A resenha de hoje falará sobre dois amigos, Andy e Terry. E também sobre A Casa na Árvore com 13 andares. Nem tente imaginá-la, pois mesmo que tentasse, ainda assim seria surpreendido pelas coisas que ali existem. Tem desde uma pista de boliche até um tanque de tubarões.

Andy e Terry são melhores amigos e os dois gostam de criar histórias. Enquanto Andy Griffiths escreve, Terry Denton fica responsável pelos desenhos. No entanto, mesmo morando em uma casa da árvore cheia de atrações, os dois estão preocupados, pois assumiram a responsabilidade de escrever um livro, contudo as distrações estão dificultando essa tarefa.

Logo que esse livro chegou em casa, meus sobrinhos o devoraram no mesmo dia (só para vocês terem ideia, eles leram o segundo “A casa na árvore com 26 andares” no dia seguinte e já pediram a continuação da história). O livro está cheio de situações engraçadas que os dois amigos enfrentam – e consequentemente criam. Temos gatos voadores, bananas gigantes, sereias que se transformam em monstros, tubarões comendo cuecas e outros obstáculos que eles terão que enfrentar para conseguir escrever o tão sonhado livro.

Tive que dar uma chance para essa leitura depois de ouvir os meus sobrinhos dando gargalhadas durante a leitura. E preciso confessar que mesmo fugindo do público alvo, consegui me diverti com o livro. A casa na árvore com 13 andares possui um humor tão gostoso. Fora o mundo fantasioso incrível (ilustrado com todo cuidado) que consegue trabalhar a imaginação de quem ler. Andy Griffiths e Terry Danton conseguiram o prêmio Australian Book Industry Award de melhor livro juvenil do ano e comprovaram que é possível alcançar grandes ideias enquanto nos divertimos.

É um livro que trabalha a criatividade, imaginação e a importância da amizade. Por isso recomendo fortemente essa leitura. Vale a pena explorar cada canto da árvore e se divertir com as atrapalhadas de Andy e Terry.

 

O que o Luiz (meu sobrinho de 10 anos) achou: Eu gostei do Andy! Ele sabe escrever bem e queria uma casa da árvore igual a deles.

O que a Larissa (minha sobrinha de 10 anos) achou: O livro é muito engraçado e tem muitas aventuras. E quero desenhar igual o Terry.

– Ótimo início! – elogiou Terry – Cheio de ação! Mas o que acontece depois?
– Não sei direito – eu disse. – Só consegui chegar até aí.
– Só isso? – Terry perguntou. – Três palavras e três pontinhos?!
– Foram quatro páginas, viu? – eu disse.
– É, mas ainda são três palavras e três pontinhos – disse Terry – e, uma delas nem está escrito direito. Tenho certeza de que é “vez”, não “ves”.

 

A casa na árvore com 13 andares Book Cover A casa na árvore com 13 andares
Andy Griffiths & Terry Danton
Fundamento
248

Sinopse: Olá! Eu sou o Andy! Moro com meu melhor amigo, Terry, numa casa da árvore de 13 andares. Nela, nós dois vivemos fantásticas aventuras! Entre e venha se divertir com a gente! Andy e Terry moram na casa da árvore mais incrível do mundo! Ela tem 13 andares, pista de boliche, cipós, um tanque de tubarões devoradores, uma catapulta enorme, uma máquina que arremessa marshmallows, uma fonte de limonada e um laboratório subterrâneo ultrassecreto! Quem não gostaria de viver num lugar assim, não é mesmo? E tudo estava perfeito até os gatos voadores, os macacos arruaceiros, a sereia-monstro e o gorila gigante invadirem a casa da árvore! Dá para acreditar? Agora Andy e Terry precisam usar a imaginação e a inteligência para se livrar dessas encrencas... Mas será que eles conseguem proteger a casa e salvar o dia? Aventuras malucas, situações hilárias e muita diversão esperam você! Afinal, tudo pode acontecer na casa da árvore de 13 andares! Andy Griffiths é autor de livros infantis e best-seller do New York Times com a série Irada! Terry Denton é um autor e ilustrador muito popular na Austrália e nos Estados Unidos. Andy e Terry são parceiros desde 1997 e seus livros já venderam mais de um milhão de cópias em todo o mundo. A Casa da Árvore é uma série repleta de histórias engraçadas, criativas e ilustradas destinada ao público infantojuvenil.

Comentários

Comentários