Você está na categoria: Comportamento

Olá! Eu sou a Clayci.

Olá! Eu sou a Clayci.

Moro em São Paulo, e trabalho com fotografia. Sou whovian, sherlockian e slytherin. Apaixonada por livros e miniaturas. Existe uma frase que consegue me descrever perfeitamente bem: “Quando acordei hoje de manhã, eu sabia quem eu era, mas acho que já mudei muitas vezes desde então“ (Alice no País das Maravilhas).

Recebi%20a%20cartinha%20de%20Hogwarts%20{o%20que%20aprendi%20com%20A%20Pedra%20Filosofal}Recebi a cartinha de Hogwarts {o que aprendi com A Pedra Filosofal}

Recebi a cartinha de Hogwarts {o que aprendi com A Pedra Filosofal}

por Posted on 29 Comments 4 min leitura 245 visualizações

Prologue – John Williams Recebi a cartinha de Hogwarts!“Esse menino vai ser famoso, uma lenda. Não haverá uma criança em nosso mundo que não conheça seu nome.“ Não sei se era a intenção da J.K Rowling, mas esse trecho se tornou realidade. O menino que sobreviveu completa 39 anos hoje. E é incrível como esse mundo mágico continua tão presente em nossas vidas. Há 18 anos atrás eu vi Harry Potter receber a cartinha de Hogwarts pela primeira vez. Ainda me lembro do cartaz, com as letras em dourado, anunciando a estreia de Harry Potter e a Pedra Filosofal nos cinemas. Sai da sala maravilhada e nem fazia ideia do quão grandioso era o universo HP, já que não conhecia os livros. Eu lembro que os meus amigos da escola não gostaram do filme. Toda aquela magia não foi capaz de convencê-los, nem mesmo o sofrimento do pequeno bruxinho. Admito que só fui dar uma …

Você%20consegue%20ler%20mais%20de%20um%20livro%20ao%20mesmo%20tempo?Você consegue ler mais de um livro ao mesmo tempo?

Você consegue ler mais de um livro ao mesmo tempo?

por Posted on 41 Comments 3 min leitura 226 visualizações

Você consegue ler mais de um livro ao mesmo tempo? Quando compartilhei 6 dicas para tornar a sua leitura mais efetiva aqui no blog, algumas pessoas me fizeram essa pergunta. Sempre tive dificuldades para me concentrar, por isso, habitualmente, evitei por medo de me sentir perdida. Alguns estudos afirmaram que esse hábito força o nosso cérebro e consequentemente nos lembramos de mais coisas; também abrimos mais espaço para memórias, e melhoramos a nossa concentração (fonte). O fato é que além de me sentir perdida, também me sentia menos produtiva, já que na minha cabeça levaria mais tempo para concluir a leitura. Esse ano decidi experimentar ler dois livros ao mesmo tempo. Cheguei a comentar aqui no blog que pretendo dar mais atenção para os clássicos, mas não queria deixar os lançamentos de lado. Por isso acabei apostando em algumas dicas para ler mais de um livro ao mesmo tempo e está …

4%20livros%20que%20exploram%20a%20esquizofrenia4 livros que exploram a esquizofrenia

4 livros que exploram a esquizofrenia

por Posted on 22 Comments 6 min leitura 302 visualizações

Hoje, 24 de maio é o Dia Mundial da Esquizofrenia. Essa data já faz parte do calendário de diversos países e o objetivo é conscientizar a sociedade sobre o desafio de tratar a doença. Apesar de não trabalhar na área, gosto de ler a respeito e acredito que essas histórias ajudam a combater o preconceito com doenças e transtornos mentais. A esquizofrenia apresenta várias manifestações, afetando diversas áreas do funcionamento psíquico. Seus principais sintomas são: delírios, alucinação, alterações do pensamento, alterações da afetividade e diminuição da motivação. Há outros sintomas como alterações da motricidade, dificuldade de concentração, desconfiança excessiva e indiferença. Mas tudo depende como os sintomas se agrupam. Hoje quero compartilhar 4 livros com personagens esquizofrênicos que me fizeram refletir bastante. A MENINA SUBMERSA – CAITLIN R. KIERNAN Sinopse: Com uma narração intrigante, não linear e uma prosa magnífica, Caitlín vai moldando a sua obsessiva personagem. Imp é uma narradora …

Um%20ano%20usando%20Bullet%20Journal:%20O%20que%20eu%20aprendi%20nesse%20períodoUm ano usando Bullet Journal: O que eu aprendi nesse período

Um ano usando Bullet Journal: O que eu aprendi nesse período

por Posted on 20 Comments 3 min leitura 176 visualizações

Quando decidi entrar para o mundo do bullet journal, pensei que iria desistir logo nas primeiras semanas. Sou uma pessoa desorganizada e imaginei que não conseguiria manter o meu caderno atualizado. Tanto que no começo, decidi investir em um bujo com uma gramatura alta e sem pauta, pois caso eu desistisse usaria para fotos. E não é que deu certo? No início tive dificuldades para criar layouts e adaptá-lo às minhas necessidades. Não tenho habilidades com desenhos e decorações, por isso fiquei um pouco desanimada quando comecei, porém, o segredo está em não desistir. Meu bullet journal me ajudou de várias formas, todavia, a principal é justamente essa: trabalhar a minha criatividade. Então mesmo eu não sendo o melhor exemplo dessa técnica de organização, vim compartilhar o que eu aprendi em um ano usando bujo. Improvisando e usando as ferramentas que eu tenho em casa Esse ano decidi investir um pouquinho …

O%20menino%20que%20descobriu%20o%20vento:%20O%20que%20aprendi%20com%20o%20filmeO menino que descobriu o vento: O que aprendi com o filme

O menino que descobriu o vento: O que aprendi com o filme

por Posted on 20 Comments 4 min leitura 4109 visualizações

Sobre a história O menino que descobriu o vento é um drama que retrata uma condição real de vida de muitos povos pelo mundo: o não acesso à energia elétrica. Porém, não é só este o fato principal da história. Ela também envolve as questões de povos africanos que vivem à miséria, que nada tem para se alimentar ou água para beber. O filme é dirigido por Chiwetel Ejiofor, que também atua. Este longa é sua primeira direção e a origem da história é um relato de parte da vida de William Kamkwamba. O mesmo nasceu e viveu sua infância em Kasungu, no Maluí, país com um dos piores IDH do mundo. Ambientado no início da década de 2000, quando William ainda era um adolescente vivendo em Kasungu. O filme retrata um período onde o mundo passava por crise econômica pós-terrorismo. Ao mesmo tempo, naquela região, mudanças climáticas afetavam o regime …

3%20livros%20de%20Ficção%20Climática%20(Cli-fi)%20que%20você%20precisa%20ler3 livros de Ficção Climática (Cli-fi) que você precisa ler

3 livros de Ficção Climática (Cli-fi) que você precisa ler

por Posted on 25 Comments 4 min leitura 155 visualizações

A Ficção científica (ou sci-fi) é um gênero que normalmente lida com conceitos especulativos e imaginativos, ou seja, coisas relacionados principalmente com o futuro, que envolvem ciência e tecnologia. Gosto desse gênero porque ele nos permite refletir sobre a sociedade.  Acredito que seja uma excelente forma de te fazer pensar fora da caixinha. As histórias fazem com que você enxergue as coisas por outra perspectiva, além de pressupor as mudanças que nosso mundo poderá sofrer. E por falar em modificações, hoje eu quero conversar sobre um subgênero que não é novidade, mas está se mostrando cada vez mais presente na literatura.Vocês conhecem a ficção climática? FICÇÃO CLIMÁTICA OU CLI-FI Como eu mencionei, ficção climática não é um sub-gênero novo. Tanto que nos últimos anos de carreira do Asimov ele mostrou que estava descrente quanto ao rumo que a humanidade estava tomando. Os primeiros romances de ficção climática mostravam como os homens exploravam a natureza …