chegar aos 30 não era nada daquilo que eu imaginava lá nos meus quinze aninhos. Quando embarquei na vida profissional eu pensei que aos 30 fosse estar completamente perdida. Embora não esteja tão perdida assim como eu esperava, eu já consegui realizar muitos dos meus sonhos. Estou a poucos períodos de concluir a faculdade e é muito gratificante isso, mesmo que seja aos 30, pra mim isso é muito de muito orgulho.

    responder
    • Clayci

      Esse filme é maravilhoso!
      Eu fico pensando nisso, sabe? Não consegui realizar nem metade das coisas que eu queria quando chegasse aos 30, porém sou grata por todas as minhas conquistas <3

      responder
  • Camila de Moraes

    Olá!
    Já estou nos 33 anos e confesso que adoro a casa dos 30. Apesar de começar a questionar algumas coisas da vida, hoje vejo com mais clareza situações das quais não percebia antes e dou mais importância a outras.
    Acho que é natural nos questionarmos e uma coisa é certa, estaremos sempre pensando a cada década tudo o que fizemos até aqui.
    Que essa nova jornada seja trilhada com muita felicidade!
    Beijos!

    responder
    • Clayci

      Oi Ca! Muito obrigada pelo comentário. <3
      E concordo com vc, sempre vamos nos questionar sobre nossas escolhas <3

      Beijos

      responder
Mais comentários
1 2

newsletter receba novidades

Receba atualizações do blog por email

veja também

  • e lidando aos poucos com a agorafobia

    Tea time

    Aprendendo a curtir minha própria companhia

    Por

  • O que Moonage Daydream, Projeto e Spencer tem em comum?

    Life

    O mês de setembro e suas influências

    Por

  • Me preparando para curtir o frio

    Slow Days

    Slow Days at Home + Playlist

    Por

ir ao topo

Buscar no site

plugins premium WordPress
Tatuagem Literária: A vida invisível de Addie LaRue Frases do livro: A casa no mar Cerúleo Trechos do livro A sociedade de Atlas Trechos do livro: Mansão Gallant