Minhas 6 melhores leituras do 1º semestre de 2020

por Clayci

A pandemia nos privou de uma série de atividades culturais devido a necessidade do isolamento social. Pensei que – de alguma forma – conseguiria aproveitar a situação para colocar as minhas leituras em dia, mas não foi isso o que aconteceu. O meu ritmo de leitura caiu bastante e por mais que eu tenha tempo de sobra, falta concentração.

No começo eu me sentia culpada por não conseguir retomar esse hábito que me dá tanto prazer, porém com tantas noticias ruins surgindo, é plausível esta falta de foco. Por isso tive que limitar o meu acesso as informações e procurar leituras leves e rápidas para distrair a minha cabeça. Deu certo! Aos pouquinhos, minha concentração foi voltando e por mais que meu ritmo tenha caído, consegui ler alguns livros que estava desejando. Então, hoje vim compartilhar as minhas 6 melhores leituras do 1º semestre.

01. Menina feita de Estrelas –  Ashley Herring Blake

Li este livro antes da pandemia começar, foi um dos primeiros livros que li em 2020.  Menina feita de estrelas é um livro sobre laços familiares e amizade, gênero e identidade sexual e traumas enfrentados pelas vítimas de abuso e agressão sexual. Se eu pudesse sairia distribuindo exemplares na rua, pois é um livro extremamente necessário. Entretanto, mesmo com uma linguagem leve, existem gatilhos e é bom deixar claro – que de forma responsável – a autora conversa sobre estupro, agressão sexual, abuso físico, pedofilia, bullying, luto, traumas, ataques de ansiedade e pânico. Tem resenha de Menina feita de estrelas aqui no blog.

Minhas 6 melhores leituras do 1º semestre de 2020

Sinopse: No mês de junho, quando a constelação de Gêmeos despontava no céu do hemisfério Norte, nasceram Mara e Owen. Uma irmã e um irmão unidos pelos astros. Quando a noite caía, os dois subiam no telhado de casa para observar as estrelas e compartilhar histórias. Eles estavam lá um para o outro e nada poderia separá-los.
Um dia, porém, Owen é chamado à diretoria do colégio. A namorada do garoto, Hannah, o acusara de estupro. E, como amiga e fundadora do Empodera – um coletivo feminista –, Mara sabe que tem o dever de apoiar a garota. No entanto, como fazê-lo quando o agressor é seu irmão gêmeo?
Dividida entre sua família e o próprio senso sobre certo e errado, Mara também precisa aprender a conviver com Charlie – sua melhor amiga e ex-namorada. E como se tudo isso não bastasse, um trauma do passado volta para atormentar ainda mais seus pensamentos.

02. Despertar – Octavia E. Butler

Se tem uma coisa que eu aprendi com os livros da Octavia E Bultler é que sempre irei terminar a leitura atormentada. O fato é que Despertar me fez refletir sobre vários assuntos, manipulação e consentimento foram alguns deles.? É uma das minhas autoras favoritas e não vejo a hora da Morro Branco trazer outro lançamento dela por aqui. Tem resenha de Despertar aqui no blog também.

Sinopse: Há vida inteligente lá fora e é ela que salva a humanidade de si mesma.
Quando Lilith Iyapo desperta após 250 anos de animação suspensa, descobre que o planeta Terra e os seres humanos sobreviventes de uma guerra catastrófica estão sob a guarda dos Oankali, uma espécie alienígena com habilidades e tecnologias tão impressionantes quanto sua aparência é repulsiva.
Lilith foi escolhida para despertar e preparar outros seres humanos para finalmente retornarem ao planeta natal. A Terra está novamente habitável há pouco, porém em condições bem diferentes do que conheciam. Assim, os humanos precisarão desenvolver suas habilidades de sobrevivência, enquanto Lilith terá que superar as próprias suspeitas para liderá-los nessa nova etapa – além de decidir se vale a pena andar sobre a linha do que nos define como humanos.

03. Vitorianas Macabras – A voz feminina na era Vitoriana

O livro reúne 13 histórias de terror e suspense, escritas por autoras Vitorianas. Além dos contos, há um material bem interessante no final do livro. Temos uma pequena biografia da rainha do Reino Unido e também um pouquinho da História dessa época.? Quer saber mais detalhes? Então leia a resenha de Vitorianas Macabras aqui no blog.

Minhas 6 melhores leituras do 1º semestre de 2020

Sinopse: Para enaltecer as mulheres ilustres que prestaram uma contribuição formidável à literatura — e reparar a injustiça histórica que por séculos reverenciou apenas os homens —, a DarkSide® Books e a Macabra Filmes orgulhosamente apresentam a antologia Vitorianas Macabras. Organizada em parceria com Marcia Heloisa — doutora em Literatura Comparada na Universidade Federal Fluminense (uff), também responsável pela tradução e já conhecida pelos darksiders por seu exímio trabalho com Bram Stoker e Edgar Allan Poe, na linha Medo Clássico —, a coletânea apresenta treze histórias escritas por autoras que, assim como nós, foram cativadas pelo medo e por tudo aquilo que é sobrenatural.

Minhas 6 melhores leituras do 1º semestre de 2020

04. O Exorcista – William Peter Blatty

Enquanto eu lia, notava uma mistura de sentimentos, contudo, também queria ver até onde o ser humano é capaz de chegar por desespero. Somos bons, mas até onde? Quando nos desiludimos com algo, perdemos a fé. Seja espiritual, cientifica, material e até mesmo em nós mesmos.? Falei nais sobre O Exorcista aqui.

Sinopse: Nos Estados Unidos da América, algo muito estranho acontece. Atingida por uma doença que os melhores especialistas não conseguem descobrir, uma criança caminha para a morte, semeando a destruição à sua volta, ao mesmo tempo que se vai apagando numa agonia atroz.

05. O Livro do Juízo Final – Connie Willis

Esse livro despertou várias sensações enquanto eu o lia. Em alguns momentos consegui rir com algumas situações e em outros só pensava em chorar com as possibilidade. Não aprendemos nada com os nossos erros e você pode ler a resenha de O livro do Juízo Final aqui no blog.

Minhas 6 melhores leituras do 1º semestre de 2020

Sinopse: Para Kivrin, que se prepara para um estudo de campo em uma das eras mais mortais da história humana, viajar no tempo é tão simples quanto tomar uma vacina desde que seja uma vacina contra as doenças encontradas na Idade Média. Já para seus professores, isso significa cálculos complexos e um monitoramento constante para garantir o reencontro.
No entanto, uma crise de proporções inimagináveis pode colocar o futuro de Kivrin, e de todo o Reino Unido, em perigo. Seu professor mais próximo, o sr. Dunworthy, fará de tudo para resgatá-la. Mas até que ponto é possível desafiar a morte.
De 1300 a 2050, Connie Willis faz um trabalho magnífico na construção de personagens complexos, densos e pelos quais é impossível não sentir empatia. O livro do juízo final é ao mesmo tempo uma incrível reconstrução histórica e uma aula sobre o poder da amizade.

06. O Mundo Invisível Entre nós – Caitlín R. Kiernan

Esse livro ganhou um espaço especial no meu coração. Todos os personagens desta autora possuem características que vão além da impressão imediata. Eles são feitos de camadas e entregam os seus medos, tristezas, traumas e sonhos. Então explorá-los exige uma concentração em suas ações e diálogos?. Leia a resenha de O mundo invisível entre nós aqui no blog.

Sinopse: O Mundo Invisível Entre Nós é uma compilação dos mais fantásticos e premiados contos de Kiernan — suas histórias mais aclamadas, textos raros, e sua primeiríssima novela sci-fi. Cada um dos fios que se entrelaçam nesta rica trama criada pela autora realçam seu imenso talento como contadora de histórias. Um jornalista que conduz uma estranha entrevista. Um mochileiro albino que alega falar com um anjo. Uma releitura audaciosa de A Pequena Sereia. Um fóssil escondido em uma gaveta que pode mudar nosso entendimento sobre a evolução. Um grupo de cientistas que se depara com um horror indescritível. São contos de vida e morte, horror, sofrimento, que ostentam uma beleza perturbadora e peculiar. Um passeio pelos cenários obscuros de Kiernan, uma viagem tão íntima que é como se ela mesma estivesse nos guiando com uma lanterna na mão rumo ao desconhecido.

Já leu algum desses livros? Consegue listar a suas 6 melhores leituras aqui nos comentários?

Você também poderá gostar:

6 comentários

Isabelle Brum 20 de julho de 2020 - 22:16

Esses tempos caóticos também me fizeram diminuir bastante meu ritmo de leitura, até que encontrei leituras que, assim como você, deram certo no que diz respeito à retomar este hábito maravilhoso! E fico muito feliz por ti por ter conseguido também *-*
Enfim, boas leituras que você fez, hein?! Ainda não os li mas já tinha ouvido falar de alguns – e depois de ler este post, fiquei ainda mais curiosa pra lê-los (em especial, o primeiro da lista, que apesar de parecer conter temas pesados, vale a reflexão)
E sobre minhas 6 melhores leituras até o momento, foram: “Leah on the offbeat”, “Geekerela”, “Uma jornada para se apaixonar”, “As sobreviventes”, “O sangue dos elfos” e “O iluminado”.
Beijinhos, boa semana e que venham para você outras ótimas boas leituras!

responder
Letícia Guedes 20 de julho de 2020 - 18:42

Entendo super o que você falou sobre faltar concentração, também só estou retomando o ritmo agora. Desses livros, só conhecia O Exorcista e O mundo invisível entre nós, mas fiquei bem curiosa com alguns, principalmente com Despertar. Quanto às minhas leituras, as minhas seis favoritas foram: os dois primeiros de PJO, Todas as cores do céu, Esperança, Não me abandone jamais e Quem era ela. Abs!

responder
PS Amo Leitura 13 de julho de 2020 - 10:31

Ainda não li nenhum que você citou, mas estou com o livro “a menina feita de estrelas” e estou louca para ler, principalmente desde que vi sua resenha. Fiquei realmente apaixonada!

responder
Kênia Cândido 10 de julho de 2020 - 13:38

Oi Clayci.

Você citou só livros maravilhosos. Estou bem curiosa para ler Vitorianas Macabras. Tenho O Exorcista com a capa de 40° aniversário do filme. Ele tem a capa com o padre chegando na casa da menina. Adoro a capa dele, mas estou desejando muito ter essa edição também. Vou relê-lo este ano.

Bjos

responder
Michelle 10 de julho de 2020 - 08:20

Oii, gostei muito das suas leituras eu sou louca por edição de Vitorianas Macabras, estou esperando o preço melhorar um pouco para comprar! 🙂

responder
Milena Monteiro 7 de julho de 2020 - 11:25

Agora tô lendo “Menina feita de Estrelas” e estou amando ler, super recomendo!

responder

Deixe um comentário