Brasil Game Show: O que rolou no primeiro dia do evento

por Posted on 12 Comments 4 min leitura 135 visualizações

Todo ano fico animada com a chegada da Brasil Game Show e este não poderia ser diferente. Estou falando da maior feira de games da América Latina. Este ano, o evento acontece entre os dias 9 e 13 de outubro no Expo Center Norte, em São Paulo.

Eu e o Di fomos no dia 09/10 (aberto para imprensa e negócios) e conseguimos aproveitar bastante. Para ser sincera nosso objetivo era visitar o estande da Nintendo, pois eles trouxeram pela primeira vez o console Nintendo Switch e jogos para testarmos.

NINTENDO NA BRASIL GAME SHOW

Brasil Game Show: O que rolou no primeiro dia do evento

Quando o mapa do evento foi disponibilizado, fiquei surpresa quando vi que o estande da Nintendo teria mil metros quadrados e fiquei imaginando o que eles trariam para os fãs. Os títulos que estão disponíveis para jogar são: Luigi’s Mansion 3, Super Mario Maker 2, The Legend of Zelda: Link’s Awakening, Super Smash Bros. Ultimate, Mario Kart 8 Deluxe, New Super Mario Bros U Deluxe e Super Mario Party.

Assim que chegamos no estande pegamos a fila para jogar Luigi’s Mansion 3 por 15 minutos. O jogo será lançado no dia 31/10 e testamos a demo que traz as primeiras impressões do game. Inicialmente um cão fantasma nos ajuda a entender os comandos do jogo – embasado no uso do aspirador de fantasmas carregado pelo Luigi. Em seguida surge o primeiro desafio: atravessar uma parte do castelo até chegar no chefão.

Brasil Game Show: O que rolou no primeiro dia do evento

Confesso que, mesmo explicando os comandos, tive um pouco de dificuldade para executá-los, pois não estou familiarizada com o jogo e quando peguei o ritmo já estava no final da demo. Mas de uma forma bem resumida, para quem não conhece o título, no jogo existe embates contra fantasmas e durante as missões os inimigos fogem para várias direções e no caminho há várias áreas secretas, com muitas moedas, barras de ouro e outras riquezas para acumular.

Também jogamos The Legend of Zelda: Link’s Awakening e estou apaixonada pelo gráfico do jogo. Torcendo para que a Good Smile traga um colecionável articulado desse Link. Conforme você jogava, ganhava pôster dos games e achei isso bem legal.

Brasil Game Show: O que rolou no primeiro dia do evento

O que mais fizemos na Brasil Game Show

Outra área que chamou a nossa atenção – e que está bem perto do estande da Nintendo – foi a BGS Pinball & Arcade Matic. Tinha vários equipamentos e jogos clássicos disponíveis para o público. O espaço de 1.500m² teve patrocínio da Matic Entretenimento e mais de 150 máquinas à disposição dos visitantes, Entre os tradicionais arcades e máquinas de pinball, como a Stern Stars Wars Pin e a Jurassic Park, que o público poderá experimentar em primeira mão no evento.

Não conseguimos testar nenhum jogo no estande da Sony Playstation, mas isso porque não agendamos horário para tal. Eles disponibilizam os jogos Marvel’s Iron Man VR, Marvel’s Avengers, Predator: Hunting Grounds, Call of Duty: Modern Warfare, FIFA 20, Final Fantasy 7 entre outros. Para jogar é preciso acessar o aplicativo e agendar horário.

Brasil Game Show: O que rolou no primeiro dia do evento

Também passamos pelo estande do Xbox e apesar de não testar nenhum game, vi alguns fãs jogando Bleeding EdgeMinecraft DungeonsBattletoads e Ori and The Will of the Whisps (próximos lançamentos da empresa).

Brasil Game Show: O que rolou no primeiro dia do evento

Praça de Alimentação

Há mais de um ano que mudei a minha alimentação e parei de consumir carne e agora eu entendo como vegetarianos e veganos sofrem nesses eventos. Eu não consegui levar nada de casa, pois perdi o horário e durante o evento só encontrei um lugar que oferecia lanche com opção sem carne no cardápio. Mas se você consome, há várias opções e fiquei surpresa com a área esse ano. A Taverna Medieval também estava presente com as “poções” energéticas e tinha vários food truck por lá

Lojas

A Piticas está com um espaço enorme no evento este ano. Senti falta de algumas lojas – que participaram nos anos anteriores – mas tinha muita opção para quem estava atrás de acessórios geeks. Desde colecionáveis até mesmo roupas.

Outra coisa que achei bem legal é que, pela primeira vez, a Brasil Game Show promoverá um concurso para eleger pelo voto popular os três melhores jogos da Avenida Indie do evento. Em parceria com o Banco do Brasil, a ação tem como objetivo estimular o desenvolvimento de jogos indies no país e premiará os três primeiros colocados com cartas de crédito contempladas pela BB Consórcios, nos valores de R$5 mil, R$3 mil e R$2 mil, respectivamente.

A Brasil Game Show está incrível e não vejo a hora de acompanhar a próxima edição.

Receba as publicações por e-mail

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 Comments
  • Luana Souza
    novembro 19, 2019

    Que fotos maravilhosas! O Mario parece que tirou uma selfie ali hehe. Eu não sou tão fã de video game (essa paixão eu deixo para o meu irmãos), mas iria só pelo rolê hahaha!

  • Mara Santos
    outubro 27, 2019

    Deve ter sido um dia de evento incrível, eu nunca fui e sempre tive muita vontade, mas através do seu post pude curtir um pouco da experiência!!!!

  • Mari
    outubro 16, 2019

    Eu nunca fui na BGS, principalmente porque não jogo muito, mas acho que deve ser uma baita experiência, além de trazer muitas novidades do mercado. E que coisa, eu achei que existiriam mais opções vegetarianas nesses eventos. Que pena que ainda não é uma realidade.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

  • Kênia Cândido
    outubro 16, 2019

    Oi Clayci.

    Que delícia de evento. Dever ter sido maravilhoso, foi dessa forma que senti lendo seu post. Vi super Mário e deu muita saudades quando jogava aqui em casa. Parabéns pelo post .

    Bjos

  • PS Amo Leitura
    outubro 16, 2019

    Gente, que amorzinho de evento! Acredita que não fiquei sabendo? Gostei do seu ponto de vista e espero um dia participar também. Acho que eu iria querer vários funkos hahaha.

    Beijos,

    • Clayci
      outubro 16, 2019

      Ahh recomendo muito!
      Há várias atrações incríveis

  • Aline Coelho Cury
    outubro 16, 2019

    Confesso que nunca fui muito de jogar e isso nunca me incomodou, até trabalhar numa empresa de tecnologia e todos só falarem nisso. Hoje em dia fico curiosa mas ainda não parei para jogar nada, seria um mundo novo pra mim, teria que aprender mesmo.
    Achei muito interessante a postagem e a feira me pareceu bem atrativa. Que máximo quente foi e gostou.

    • Clayci
      outubro 16, 2019

      Eu acredito que vc iria gostar do evento, viu?
      O foco é games, claro, mas sempre tem painéis interessantes sobre tecnologia envolvendo esse universo

  • Marijleite
    outubro 14, 2019

    Oi Clayci, amei conferir um pouquinho do que você encontrou nesse primeiro dia do evento, sou meio por fora da área mas parece ter sido bem legal.

  • Carol Nery
    outubro 13, 2019

    Eu acho muito legal acompanhar essas postagens sobre eventos geeks… Sou admiradora, embora muita coisa eu não entenda. Vídeo game é algo que tenho pouquíssima afinidade. Embora tenha crescido nos anos 90. Me lembro até de ter jogado naqueles fliperamas.
    Acredito que deve ser uma experiência única para quem gosta. Adorei as fotos.
    Beijão

  • Ana
    outubro 13, 2019

    Eu não entendo absolutamente nada desse universo de games kakaka, eu só sei da existência desse evento por causa do Leon e da Nilce, acredita? Sou muito desligada desse mundo de jogos, então realmente nunca fui atrás de nada sobre. Mas achei seu post maravilhoso e parece que você aproveitou bastante!

Previous
Zariff: Tênis Feminino Casual para seus looks
Brasil Game Show: O que rolou no primeiro dia do evento