Os diários de Amora – Joris Chamblain & Aurélie Neyret

por Posted on 26 Comments 3 min. de leitura 34 visualizações

SOBRE A HISTÓRIA

Sabe quando você gosta de alguma cosia e sente vontade de sair compartilhando essa paixão com todos que conhece? Foi assim que eu me senti quando li o primeiro volume do quadrinho francês “Os diários de Amora – O Zoológico Petrificado“. Não há nada demais na história, mas é justamente a simplicidade que conquista. Amora é uma garota de 10 anos de idade que sonha em ser escritora.

Ela é uma menina generosa, corajosa e determinada. Possui um gosto literário bem eclético (desde romances a revistas científicas) e como deseja um dia tornar essa paixão em profissão, segue os conselhos de sua mãe e começa a escrever um diário para aprimorar a sua escrita. E o mais legal é que no decorrer da trama, nos deparamos com alguns trechos do seu pequeno diário. Amora tem tudo para ser uma escritora; ela é esperta e gosta de observar tudo que está em sua volta. Só precisava de “uma grande história“.

Enquanto essa ideia não aparece, a jovem gosta de passar as suas tardes na casa da árvore. E quase sempre acompanhada de suas melhores amigas, Line e Erica. Certo dia, as três deram de cara com um senhor tenebroso andando sozinho na floresta e cheio de tintas. Por ser curiosa,  Amora quis saber mais sobre esse senhor e contará com a ajuda das suas melhores amigas para descobrir sua identidade.

Os diários de Amora - Joris Chamblain & Aurélie Neyret Os diários de Amora - Joris Chamblain & Aurélie Neyret

MINHA OPINIÃO

Nem sei por onde começar. Sei que o quadrinho foi escrito para um público mais jovem (bem mais jovem), porém é difícil não se encantar com o trabalho de Joris Chamblain (roteiro) e Aurélie Neyret (arte).  É o tipo de história que você tem que ler para alguma criança, pois há várias personagens femininas fortes. Amora mora com a sua mãe e logo nas primeiras páginas a jovem deixa claro que ela é uma das suas maiores inspirações.

Outra fonte de inspiração para Amora é a senhora Desjardins. Sua vizinha, que é uma escritora e apoia as suas ideias. Achei incrível a forma com que a jovem a respeita e busca conselhos. Suas melhores amigas também não ficam para atrás. A cumplicidade entre elas é a coisa mais linda de se ver. Realmente fiquei apaixonada pelo trabalho.

Como disse no início da publicação, é possível ver trechos do diário da Amora enquanto lemos. Achei isso interessante, pois as ilustrações são maravilhosas e são esses detalhes que despertam o interesse em resolver o “grande” mistério da história. Sem falar que eles aguçam a imaginação dos pequenos (sei disso porque eu li para os meus sobrinhos e ficaram com vontade de escrever um diário).

Os diários de Amora - Joris Chamblain & Aurélie Neyret Os diários de Amora - Joris Chamblain & Aurélie Neyret

E o mais legal é que consegui enxergar várias personagens em Amora enquanto lia. Ela realmente se preocupa com as pessoas ao seu redor e aprecia as coisas simples da vida. Polyanna? Amelie Poulain? Chihiro? Um pouco de cada. Super recomendo! A única coisa que me incomodou um pouco foi o formato do livro. Pois ele é grandinho, ocupa um espaço maior na estante e é mas delicado. Muito fácil de amassar e achei que poderiam ter feito a capa com um material mais resistente.

Conhecia essa Graphic Novel?
Beijos

 

 

 

Os Diários de Amora. O Zoológico Petrificado Book Cover Os Diários de Amora. O Zoológico Petrificado
Joris Chamblain & Aurélie Neyret
Editora Nemo
80

Sinopse: Amora sonha em ser escritora, e seu assunto favorito são as pessoas, principalmente os adultos – ela adora observá-los para tentar adivinhar seus segredos, como Michel... Todos os domingos ela observa o homem se embrenhar na floresta, desaparecendo por todo o dia. O que ele faz durante todo esse tempo? E por que parece tão triste quando retorna? Acompanhe Amora até o coração da floresta em sua primeira investigação.

Receba as publicações por e-mail

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

26 Comments
  • Jéssica Melo
    abril 25, 2018

    Olá, eu não conhecia essa Graphic Novel, mas pelos seus comentários ela parece estar uma fofura além de ter ilustrações lindas *-* Adorei a dica.

  • Juliana Xavier
    abril 25, 2018

    Não conhecia a Graphic Novel mas já amei, obrigada por trazer pra gente! Amei isso de ter personagens femininas fortes, e as ilustrações são mesmo maravilhosas! Realmente uma ótima dica pra ler pras crianças, mas quero pra mim, e depois deixo no meu cantinho da estante destinado às crianças visitantes… Rs…

  • Liliana
    abril 25, 2018

    Olá!
    Li a sinopse e fiquei curiosa! Parece ser um livro muito interessante. Eu adoro este tipo de livros!
    Vou adicionar à minha lista de leituras.
    Obrigada pela dica!
    Beijinhos

    http://a-lilianaraquel.blogspot.com

  • Dayhara Ribeiro Martins
    abril 25, 2018

    Eu to apaixonada por esse quadrinho, eu nao o conhecia mas achei o traço de uma fofura sem igual, vi as fotos sorrindo! Eu amo suas dicas porque você sempre aparece com leituras diferentes e que sei que vou amar, dessa vez não foi diferente, já adicionei essa fofura em minha lista de livros desejados.

    • Clayci
      abril 26, 2018

      Super feliz pelo seu comentário, muito obrigada e boa leitura <3

  • Florescendo Livros
    abril 24, 2018

    Olá, suas fotos são lindas e criativas eu fiquei encantada com a sua resenha tão detalhada de um livro tão lindo. Eu compraria esse livro só para admira-lo mesmo que não lesse.
    Beijos

  • Thai Martins
    abril 24, 2018

    Fiquei morrendo de vontade de ler!
    Tenho uma irmã mais nova e estou ralando para ver se consigo despertar nela o gosto pela leitura, quem sabe esse livro não me ajuda nisso?

    • Clayci
      abril 24, 2018

      Ahh torcendo aqui para que vc consiga.
      Acredito que por ter mais ilustrações pode ser que ela goste <3

  • Cabine de Leitura
    abril 24, 2018

    As vezes a simplicidade da trama é cativante, ainda mais quando nos remete a infância, como parece ser o caso desse quadrinho. Sem dúvida é um livro que eu adoraria ler ao lado do meu filho, ainda mais por trazer um pouco de cada protagonista que eu conheço bem, como o caso de Polyanna, que eu amo de paixão. Amei a arte do livro, as fotos transmitem toda sutileza dele. Quero ler.

  • Maria Luíza Lelis
    abril 23, 2018

    Oi, tudo bem?
    É tão bom quando uma leitura nos encanta dessa maneira, né? Dá vontade mesmo de sair compartilhando e indicando para todo mundo.
    Eu ainda não conhecia essa HQ, mas parece ser muito linda. A história em si parece ser encantadora, mesmo sendo voltada para um público mais jovem, e, pelas suas fotos, deu para ver que as ilustrações são maravilhosas. Só achei uma pena a capa não ser de um material mais resistente, pois uma edição tão linda merece né?
    Adorei sua resenha e só vou passar a dica porque não leio HQs, mas vou indicar para amigos que gostam,
    Beijos!

    • Clayci
      abril 24, 2018

      Nossa me desanimei com a qualidade da capa. Já amassei minha capa rs sem querer.

  • Luciana Midory
    abril 22, 2018

    Que traço mais lindo! Como uma apaixonada por quadrinhos, já me interessaria por ele só por conta do traço e das cores, mas a sua resenha me fez ter real interesse pela história. Adoro histórias infantis que envolvem aventura e amizade, ainda mais entre meninas <3

    Já pesquisei aqui no Google quanto ele tá, ahahaha! O preço tá bem tentador, vamos ver se a consciência deixa comprar tendo tantas HQs em casa paradas 😡

    • Clayci
      abril 24, 2018

      Ahhhhh espero que vc curta a leitura se for comprar.
      Eu tive que esperar promoção, pq na época do lançamento ele estava muito salgado=/

  • Ana Caroline dos Santos
    abril 22, 2018

    Olá, tudo bem? Já tinha ouvido falar da graphic porém nunca dei muita atenção a mesmo, e hoje percebi o que estava perdendo. Parece ser ótimo, apesar do público “alvo” ser mais infantil, e pelo que você trouxe traz grandes lições. Jura que o formato é grande? Poxa, fica até feio na estante destoando dos outros! Mas acho que foi marketing da editora, pois essa tamanho diferente geralmente chama atenção dos pais e crianças para a leitura. Ótima resenha!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    • Clayci
      abril 24, 2018

      Ahhh é lindo, Ana.
      Infelizmente o material da capa me decepcionou um pouco, mas valeu a pena a leitura.

  • hellz
    abril 22, 2018

    OI CLAYCI

    apesar de, como você disse, o público ser outro, não tem como ser adulto e mesmo assim não se apaixonar com esse tipo de trabalho tão meticuloso e amorzinho <3 <3 <3 super te entendo

    beijo
    http://www.beinghellz.com.br

  • Jis Rocha
    abril 21, 2018

    Ola
    Que livro fofo meu deus, adorei as fotos e minha sobrinha que está ao meu lado tambem já quer. kkkkk
    Realmente livros para um publico mais jovem deveria ser mais forte, pois muitas vezes sem querer não tem muito cuidade. Tenho uma HQ que é grande também e para coloca-la na estante dá trabalho kkkkk.
    dorei o post e as fotos ficaram otimas.
    Bjus

  • Viviane Dutra
    abril 20, 2018

    Oi Clayci, que livro mais fofo, amei! Eu leio muitos livros infantis com meu filho e achei esta personagem muito fofa, tão novinha e já sabe que quer ser escritora <3 Vou procurar o livro e com certeza, quero ler com meu filho.
    Adorei a resenha.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    • Clayci
      abril 21, 2018

      Vivi se você gosta de ler com seu filho, super recomendo <3
      Meus sobrinhos amararam e ficaram querendo mais rs

      Beijos

Previous
Composições Literárias #6 (Como faço as minhas fotos)
Os diários de Amora – Joris Chamblain & Aurélie Neyret

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE