Home - 3 motivos para comprar a série “A Casa na Árvore” do Andy Griffiths e Terry Denton para uma criança
Aventura

3 motivos para comprar a série “A Casa na Árvore” do Andy Griffiths e Terry Denton para uma criança

Você já teve uma casa na árvore quando era criança? Se a sua resposta for sim, você foi uma criança muito sortuda! Eu sempre quis ter uma, mas a falta de espaço e tempo dos meus pais me impediram de realizar esse sonho. Foram as caixas de papelão que me ajudaram a realizar esse desejo. No começo a minha mãe ficava nervosa com a bagunça espalhada pela casa, todavia era ela que me ajudava a fazer as portas e as janelas. Levava bronca quando pegava itens pelos cômodos, no entanto, precisava de cobertores, travesseiros, tigelas, pratos e tudo que fosse possível para mobiliar a minha casa.

Gosto dessas lembranças porque elas deixam claro que eu nasci para trabalhar com a criatividade. Dentro dessa casa eu criava desenhos e acreditava que era possível resolver todos os problemas com eles. Minha mãe estava triste? Eu desenhava. Meu irmão parava de falar comigo? Eu desenhava. Minhas irmãs me achavam muito nova para me incluir nas conversas? Eu choravdesenhava também. O fato é que hoje consigo analisar o quanto essa fase foi importante pra mim.

Todas as vezes em que eu conversava sozinha com as minhas bonecas, desenhava para expressar os meus sentimentos, fingia estar dormindo para escutar alguma conversa dos meus irmãos, me escondia quando não queria ser encontrada, tudo isso me ajudou e muito. Essa foi uma das maneiras que encontrei para lidar com os meus sentimentos e aprender coisas novas. Por isso, quando soube que a Editora Fundamento lançou a série de livros “A casa na Árvore“, tive que providenciar os volumes para os meus sobrinhos.

Não tive muito contato com a leitura quando era criança, mas não culpo os meus pais. Eles me ensinaram, da forma que puderam, sobre valores e a importância de respeitar o próximo. E mesmo que eu não tenha lido muito, fazia várias atividades para estimular a minha imaginação. Então, eu quis apresentar o universo literário para os meus sobrinhos. Por estar sempre lendo, acabei despertando a curiosidade e comecei a ler com eles. Isso mudou quando essa série chegou em casa, pois eles não me esperam mais para iniciar uma leitura.

Separei 3 motivos para comprar a série A Casa na Árvore do Andy GriffithsTerry Denton para uma criança.

1 – Risada Garantida

Assim que o primeiro livro chegou em casa (A casa na Árvore com 13 andares) meu sobrinho se trancou no quarto para ler. Não demorei muito para ouvir as primeiras risadas no cômodo em que eu estava. De repente, vieram as gargalhadas. Fiquei me perguntando: “O que será que tem de tão engraçado nesse livro?“, tive que folhear.

Os autores possuem um jeito diferente de narrar a história. Você já leu ou assistiu Alice no País das Maravilhas? Sempre achei curioso aquele universo criado por Lewis Carroll. Ver uma personagem mudando de tamanho, conversando com flores e correndo atrás de um coelho que diz estar atrasado para fazer algo é estranho pra você? Então imagina uma casa na árvore com mais de 90 andares cheio de coisas inusitadas, como: uma máquina de clones, uma fazenda de formigas, uma máquina de Era uma vez, um tanque de tubarões e muitas outras coisas.

Meus sobrinhos dão risada com as situações inusitadas que os autores criam. Cenas que não são comuns e que eles sabem que não existem, mas se divertem com a possibilidade no papel.

2 – Estimula a Criatividade

Assim como Andy Griffiths, acredito que os livros infantis não precisam ser instrutivos. Eles precisam divertir o público alvo. É possível educá-los com diversão e acredito ser um tipo de didática eficaz. O autor deixou claro que gosta de trabalhar sério com a temática do “absurdo” e esse é o melhor jeito de desenvolver a criatividade.

Como Picasso dizia: “Toda criança é um artista. O problema é o como manter-se um depois de crescido.” Não se trata apenas de imaginar as coisas que estão na historia, mas observar como eles lidam com as situações mais absurdas desenvolvidas pelo autor. Eles são livres para criar, inventar e fazer tudo o que a cabeça deles imaginarem sem censura. A casa na árvore é uma série repleta de aventuras e cenas engraçadas que ajudam a desenvolver a imaginação.

3 – As ilustrações conversam com o texto

Andy Griffiths cria as histórias e o seu parceiro Terry Denton é o responsável por dar vida a essas ideias. Ele cria as ilustrações com o objetivo de entreter e divertir os seus leitores. É uma série grande e cada livro possui pelo menos 200 páginas. Dificilmente uma criança sente interesse em finalizar uma leitura com essa quantidade de folhas, mas tem muitas ilustrações nessa série e são elas que complementam a história.

Então, se você quiser presentear e incentivar uma criança, invista nessa série. Vale a pena!

Leia também:

Angus: O primeiro guerreiro – Orlando Paes Filho

Diego Lorenzo

Brotherband: Os Invasores- John Flanagan

Clayci

A Maleta das Criaturas – Animais Fantásticos e Onde Habitam

Clayci

48 comentários

Lilian Farias 8 de novembro de 2018 at 18:09

Ok. Você me convenceu, vou comprar, estou pensando em ter minhas crias e a primeira coisa que estou montando é a estande de livros, já tem bastante coisa, mas ainda não está satisfatória para o primeiros ano hehehehehehehe vou comprar e ler primeiro, valeu pela dica

Resposta
Clayci 9 de novembro de 2018 at 09:59

hahahaha obaaa
fico feliz em ler isso!
Espero que curta <3

Resposta
Beatriz Andrade 6 de novembro de 2018 at 21:49

Oi, Clayci.
Adorei o post!
Curioso, quando eu era mais nova e me sentia triste por alguma coisa, se meu irmão brigava comigo, se ninguém queria falar comigo na escola, meus pais brigavam… enfim, eu sempre escrevia e até hoje mantenho esse hábito.
Eu tenho muita vontade de comprar essa série para ler com meu filho, com certeza tanto ele quanto eu vamos gostar da leitura. Adorei a sua indicação.

Resposta
Clayci 8 de novembro de 2018 at 09:29

Acho que seu filho vai gostar *_*

Resposta
Marijleite 6 de novembro de 2018 at 16:54

Eu também queria ter tido uma casa na árvore quando criança, seu post me deixou até nostálgica (quem nunca fingiu que estava dormindo pra escutar uma conversa, haha). Que bom poder conhecer essa série, parece deliciosamente divertida, quando minha sobrinha for um pouquinho maior, vou adquirir essa série para ela.

Resposta
Clayci 6 de novembro de 2018 at 17:26

ahhh que bom saber disso *_*

E SIMMM
Eu sempre descobria qual seria meu presente, quando fingia dormir huahauhuah
Mas acho que isso era intencional da parte dos meus pais mesmo hauhauha

Resposta
Dayhara Ribeiro Martins 4 de novembro de 2018 at 22:46

Acho que só as fotos do post seriam suficientes para me conquistar, de verdade! Eu adorei as capas das obras, de verdade, e espero poder comprar para o meu irmão, sei que ele vai amar!

Resposta
Clayci 6 de novembro de 2018 at 09:34

Muito obrigada *_*

Resposta
Paac Rodrigues 2 de novembro de 2018 at 19:33

Eu adoro livros infantis justamente por isso, eles estimulam as crianças tanto na area cognitiva, como social e comportamental, e acho de suma importância esses estímulos na fase de crescimento.

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:36

Muitoo <3

Resposta
Renata Prado 1 de novembro de 2018 at 18:33

Nossa nunca tinha ouvido falar desses livros. Parece ser um otimos para trabalhar com as minhas crianças. Vou da uma pesquisada mais a fundo sobre, quem sabe não consigo elaborar um projeto legal sobre esse livros para o pré-escolar

http://www.luartico.com/

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:35

Ahhhh espero que curta <3

Resposta
Leidiana Pereira 1 de novembro de 2018 at 14:06

Gostei da sua postagem, você até me convenceu um pouco a comprar esse livro, deve ser bem divertido e fazer bem para nossa imaginação e criatividade.
Vou só esperar receber para comprar. hehe
Beijos. ?
Diário da Lady

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:35

Fico feliz em saber disso =)
Obrigada e espero que curta *_*
Beijos

Resposta
Priih 1 de novembro de 2018 at 09:34

Oi Clayci, tudo bem?
Não conhecia, mas achei uma ótima dica para introduzir o hábito da leitura.
Beijos,

Priih
Infinitas Vidas

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:32

Obrigada Priih
Beijos

Resposta
Lury 1 de novembro de 2018 at 01:39

Olá Clayci!
Adorei a dica e vou guardá-la pra quando meu pequeno tiver maior conforto mas se bem que me deu vontade de ler também RS
Abraços!

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:31

Ahhh ctza que vc dará risada junto hahahah

Resposta
Lizzie 31 de outubro de 2018 at 17:48

Super me identifiquei com você, eu sempre quis ter uma casa na árvore mas como não tinha arvore para tal e nem espaço fizeram uma de madeira no quintal mesmo rsrs também saia pegando as coisas para mobilar a minha humilde casinha KKKKK mae ficava arretada também KKKKKKKKKKKK bons tempos ?
Eu ainda não conhecia essa série mas achei muito interessante, se eu tivesse alguma criança por perto concerteza compraria e iria me divertir muito concerteza rs ? Acho super importante começar a estimular a leitura de crianças.. Ler é ótimo ?

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:26

Muito obrigada Lizzie <3

Resposta
Larissa Dutra 31 de outubro de 2018 at 14:01

Olá, tudo bem? Caramba, essa série parece ser realmente incrível. Meu irmão adora ler, porém quando o livro é um pouquinho maior ele já fica com receio de ler, porém tenho certeza de que ele vai gostar desses livros, já que você disse que são tão maravilhosos. Com certeza vou comprar para lermos juntos!

Beijos,
Duas Livreiras

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:25

As ilustrações fazem com que eles nem sintam a quantidade das páginas =)

Resposta
Bruna Morgan 31 de outubro de 2018 at 11:57

ai, meu deus, agora fiquei morrendo de vontade de comprar para as minhas priminhas! *o*

Resposta
Bruna Morgan 31 de outubro de 2018 at 11:56

ai, meu deus, fiquei morrendo de vontade de comprar pras minhas priminhas! *O*

Resposta
Rebeca 31 de outubro de 2018 at 01:30

Oii Clayci!! Muito boa indicação de livro!! E veio numa hora boa, porque em breve nos organizamos pra compra de natal. Acho importante os livros infantis estimularem a criatividade, mas também transformar temas de brincadeiras em livro. Eu não tive casa na árvore, mas eu brincava de cabaninha com lençol HAHAHAHA Boa indicação, eu ainda não tinha ouvido falar! Beijos

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:25

Muito obrigada <3

Resposta
Jaqueline reis 31 de outubro de 2018 at 00:10

Que demais! Não conhecia a série e meu sobrinho ama series assim. Como estou incentivando que ele leia cada vez mais, com certeza irei comprar esta serie para ele é ler junto porque eu fiquei super curiosa também haha.

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:21

Muito obrigada *_*

Resposta
Fernanda Santos Barroso 30 de outubro de 2018 at 21:14

Oi, Clayci!
Eu lembro de ter visto esse livro por aí e fiquei curiosa sobre ele, mas acabei esquecendo. Tento sempre trazer livros divertidos para minha irmã, já que ela está entrando no mundo da leitura agora. Adorei a dica e algo me diz que ela, que vive pedindo uma casa na árvore para meu pai, vai amar esses livros!
Abraços

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:19

Como fico feliz e, saber disso =)
torcendo pra ela curtir a série

Resposta
Thami Sgalbiero 30 de outubro de 2018 at 18:54

Meu sonho ter uma casa na árvore! Mas como eu não podia ter, só subia nas árvores e ficava lá em cima pra me esconder no pique esconde ou ficar observando a vista mesmo, hahaha! Ou pra roubar amoras da árvore do vizinho, mas enfim… hahahaha! Gostei dessa série de livros completa pra criança, ainda mais por ter ilustrações e mesmo assim incentivar a leitura. Um verdadeiro combo! Eu sempre fico na dúvida de qual livro dar de presente pra crianças, aí acabo escolhendo uns com umas histórias bem boas e chatas, hahaha! Essa dica salvou!

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:17

hahahha lembro que quando tentei subir em uma, fui parar no chão e fiquei dias sem conseguir andar.
MAS não me arrependi ahuahuhuahuahuha

Resposta
Sabrina Santiago 30 de outubro de 2018 at 17:29

Clayci, assim como você não fui muito estimulada a ler quando criança. Meus pais me incentivavam como podiam, em sua cultura e contexto. Felizmente, fui me interessando por livros com o tempo, sozinha mesma, e desenvolvi um verdadeiro amor por eles. Adorei conhecer essa série… Que parece tão boa para os pequenos e tão nostálgica e encantadora para, nós, os crescidos. Obrigada, querida ?

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:10

Eu que agradeço por esse comentário lindo.
Beijos

Resposta
Ana 29 de outubro de 2018 at 23:27

Ainda não conhecia esses livros, mas parecem incríveis! Tenho sobrinhos de coração que amam ouvir histórias, essa parece uma ótimo opção. Sem falar que seu post foi muito didático , parabéns! Eu adorei.

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:10

Obrigada, Ana <3

Resposta
Ana Rita Nascimento 29 de outubro de 2018 at 19:31

Não conhecia, mas parece uma excelente opção para a pequenada!
Beijinho, Ana Rita*
BLOG: http://www.margheritablog.com/ || INSTAGRAM: https://www.instagram.com/rititipi/ || FACEBOOK: https://www.facebook.com/margheritablog/

Resposta
Ane Reis 29 de outubro de 2018 at 18:17

Oie Clayci =)

Parece ser uma leitura maravilhosa para nós “adultos” e principalmente para os pequenos. Confesso que casa na árvore nunca foi meu sonho de consumo infantil porque sempre tive problemas com altura, mas um balança na árvore era uma das coisas que eu achava mais legal quando era criança.

Adorei a dica! Vou passar ela para os meus amigos que têm filhos pequenos e quintal grande para fazer uma casa na árvore.

Beijos;***
Ane Reis | Blog My Dear Library.

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:05

Engraçado Ane, quando eu era criança não tinha medo e adquiri esse medo depois de velha hahah
morro de medo de altura, encaro, mas com medo mesmo rs

Resposta
Annie Fontoura 29 de outubro de 2018 at 17:33

Amei muito!!! Vou por na lista pra comprar pro meu filho.
Eu lia muito quando era criança. Minha mãe odeia ler e tinha medo que eu fosse ser assim então me enchia de livros hahaha. Acho que toda criança ama casas na árvore. eu também nunca tive uma porque meu pai tinha medo que entrassem na casa pela casa da árvore já que a árvore no pátio é muito próxima da casa.
Nerd Fox

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:04

Minha mãe também não gosta de ler não hahahahah
Aqui em casa só eu mesmo (e meus sobrinhos agora rs)

Resposta
Karini Couto 29 de outubro de 2018 at 11:27

Tudo bem?
Não, eu nunca tive uma casa na árvore. Mas sempre achei a ideia incrível! Em casa eu fazia cabanas com lençóis presos à cadeiras e dava um jeitinho de ter um lugar especial. Minha mãe sempre foi muito organizada, então qualquer coisa fora da ordem incomodava, mas ela me permitia alimentar a imaginação em um espaço específico da casa.

Realmente ter uma casa da árvore seria um sonho.

A série de livros “A casa na árvore” parece incrível mesmo.

Também não tive incentivo à leitura enquanto criança, mas eu sempre “roubava” livros da minha tia e mãe escondidos, não que eles fossem de ler com frequência, mas tinham em posse alguns clássicos, outros romances de bancas, e alguns autores como o Sheldon é a Agatha Cristies…

Bom, fico feliz que a forma como lidou com os desafios da sua infância tenham te fortalecido e ajudado de certa forma.
Também conversava muito com minhas bonecas, fui criada mais sozinha, minhas primas não estavam sempre por perto e eram mais velhas, como fui filha única, não tinha casa cheia e nem que dividir espaço ou brigar por ele.
Ainda assim, foram preciosos os dias em que eu passei brincando horas a fio, ou inventando receitas mirabolantes para minha mãe fazer.. E ela sempre dava um jeito de meu desejo se realizar.

Dá até certa nostalgia lembrar de alguns momentos doces da infância.
Nem todos foram de alegrias, mas tenho muitos momentos memoráveis para trazer comigo na lembrança.

Beijos, e como sempre excelente post.
Vou dar uma olhada nos livros indicados e ver se interessaria a minha filha, que já tem um estilo próprio de leitura.

Beijos.
Além das Páginas

Resposta
Karini Couto 29 de outubro de 2018 at 11:26

Tudo bem?
Não, eu nunca tive uma casa na árvore. Mas sempre achei a ideia incrível! Em casa eu fazia cabanas com lençóis presos à cadeiras e dava um jeitinho de ter um lugar especial. Minha mãe sempre foi muito organizada, então qualquer coisa fora da ordem incomodava, mas ela me permitia alimentar a imaginação em um espaço específico da casa.

Realmente ter uma casa da árvore seria um sonho.

A série de livros “A casa na árvore” parece incrível mesmo.

Também não tive incentivo à leitura enquanto criança, mas eu sempre “roubava” livros da minha tia e mãe escondidos, não que eles fossem de ler com frequência, mas tinham em posse alguns clássicos, outros romances de bancas, e alguns autores como o Sheldon é a Agatha Cristies…

Bom, fico feliz que a forma como lidou com os desafios da sua infância tenham te fortalecido e ajudado de certa forma.
Também conversava muito com minhas bonecas, fui criada mais sozinha, minhas primas não estavam sempre por perto e eram mais velhas, como fui filha única, não tinha casa cheia e nem que dividir espaço ou brigar por ele.
Ainda assim, foram preciosos os dias em que eu passei brincando horas a fio, ou inventando receitas mirabolantes para minha mãe fazer.. E ela sempre dava um jeito de meu desejo se realizar.

Dá até certa nostalgia lembrar de alguns momentos doces da infância.
Nem todos foram de alegrias, mas tenho muitos momentos memoráveis para trazer comigo na lembrança.

Beijos, e como sempre excelente post.
Vou dar uma olhada nos livros indicados e ver se interessaria a minha filha, que já tem um estilo próprio de leitura.

Beijos.

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:03

Obrigada Karini =)

Resposta
Karine Fernandes 29 de outubro de 2018 at 11:09

Bem legal a sua animação e claro suas indicações para uma leitura infantil, mas eu não tenho crianças no meu ciclo nem para indicar, mesmo assim gostei de conferir seus motivos, obrigada por ela.

Beijos

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2018 at 11:03

Obrigada Karine =)

Resposta
Lívia Madeira 29 de outubro de 2018 at 08:35

nossa, eu nunca tinha ouvido falar nessa serie e já achei mt legal, incrível e magica, fiquei querendo comprar pra minha irmazinha

http://www.tofucolorido.com.br
http://www.facebook.com/blogtofucolorido

Resposta
Clayci 29 de outubro de 2018 at 17:59

Ahhh compra sim *_*
Certeza que vcs vão se divertir juntas.

Resposta

Deixe um comentário

* Seu comentário irá para aprovação

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE