Fotografia


Lady Killer (Vol.1) – Joëlle Jones e Jamie S. Rich

Quando soube do lançamento de Lady Killer pela Darkside Books, pensei que se tratava de uma adaptação do livro Lady Killers. Apesar da semelhança nas cores da capa, Lady Killer é uma ficção – e apesar de ter uma introdução escrita por Tori Telfer não tem relação com o livro dela. Este é o primeiro volume! A história foi criada por  Jamie S. Rich  e as ilustrações pela quadrinista Joelle Jones. E antes de me jogar na leitura, tive que olhar todos os detalhes porque essa edição está incrível.

A mistura do visual encantador dos anos 1950 com a violência slasher é, ao mesmo tempo, adorável e chocante.

Tori Telfer
Lady Killer (Vol.1) - Joëlle Jones e Jamie S. Rich

Vamos conhecer Josie Schuller?

Ela é uma esposa dedicada, mãe amorosa, cozinheira de mão cheia e uma vizinha notável. Com tantas qualidades fica difícil suspeitar de suas ações, não é mesmo? Ela vive com a sua família em uma casa norte-americana nos anos 60. Entretanto tem um pequeno detalhe – que a impede de ser a representação ideal de uma dona de casa naquela época – é uma assassina nas horas vagas. E não pense que essa vida dupla atrapalha sua relação com a família.

Lady Killer é a desconstrução do papel da dona de casa. Essa graphic novel contém muito sangue, ação e um humor característico da época. Josie gosta do que faz e, ainda que dedicada e talentosa, sofre por ser mulher. Ela não brinca em serviço, mas tem que tolerar o assédio sexual, além daquela discussão sobre o direito da mulher trabalhar com o que quiser.

Ela é uma das melhores na agência em que trabalha e começa a incomodar por causa dessa habilidade. Seu chefe duvida de sua lealdade e planeja “aposentá-la” da profissão. Só que Josie consegue se superar em cada missão e ainda manter o seu disfarce. Ama os seus filhos e convive com uma sogra que fica se metendo em cada atitude dela. Seu esposo não participa muito e acredita que está no controle por ter uma família tão perfeita.

E toda essa experiência fica ainda mais interessante com a edição nacional. A Darkside Books caprichou nos detalhes e a Graphic Novel vem com uma “luva” que protege o quadrinho. Sem falar que foi traduzido pela querida Raquel Moritz. Quero muito o segundo volume!

newsletter receba novidades

Receba atualizações do blog por email

veja também

  • Império do Vampiro - Jay Kristoff

    Algumas pessoas nascem com sorte. E algumas pessoas fazem a própria sorte.

    Livros

    Império do Vampiro – Jay Kristoff

    Por

  • Um livro incrível com vários fantasmas vitorianos.

    Livros

    O Natal dos Fantasmas

    Por

  • Nunca faça preces aos deuses que atendem depois do anoitecer.

    Livros

    A vida invisível de Addie LaRue – V.E. Schwab

    Por

comentários

  • KAROLLINE VICENTE DA SILVA

    Ahh que livro lindo, meu deusu! Eu não tinha o visto ainda, mas sério to apaixonada. Não somente pela construção da Dark, mas pelo enredo também! “Ela não brinca em serviço” me pegou de jeito e eu já coloquei o título na minha listinha <3

    Amei o post, as fotos, tudo! Parabéns

    Beijos, Karol Vicente

    responder
  • Janaína

    Ooi

    Eu estou ansiosa pra ler Lady Killer desde antes de lançar haha já sei que vou amar.

    Beijos

    responder
  • Ana Luz.

    Olá!

    Essa edição está realmente linda! Que charme essa luva que protege, a DarkSide tem idéias ótimas!

    Fiquei MEGA curiosa sobre como ela esconde a profissão da família? Ela esconde, certo? Foi o que entendi. rs
    Lista de desejados com certeza!
    Beijo.

    responder
  • Beatriz Andrade

    Juro que também pensei que era relacionado de alguma maneira à Lady Killers, choquei agora! Adorei ver a sua resenha, é uma obra que tenho a maior curiosidade com a leitura.

    responder
  • Maria Luíza Lelis

    Oi, Clayci! Tudo bem?
    Eu vi muitas pessoas elogiando Lady Killer, porém, confesso que não fiquei muito instigada. Eu não sou muito de ler graphic novels e o enredo em si não parece ser muito meu estilo de leitura. Mas achei interessante a personagem ser ao mesmo tempo uma esposa/mãe dedicada e uma assassina habilidosa, e a história abordar o direito das mulheres de trabalharem com o que querem. Além disso, parece que a DarkSide arrasou na edição, mais uma vez.
    Adorei conhecer sua opinião e fico feliz que tenha gostado da leitura.
    Beijos!

    responder
  • Grazy Carneiro

    Oie,
    Deu muita vontade de ler!! Gosto muito desse estilo, e tem um tempinho que não vejo nenhum graphic novel. Parece ser ótimo e as ilustrações bem feitas. Já amei!
    Beijoo!

    responder
    • Clayci

      Se der uma chance, me diz depois o que vc achou <3

      responder
    • Ana

      Eu amei demais essa graphic! Achei o jeito que eles criticam o machismo tão delicioso de acompanhar. A personagem é uma assassina de aluguel e acham que ela não pode ter uma família sendo que exerce os dois papéis muito bem hahahahs. Eu amei, tô doida pelo segundo volume!

      responder
  • wues

    Ahhhh eu achei lindo demais as fotos e a resenha ??. Tô super curioso pra ler ,só esperando a minha chegar . Parabéns ??

    responder
    • Clayci

      Como é bom ver vc aqui <3
      Muito obrigada! Acredito que vc vai gostar dessa leitura.

      beijos

      responder
  • Ariane Reis

    Oie Clayci!

    Pela sinopse a história parece um tanto clichê, algo que já vimos em alguns filmes e até mesmo séries. Porém, o fato da história ser ambientada nos de 1950, onde as mulheres ainda engatinhavam para ter a sua liberdade pessoal e financeira, deve ser um grande diferencial na narrativa.

    Gonfesso que não é muito meu estilo de leitura, mas achei bem interessante.

    Beijos;***
    Ariane Reis | Blog My Dear Library.

    responder

newsletter receba novidades

Receba atualizações do blog por email

veja também

  • Império do Vampiro - Jay Kristoff

    Algumas pessoas nascem com sorte. E algumas pessoas fazem a própria sorte.

    Livros

    Império do Vampiro – Jay Kristoff

    Por

  • Um livro incrível com vários fantasmas vitorianos.

    Livros

    O Natal dos Fantasmas

    Por

  • Nunca faça preces aos deuses que atendem depois do anoitecer.

    Livros

    A vida invisível de Addie LaRue – V.E. Schwab

    Por

ir ao topo

Buscar no site