Home - Uma Saga na Toscana – (Uma história sobre a sobrevivência e a luta pela liberdade)
Romance

Uma Saga na Toscana – (Uma história sobre a sobrevivência e a luta pela liberdade)

Uma Saga na Toscana - (Uma história sobre a sobrevivência e a luta pela liberdade)

A resenha de hoje será um pouquinho diferente das demais. Não tenho o costume de ler romances históricos e, para ser bem sincera, consigo contar nos dedos a quantidade de livros desse gênero que eu já li. Mas como queria sair da minha zona de conforto, pedi uma recomendação para a Carol e fui surpreendida positivamente. Está certo que eu esperava encontrar um romance leve em um lugar turístico, no entanto, a autora retratou a Itália no início do século XX no meio do governo Mussolini e do partido fascista.

Uma saga na Toscana” inicia em 1914 com uma cena bem sombria e misteriosa. Um homem desconhecido tentando chegar até o convento de Santo Espírito carregando um bebê recém nascido em seu casaco. Depois de fugir e se esconder, ele consegue entregar esta criança a uma freira chamada irmã Maddalena. Sem se identificar, o homem deixa uma chave entre as roupas dessa criança, sem nenhuma explicação. Contudo já podemos imaginar a importância e o significado desse objeto na vida dela.

Pensou em todas as mulheres que haviam amado grandes homens: Joséphine e Napoleão, Anita Ribeiro e Garibaldi; Madame du Barry e Luis XV. Ficou imaginando se, assim como ela, essas mulheres também tinham sentido momentos de extrema alegria e outros de medo profundo.
Uma saga na Toscana

Uma Saga na Toscana - (Uma história sobre a sobrevivência e a luta pela liberdade)Essa criança ganhou o nome de Rosa Bellochi; ela cresceu dentro do convento e criou um laço com a irmã Maddalena. E aos quinze anos ela teve que deixar o lugar que cresceu para seguir com a sua vida. Sem muitas explicações, ela foi encaminhada para ser preceptora de uma criança chamada Clementina, filha do Marquês Scarfiotti. E mesmo indo contra a sua vontade, Rosa sempre fez o melhor para desempenhar o seu papel. Todavia, não imaginava que existia um grande mistério rondando a familia Scarfiotti e que sua a sua vida seria alterada por conta disso.

Rosa se dá bem com quase todos que cruzam o seu caminho, mas não consegue se dar bem com a Marquesa. A Marquesa Scarfiotti é uma pessoa muito fria (assim como a sua família) e esconde vários segredos. Seu nível de maldade é tão grande que acaba armando um plano para tirar Rosa do seu caminho.

Uma saga na Toscana é um livro envolvente e cheio de detalhes. Nunca tinha lido nada da autora, mas gostei da forma que ela desenvolveu a história e fez críticas duras sobre o período político retratado na história. Belinda Alexandra junta vários elementos dramáticos na trama. Temos segredos, conflitos, suspense e um romance intenso. Pensei que seria uma leitura leve e que finalizaria no mesmo dia (apesar do tamanho do livro), porém a ambientação não é agradável. Ela retratou um momento delicado da nossa História por conta da Segunda Guerra Mundial.

Uma Saga na Toscana - (Uma história sobre a sobrevivência e a luta pela liberdade)Uma Saga na Toscana - (Uma história sobre a sobrevivência e a luta pela liberdade)

Esse cenário foi essencial na vida da protagonista, pois a acompanhamos desde que foi abandonada no convento. Ela vive várias experiências ao longo da sua vida e apesar de ter cruzado o seu caminho com pessoas maravilhosas, teve aquelas que quisera destruí-la. Todos os conflitos que Rosa precisou enfrentar, fez com que eu a admirasse mais. Ela se tornou uma heroína com sua força e vulnerabilidade pela luta da liberdade.

Teve alguns capítulos que me incomodaram a ponto de sentir vontade de abandonar a leitura. Mas lá pra frente entendi o porque os detalhes descritos foram tão importantes. Gostei da leitura e recomendo fortemente.

 

Leia também:

Anita Garibaldi – L. Frescura & M. Tomatis

Clayci

Labirinto – Jim Henson

Clayci

No meio do caminho tinha um amor

Clayci

26 comentários

Wesley Ítalo 2 de novembro de 2018 at 21:40

Eu achei o enredo pela interessante, amo romances históricos, principalmente quando retratam momentos delicados da história. Amei suas fotos e sinceridade em falar os pontos que te incomodaram, tem alguns que quase nos fazem desistir mesmo e que bom que você foi até o fim. Dica anotada! Beijos do Wes ^^

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:36

Obrigada Wes <3

Resposta
Nina Spim 24 de outubro de 2018 at 22:24

Oi, Clayci, tudo? Eu nunca li nada da autora e não conhecia o livro. Não é bem o meu tipo de leitura e a verdade é que eu não leria, mesmo que eu tenho gostado muito da sua resenha. Realmente não é algo que tem a ver comigo, sabe? Geralmente eu gosto de ir contra “o que tem a ver comigo”, pra me desafiar a novas leituras, mas esta não me chama atenção, então não acho justo “gastar” tempo nela, quando poderia aproveitá-lo com algo mais eu. A foto com o chá é a minha preferida <3

Love, Nina.
http://www.ninaeuma.blogspot.com

Resposta
Clayci 29 de outubro de 2018 at 17:28

Muito obrigada Nina <3

Resposta
Jéssica Melo 23 de outubro de 2018 at 23:03

Olá Clayci, faz tempo que eu não leio um romance histórico e a sua resenha me deixou com vontade de pegar algum para ler *-* Não conhecia esse livro, mas gostei de saber que a autora soube trabalhar bem a ambientação do enredo nesse período de guerra, o enredo parece estar bem bacana mesmo *-* Dica anotada.

Resposta
Clayci 29 de outubro de 2018 at 17:37

Muito obrigada, Jessica.
Espero que consiga ler esse livro futuramente.

Resposta
Ana Caroline Santos 21 de outubro de 2018 at 12:38

Olá, tudo bem? Ah que legal, não conhecia o livro. Pelo que li então, não é uma leitura leve né?! Até porque pra mim qualquer temática que envolva Segunda Guerra Mundial não é leve, rs. Gostei da sua resenhas, de ver quais temas foram inseridos, e por isso dica anotada. Espero também gostar da leitura!
Beijos,
http://diariasleituras.blogspot.com.br

Resposta
Clayci 21 de outubro de 2018 at 17:31

Oi Ana, estou bem sim e vc?
Então, de fato não é uma leitura fácil, mas vale a pena. <3

Beijos

Resposta
Alice Lacerda Montiel 19 de outubro de 2018 at 23:42

Oiii Clayci

Que bom que ao final a leitura te agradou, horrivel quando a gente empaca e sente vontade de abandonar o livro, mas pelo menos todas as descriç5es tiveram sua razão, então dá pra notar que esses percalços da leitura são necessarios para a trama. Não leio muitos livros sobre a Segunda Guerra, esse é um tema que cheguei a ler bastante e depois me saturou, mas ocorre de alguns livros me chamarem a atenção. Apesar da Rosa ter ganhado teu carinho como protagonista admirável, confesso que não sei se leria o livro. Ando bem devagar pra leituras e esses obstaculos que vc sentiu acho que poderiam me fazer abandonar fácil no momento.

Beijos

http://www.derepentenoultimolivro.com

Resposta
Clayci 21 de outubro de 2018 at 17:45

Ahh muito obrigada Alice <3
Realmente foi uma leitura difícil rs,

Resposta
Maria Luíza Lelis 19 de outubro de 2018 at 19:58

Oi, Clayci! Tudo bem?
Eu amo romances históricos, mas todos que eu li se passavam na Inglaterra da Era Tudor (sou apaixonada pela história dos Tudors haha). Achei o enredo desse muito interessante, mas acredito que não seja uma leitura fácil, já que retrata um período tão terrível da história. No entanto, a protagonista parece ser uma personagem admirável e que foi bem desenvolvida ao longo do livro.
Ainda não conhecia essa obra, mas adorei ler sua resenha. Mesmo com você tendo ressalvas, deu para ver que é uma leitura que vale a pena.
Preciso dizer também que eu amei as fotos, ficaram maravilhosas!
Beijos!

Resposta
Clayci 21 de outubro de 2018 at 17:45

Muito obrigada Malu *_*

Resposta
Dayhara Ribeiro Martins 18 de outubro de 2018 at 21:31

Oie! Eu sou amante dos livros de época e não conhecia esse aí, acredita? Acho muito bacana aproveitar a obra para fazer uma crítica sobre a época e super entendo você querer abandonar a leitura em alguns momentos, as vezes nesses romances o excesso de descrições realmente incomoda.

Resposta
Clayci 19 de outubro de 2018 at 09:35

Exatamente =/
Mas valeu a pena <3
Recomendo.

Resposta
Beatriz Andrade 16 de outubro de 2018 at 22:01

Oi, Clayci. Romance histórico sempre me atrai muito e gostei de conhecer sua opinião sobre esse livro. Gosto de ler sobre a Segunda Guerra, seja livros de ficção ou não, e a premissa desse livro me pareceu muito interessante. Fiquei preocupada com esses capítulos que te fizeram querer parar a leitura, tendo em vista a época em que a trama se passa eu imaginei algo bem sórdido e saber que é escrito em detalhes me incomoda demais, porém sendo o que imaginei ou não eu ainda acho que será uma boa experiência de leitura para mim e pretendo ler esse livro em breve.

Resposta
Clayci 17 de outubro de 2018 at 18:20

Teve algumas cenas que fiquei nervosa por conta dos pensamentos fascistas e maldades, sabe?
Mas foi bem ler. Acredito que vc iria gostar da história Bea

Resposta
Bruna Costabeber 16 de outubro de 2018 at 21:10

Oi!
Eu gosto de romances históricos e estou sempre encaixando um ou outro entre as leituras, fiquei contente por ver algumas coisas em sua resenha que me agradaram, como a frieza da Marquesa e a forma como a protagonista precisa lidar com isso e a questão política da época, mas outras, como o fato de você ter sentido vontade de abandonar esse livro em alguns momentos me preocupa. Vou anotar a dica e me arriscar.
Beijos

Resposta
Clayci 17 de outubro de 2018 at 18:22

Eu acredito que iria gostar dessa história, Bruna <3

Resposta
Kaila Garcia 16 de outubro de 2018 at 14:29

Não sei lidar com os seus posts, suas fotos são muito lindas. Ainda não conhecia esse livro, mas parece valer muito a pena. Dica anotada!

http://www.kailagarcia.com

Resposta
Clayci 16 de outubro de 2018 at 20:14

Muito obrigada sua linda <3

Resposta
Larissa Dutra 16 de outubro de 2018 at 14:09

Olá, tudo bem? Só li um romance de época até agora, e curti bastante. Não conhecia essa obra ainda, mas parece ser maravilhosa, apesar de um pouco “pesada” por conta da época em que é retratada. Adorei tua resenha, com certeza vou anotar a dica! Obs: que fotos mais lindas, arrasou! <3

Beijos,
Duas Livreiras

Resposta
Clayci 16 de outubro de 2018 at 20:14

Ahh muito obrigada Lari <3
Espero que consiga dar uma chance para essa leitura sim

Beijos

Resposta
Mari Barros 15 de outubro de 2018 at 16:01

Oi!

Primeiro devo dizer que amei suas fotos e toda composição com o livro. Sério, amei fortemente seu olhar fotográfico.

Segundo, não conhecia o livro, nem a autora e como você, também não leio muito livros de romance histórico, por mais que ache interessantíssimo. Adorei a forma como você conduziu a resenha, mostrou detalhes e sua opinião sem deixar de revelar grandes plots do livro. Parabéns!

Beijo,
Blog Diversamente

Resposta
Clayci 16 de outubro de 2018 at 11:17

Oi Mari. Muito obrigada! Adorei ler o seu comentário e fico feliz em saber que gostou das fotos.
Espero que consiga futuramente dar uma chance pro livro.

Beijo

Resposta
Karine Fernandes 15 de outubro de 2018 at 13:11

Primeiro: QUE FOTOS LINDAS MEU DEUS.
Segundo: eu já pensei muito em ler esse livro mas sempre me desanimo quando tenho a chance, e sinceramente gostei muito de ver sua opinião, em que ele lhe incomodou em alguns momentos mas ainda assim é uma leitura que você recomenda, obrigada pela sinceridade.

Beijos

Resposta
Clayci 16 de outubro de 2018 at 11:16

Foi uma surpresa pra mim.
Não tenho costumo de ler nada do gênero hahahahahah e gostei MUITO da premissa e da personagem.

Beijos

Resposta

Deixe um comentário

* Seu comentário irá para aprovação

Leave a review

  • Nota

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE