Olá! Hoje vim falar sobre um assunto super delicado, mas já adianto que a intenção da publicação não é atingir negativamente os profissionais da área. E muito menos fazer com que você desista da área caso queira fazer dela a sua profissão. Quero apenas desabafar algo que tem me tirado do sério.

Acho que você já deve ter ouvido a palavra coaching, né?  Ela tem conquistado – cada vez mais –  espaço no mercado de trabalho. Há um tempo atrás eu encontrava esses profissionais dentro de empresas, treinando funcionários e ajudando na tomada de decisões naqueles momentos em que enfrentamos dilemas na nossa carreira  Só que esses profissionais foram ganhando mais espaço e com isso foram surgindo várias oportunidades em várias áreas e a procura foi ficando cada vez maior. Mas a questão é: Você serve para ser um coach?

tumblr_nbrlcgen7z1slnrcyo1_400

Para quem não conhece, Coaching é um processo que facilita na transformação pessoal e profissional. Esses profissionais estão preparados para estimular a capacidade das pessoas de se reinventarem e encontrarem o caminho certo. Se você está vivendo um dilema ou não se sente confortável na situação em que vive, este profissional te ajudará a encontrar uma alternativa e a entender que pra tudo se dá um jeito.

 

Coach, Coaching ou Coachee?  Coach é uma palavra em inglês que significa treinadores/instrutores, ou seja, quando a usamos como verbo significa ensinar ou treinar. É este instrutor que aplica o Coaching! E Coachee são as pessoas que participam desse treinamento.

12646990_675250835946357_670719583715541248_n

O maior problema dessa profissão é que muitas pessoas não a levam a sério.  Algumas acreditam que são capazes de exercê-la depois de fazer um simples curso e não é verdade. Trabalhar com o motivacional de alguém é uma responsabilidade muito grande e você precisa ter certeza disso antes de investir na sua ideia.

A pessoa que vai te contratar é aquela que se sente insegura. Ela quer melhorar a comunicação, desenvolver competências e conseguir crescer na função que exerce. Você será o responsável por estimular o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal dela, sentiu o peso da responsabilidade?

Eu estou dizendo isso porque percebi que há vários blogueiros oferecendo esse serviço e não consigo sentir a preparação da parte deles. Quando uma pessoa quer motivar alguém, ela faz isso naturalmente! Existem blogueiras que sempre levaram essa profissão a sério e sempre ofereceram apoio aos seus visitantes antes de tornar isso uma profissão. Mas, dá pra sentir que existem pessoas que estão se aproveitando da situação e vendendo o seu peixe sem nunca ter pescado na vida.

E fico mais chateada porque existem pessoas que pagam pelo serviço na esperança de ter melhorias na vida delas. E nem sempre tem! Investem o que não tem e não absorvem nenhuma informação, porque a pessoa não tinha nada de eficaz para oferecer. Elas acabam desmotivadas, se sentindo incapazes por não alcançar um objetivo que muitas vezes elas não estavam preparadas e saem achando que todo profissional da área é igual e não acredita em mais ninguém (ás vezes nem nelas mesmas).

weekclick_1_5

Não sei se vocês conhecem, mas a Paty Pegorin é uma pessoa que sempre trabalhou com a criatividade.  A acompanho há bastante tempo e já vi vários trabalhos dela ganharem destaque. E merecido, né?! Só de entrar na página dela conseguimos sentir que tudo que ela faz é com amor e que se dedica ao máximo para continuar no lugar que está. Ela disponibilizou gratuitamente um material para te ajudara transformar o seu sonho em realidade. Além do Workbook, Pegorin cria conteúdos para te ajudar no desenvolvimento pessoal,  produtividade, empreendedorismo digital, propósito de vida e muito mais.

workbook-a-peca-que-faltava

Sobre o Workbook: Você já sentiu como se sua vida fosse um grande quebra-cabeças com peças faltando? Parece que ainda falta alguma coisa para sentir-se realmente pleno? Você até sabe que tem um potencial enorme dentro de si, mas ainda não descobriu como colocá-lo para fora? Sabe que é um ser único, mas as vezes se sente frustrado por não conseguir expressar sua autenticidade? Dentro de si tem uma voz que sempre te convida para algo maior em sua vida? Então você não está mais sozinho. Baixe “A peça que faltavaaqui.

Eu também quero indicar o trabalho do meu amigo Eddie Felix! O trabalho dele é um pouquinho diferente, mas é ideal para quem quer desenvolver a criatividade.  Perguntei como funciona o trabalho dele:

Projeto Ninja Criativo
Projeto Ninja Criativo

 A resposta que eu dou quando me perguntam o que eu faço costuma variar, mas geralmente é a seguinte: “Eu ajudo você (ou pessoas como você) a despertar o seu potencial criativo”. E o motivo de responder assim é porque em 99% das vezes desperta uma curiosidade na pessoa, e acaba gerando uma conversa, geralmente com a pergunta “Ah é? E como você faz isso?” (sei que parece uma coisa besta, mas funciona) E aí eu explico para a pessoa o que eu faço, que basicamente se resume em dar aulas, seja para grupos, seja individual. No caso da comunicação e oratória (focado em apresentações impactantes) é só individual, uma mistura de mentoria com coaching. Digo mistura porque em um processo de coaching, o coach não dá respostas e nem fala o que o coachee tem que fazer, mas eu falo sim, quando necessário (tanto na oratória quanto na criatividade). O objetivo é fazer com que a pessoa seja capaz de falar muito bem em público e fazer apresentações sensacionais. No caso da criatividade eu trabalho de duas formas, a primeira é através de cursos e treinamentos, onde faço uma mistura legal entre teoria e prática – os alunos passam por experimentações e exercícios práticos em todos os tópicos estudados. A formatura dos alunos nesses cursos é apresentar um problema que resolveram com o que foi aprendido nas aulas, ou criar alguma coisa a partir de materiais alternativos. Nesses cursos e treinamentos os principais temas abordados são: a importância da criatividade, como eliminar bloqueios mentais, como desenvolver o pensamento criativo, técnicas e ferramentas para gerar ideias novas e originais, como colocar as ideias em ação e etc.

Se você precisa de um profissional de verdade, eu recomendo visitar empresas que são especializadas no assunto. Visite uma palestra gratuitamente – elas oferecem isso tanto virtual quanto presencial – converse com amigos que já contrataram o serviço. Todavia evite contratar o serviço se baseando apenas no número de seguidores da pessoa. Se decidir contratar mesmo assim, olhe o conteúdo do blog. Não os recentes, os antigos! Se alguém quer te mostrar o caminho do sucesso, ela terá que pelo menos ter alcançado o dela, não é verdade?

Lembre-se: O Coach vai te ajudar a encontrar o seu melhor lado, mas isso depende de você!