QUALQUER OUTRO LUGAR

Tudo – nossas vidas, nossos amores, nosso futuro – depende de uma única palavra: SE

[penci_review id=”9264″]

O livro mais aguardado por mim! Quando soube que a Novo Conceito publicaria o último livro da trilogia “O lado mais sombrio“, este ano, fiquei ansiosa e imaginando se a espera valeria a pena.  Fiz a foto acima para representar o lado obscuro da história e já adianto que, apesar de prever o final, ele superou as minhas expectativas.

Quando li o primeiro livro “O lado mais sombrio” fiquei com medo de comparar a história com o clássico Alice no País das Maravilhas, mesmo sabendo que a autora se inspirou no mundo de Carroll, fiquei com receio de não gostar da adaptação. Eu amo a história, mas nunca consegui simpatizar com a pequena Alice, e foi por causa deste medo, que demorei para ler o primeiro livro. Quando a personagem estava sendo apresentada pela autora, comecei a fazer comparações entre elas. E só no meio da história, que eu senti que a Alyssa se destacava mais do que a Alice que conheci.

qualquer outro lugar 2

qualquer outro lugar 3

qualquer outro lugar 4

Se você ainda não leu os dois primeiros livros, fiz a resenha de “O lado mais Sombrio” e “Atrás do espelho” aqui no blog. Nas resenhas falei um pouco sobre a história e alguns dos personagens. Faço parte do #TeamMorfeu, mas meu coração ficou balançado com o cavaleiro mortal Jeb.

Ele é o grande destaque desse livro! A história começa com Alyssa fugindo com o seu pai.  As pessoas que ela ama estão presas em “Qualquer outo lugar (um mundo com os seres exilados do País das Maravilhas).  Ela decide enfrentar os seus medos e assumir o seu posto como rainha, mas antes precisa recuperar as memórias do seu pai para encontrar a entrada do portal e seguir com a missão de resgate.

[penci_blockquote style=”style-2″ align=”none” author=””]Jeb é uma âncora; ele me mantém conectada á minha humanidade e compaixão. Mas Morfeu é o vento; mesmo me debatendo e gritando, ele me arrasta para o precipício mais alto, me empurra e fica me observando voar com asas de intraterrena. Quando Jeb está ao meu lado, o mundo é um quadro – imaculado e acolhedor; quando estou com Morfeu, é um playground insano – malévolo e viciante.[/penci_blockquote]

Qualquer Outro Lugar é um reino muito perigoso e sombrio, pois quem decide entrar corre o risco de sofrer mutações e perder seus poderes. Mesmo assim, Al está decidida a encontrar sua mãe (além de Jeb e Morfeu) e acabar com a Rainha Vermelha.


qualquer outro lugar 6

Ela está determinada a salvar o País das Maravilhas, mas o seu coração ainda está dividido entre Jeb e Morfeu. Morfeu continua o mesmo de sempre, mas Jeb mudou a sua personalidade. Ela terá que reconquistar a sua confiança e decidir sobre o seu futuro o quanto antes.

[penci_blockquote style=”style-2″ align=”none” author=””]Mesmo quando fazemos o que é certo, as consequências às vezes podem ser calamitosas. Pensar duas vezes a cada passo restringe o ímpeto de avançar. Confie em si mesma, perdoa-se e siga adiante[/penci_blockquote]

O livro está cheio de revelações e reviravoltas. Em alguns momentos eu queria que a história acabasse, pois não estava sabendo lidar com o ocorrido, mas quando estava chegando ao fim deu vontade de ler tudo de novo.  Foi interessante conhecer o passado do pai dela e a importância dele neste mundo de fantasia. Morfeu continuou me seduzindo em todas as páginas e Jeb me surpreendeu com sua nova personalidade.

qualquer outro lugar 1

Todas as dúvidas que fiquei quando terminei de ler “Atrás do Espelho” foram respondidas em “Qualquer Outro Lugar“. A.G Howard soube me conquistar com a sua versão do País das Maravilhas. E fico aqui, esperando suas próximas histórias.

Quem já leu?
Beijos!