Image default
Home - Os consoles mais vendidos na história da Nintendo
Games Nerdices

Os consoles mais vendidos na história da Nintendo

Fundada em 1889, a Nintendo é uma das empresas mais tradicionais do mundo. A partir da década de 1980, ela se tornou referência no mercado de games lançando diversos consoles de sucesso em diferentes gerações. Logo abaixo, segue uma lista com os consoles mais vendidos na história da marca japonesa.

NES (Nintendo Entertainment System), 1983 — O projeto do NES foi originalmente lançado no Japão em 1983, mas ele só se tornou um grande marco propriamente nos EUA, em 1985. Console de 8 bits, ele foi sucesso instantâneo na época graças ao lendário game Super Mario Bros. Ao todo, foram vendidas mais de 55 milhões de unidades do console.

Outra série de grande destaque na década de 1980 foi Donkey Kong. Esta é uma das franquias de videogames mais emblemáticas da Nintendo e impactante até hoje. Com o objetivo de adentrar no mercado norte-americano, a primeira saga do game foi lançada nos arcades em 1981, e passou a ser um sucesso de crítica e vendas nas plataformas subsequentes — incluindo o NES.

 

Game Boy, 1989 — lançado no Japão em 1989, o Game Boy é um videogame portátil de 8 bits que revolucionou a plataforma e foi enorme sucesso de vendas. Foram mais de 118 milhões de unidades vendidas.

Ademais, criado por Gunpei Yokoi, o Game Boy foi o primeiro portátil a usar cartuchos. Além disso, o portátil utiliza quatro pilhas AA, e isso fez com que as vendas de pilhas disparassem à época.

O game mais popular do Game Boy foi certamente o Tetris. O game foi criado Alexey Pajitnov, um fã de quebra-cabeças desde a infância, inspirou seu jogo no Pentominoes. “O universo é sobre entropia. Se você deixar as peças caírem, é entropia; elas simplesmente flutuam”, explica Henk Rogers, co-fundador da The Tetris Company e responsável por adquirir os direitos de Tetris para a Nintendo na década de 1980. “Mas, de fato, o que o Tetris faz é que você crie uma ordem fora do caos. Essa é a nossa função básica como um organismo, pegar moléculas ou proteínas aleatórias e construí-las em cadeias complexas.”

 

Game Boy Advance, 2001 — Lançado em 2001, O Game Boy Advance foi um grande sucesso da Nintendo. O portátil, que vendeu mais de 81 milhões de unidades, apresentou um design que exigia que o usuário o segurasse horizontalmente, e isso acabou facilitando as coisas para aqueles jogadores com mãos maiores.

Um dos motivos que fizeram o Game Boy Advance ser um fenômeno de vendas, além de sua tela LCD TFT (que permitia gráficos bonitos e sem borrões), foram os jogos da série Pokémon.

 

Nintendo DS, 2004 — Lançado mundialmente em 2004, o portátil da Nintendo vendeu ao todo mais de 154 milhões de unidades. Na época, ele era distinguível pela sua tela LCD dual, com a tela inferior sendo de toque. O Nintendo DS também possui um microfone embutido e suporte Wi-Fi.

Tudo começou em 13 de novembro de 2003, quando a Nintendo anunciou que criaria um novo console para lançar em 2004. A empresa japonesa afirmava que o console não seria um sucessor para o Game Cube ou mesmo que seria avanço do Game Boy, mas que iria ser uma plataforma alternativa da marca — acabou se tornando um dos portáteis mais marcantes da história dos games.

O maior game de sucesso da plataforma foi New Super Mario Bros. Com seu visual atraente, o jogo vendeu mais de 30 milhões cópias em todo mundo.

 

Nintendo Wii, 2006 — Esse console veio ao mercado em 2006 e tinha como principais chamativos os controles de sensor e movimento, Wii Remote e Nunchuck, e gráficos mais divertidos e coloridos (em comparação aos principais concorrentes Playstation 3 e Xbox 360, que eram consoles mais focados em gráficos mais realistas).

O game mais popular do console, Wii Sports, rendeu mais de 82 milhões de cópias vendidas e se destacou por atrair públicos de diversas idades — muitas casas de repouso usam o jogo como uma forma de exercício de baixo impacto até os dias atuais.

 

 

Leia também:

Facebook: jogos para passar o tempo usando o Mensenger

Diego Lorenzo

Fortnite – tiro, construção e bomba pra todo lado

Diego Lorenzo

Trick or Treat

Clayci

2 comentários

Lilian Moraes 19 de fevereiro de 2018 at 09:06

O sonho da minha vida era ter um Nintendo DS, acabou que mesmo depois que comecei a trabalhar, não comprei nenhum. Não sei agora, mas na época que vi, era bem carinho T.T.

Beijos
http://orangelily.com.br/

Resposta
Clayci 28 de fevereiro de 2018 at 09:22

O preço não mudou muita coisa, viu?
Ainda mais se for o New… mas digo que não compensa mais investir nesse portátil por conta dos jogos =/
Mas super entendo esse sentimento ahiuahiuhauihauihai

Resposta

Deixe um comentário

* Seu comentário irá para aprovação

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE