Repeteco: Bryan Lee O’ Malley

por Posted on 10 Comments 3 min. de leitura 415 visualizações

Se você tivesse a chance de voltar no tempo para corrigir um erro, você voltaria? E se você descobrisse que poderia corrigir sempre que quisesse? Tentador, não?

Katie está insatisfeita com a sua vida. Ela é uma chef de cozinha talentosa, mas quer “mais“. Ela criou um restaurante há alguns anos atrás – junto com os amigos – chamado Repeteco. Entretanto com o passar dos anos, cada um foi seguindo o seu caminho e ela ficou sozinha com uma nova equipe. Acontece que ela não queria mais o Repeteco, ela queria ter seu próprio negócio e até já escolheu o lugar. Mas o prédio escolhido precisava de grandes reformas e a obra estava toda atrasada.

Para piorar o casinho que ela tem com o auxiliar de cozinha (que ela mesma treinou) está péssimo e o seu ex-namorado surge do nada, deixando-a vulnerável. E como se não bastasse essa série de acontecimentos, uma das funcionárias do Repeteco sofre um sério acidente e ela se sente culpada pelo ocorrido. Uau quanta coisa na vida de Katie, né? Todavia ela encontra uma caderneta e um cogumelo mágico que permite reescrever o passado.

Seria essa a solução dos seus problemas? Katie descobre que existem mais desses cogumelos e começa a perder o controle da sua vida. E é a partir daí ela se revela uma pessoa egoísta e impulsiva. Ela não pensava nas consequências quando alterava um fato do seu passado e o que era para ser algo inocente como “evitar o acidente com a funcionária” passou a ser algo obsessivo como “decidir seu destino” ao lado do seu ex-namorado.

Só que Katie começou a perceber que não tinha vocação para ser a “Senhora do Tempo” e que quando alterava um erro no seu passado desencadeava muitos outros. E então ela começa a correr contra o tempo para tentar fazer com que tudo volte ao normal.

Eu já citei várias vezes aqui no blog a minha paixão por Scott Pilgrim e quando soube que Bryan Lee O’ Malley criou Repeteco fiquei super ansiosa pela leitura. Se você leu Scott Pilgrim saiba que a única semelhança são os traços! Enquanto Scott era um rapaz desligado e que não pensava no futuro, Katie é o oposto e vive uma fase de transformação. E enxergamos o seu amadurecimentos de acordo com os seus erros. A HQ mostra que nada é perfeito, por mais que a gente deseje isso.

Temos que viver os altos e os baixos e encarar os problemas conforme eles forem surgindo. Somos nós que decidimos como devemos encará-los e que não devemos nos arrepender das escolhas feitas. O poder de mudar algo do nosso passado pode até soar como algo atraente, mas quem mais afetaríamos com essa escolha?

A edição está linda e a leitura é super rápida! Repeteco – até agora – foi a melhor leitura que tive este ano. Super recomendo!

Receba as publicações por e-mail

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 Comments
  • Grazy Bernardino
    maio 4, 2017

    Que lindeza!!! Sabe que eu me interesse muito por histórias com chefs de cozinha? Filmes então, com aquela correria… hahahaha. Adorei Clay.

    Feliz aniversário (de novo). Beijos.

  • Jade Amorim
    maio 4, 2017

    Repeteco é maravilhoso! Tive a oportunidade de ler o volume de um amigo, quero muito comprar uma edição para mim!

    Beijos

  • Bruna Lira
    maio 3, 2017

    Olá , eu estou adorando visitar seu blog, e ler os seus posts…. São muitos legais, e interessantes…. Sempre estou passando aqui para desfrutar de seus posts…..

    Parabéns !!!!

  • Letticia Gabriella
    maio 3, 2017

    Aaaaah eu vi um vídeo sobre esse quadrinho esses dias e me deu uma vontade danada de ter na estante para ler <3 Achei muito bacana, tanto a temática quanto a arte mesmo! Adorei <3

  • Camila Faria
    maio 3, 2017

    Que gracinha Clay! Adorei o traço e a premissa também. Tentador isso de poder ficar alterando o passado. Quero ler!

  • Bia Lourenço
    maio 3, 2017

    Quero tanto essa HQ, mas o preço dela não baixa *chora em posição fetal*
    Amei muito essa resenha, fiquei ainda mais interessada. A história parece ser muito original e divertida.

    Beijos

    • Clayci
      maio 4, 2017

      Bia eu estava na mesma que vc…
      E consegui comprar na Saraiva pela metade do preço…

  • Sheyla - DMulheres
    maio 3, 2017

    A-D-O-R-E-I a resenha e a história e jpa louca para ler. Gosto de leituras assim, rápidas e gostosas de ler.

    Beijos,
    DMulheres?Instagram?Fanpage

  • Marina Menezes
    maio 3, 2017

    Achei tão bonito os traços! Adoro essas histórias sobre viagem no tempo/mudar o passado, não sei se mudaria as coisas que aconteceram, mas acho a ideia muito tentadora. É provável que se a gente fizesse isso, acabaria resultando no mesmo que acontece nos livros: em mais uma série de erros piores do que os anteriores

    • Clayci
      maio 4, 2017

      Eu fiquei me perguntando tbm! Não sei se eu mudaria algo, justamente por causa das consequências. Já encarei o pior, não sei se conseguiria encarar novamente.

Previous
Crítica: Girlboss (1ª temporada)
Repeteco: Bryan Lee O’ Malley

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE