We are problems that want to be solved

 

Como foi a semana de vocês? A música que está na publicação se chama What About Us e é da Pink (dê o play ali em cima). Se você está acessando o blog pela primeira vez, Week Click é um projeto fotográfico e funciona como um diário. Aqui coloco registros da minha semana e aproveito para conversar.

01. Nessas últimas semanas tenho investido mais no meu perfil no instagram e isso tem tomado bastante o meu tempo. Estou produzindo fotos e conteúdos para compartilhar no feed e nos stories, então se você não me segue, aproveita para me seguir por lá. Estou aprendendo cada vez mais a usar essa ferramenta como trabalho e preciso admitir a minha dificuldade em usá-la. Já faz um tempo que mudei o meu perfil para conta comercial, porém nunca parei para analisar as informações que o Instagram oferece.

No começo foi difícil entender as estatísticas e pensar em formas para melhorar os meus números (já que a minha intenção é crescer aquele espaço). No entanto, com o tempo fui pegando o jeitinho e aos poucos os resultados foram aparecendo. Por incrível que pareça, não estou focando no número de seguidores e sim no alcance das minhas publicações. Isso exige tempo e dedicação e por conta disso, não estou conseguindo conciliar meus horários com as outras redes ativas e aqui com o blog. Mas darei um jeito!

02. Namorei com um japonês durante 3 anos, mas nunca aprendi a fazer sushi. Eu e minha irmã nos aventuramos na culinária japonesa e gostamos do resultado. É claro que não ficou bonito e simétrico como deveria ser, contudo ficou saboroso e todos aqui em casa aprovaram. Tive até que mandar uma foto para o meu ex ver o quanto que evoluí na vida e ele deu risada. Além do sushi, fizemos temakis e aproveitei para fazer Bifum (macarrão de arroz).

03. Quero ler mais russos! Recentemente li Ressurreição do Tolstoi e fiz uma pequena lista de livros que pretendo ler ano que vem. Este que aparece na foto é Os Irmãos Karamázov que li há alguns anos atrás e um trecho do autor que gostei bastante: “Se tivesse decidido que nem Deus existia nem a sua alma era imortal, ter-se-ia declarado do mesmo modo socialista ou ateu, porque o socialismo não é meramente um problema de trabalho: antes do mais, é a forma em que se apresenta hoje o ateísmo, é o problema da torre de Babel construída nas costas de Deus, não para subir da terra ao céu, mas para que o céu desça à terra”

04. Já compartilhei por aqui a minha felicidade de ter encontrado essa famosa caneca de gatinho? Comprei na Allmini no centro de São Paulo, não me lembro o valor exato, mas tinha duas opções de cores. Quero comprar a branca em breve.

[penci_related_posts taxonomies=”undefined” title=”Não deixe de ler” background=”” border=”” thumbright=”no” number=”2″ style=”grid” align=”none” displayby=”recent_posts” orderby=”random”]

05. Esses foram os últimos livros de ficção científica que li por aqui.  A vida compartilhada em uma admirável órbita fechada se tornou a minha leitura favorita do ano. Também adorei a leitura de Os seis finalistas e do segundo livro de Chronos.

06 e 07. Sei que muitos estão desanimados com as eleições, até pensei em desistir do meu projeto, mas estou tentando deixar os problemas de lado para continuar produzindo conteúdo. Vocês estão lendo algo temático por aí?

Beijos