Voldemort: A Origem do Herdeiro 26 170

Sempre me empolgo quando aparece algum lançamento relacionado ao mundo de Harry Potter – anda mais quando é algo criado pelos fãs. Quando soube que sairia a produção independente de Voldemort: A Origem do Herdeiro, fiquei ansiosa (como todos os potterhead). Sonserina é a minha casa e finalmente teríamos uma história sobre Tom Riddle. Porém me decepcionei um pouco quando vi que não teve muita coisa, além do que já conhecia.

O filme inicia com Grisha Mclaggen (Maddalena Orcali) invadindo uma base russa, tentando roubar um objeto misterioso. Mas logo em seguida é capturada, então descobrimos que sua real motivação e a história por trás desse objeto procurado. Grisha compartilha o passado de Tom Riddle (Stefano Rossi).

Antes de continuar preciso ressaltar que achei o ator escolhido para viver o lorde das trevas lindo. Agora voltando com a programação normal, será através de flashbacks que a história irá se desenvolver. Grisha nos levará para uma antiga Hogwarts, em uma época em que Tom Riddle já estava em busca de grandeza.

Voldemort: A Origem do Herdeiro
Voldemort: A Origem do Herdeiro

É claro que eu não esperava uma grande produção, até mesmo por causa do valor investido no projeto. Por isso não me preocupei em assistir o filme avaliando efeitos, quis apenas curtir a trama e a dedicação dos fãs. Todavia teve algumas coisas que me incomodaram bastante e olha que nem trabalho na área e nem sei analisar um roteiro de forma profissional.

São cinquenta minutos de história. mas senti que tudo poderia ter sido contado em menos de trinta. Fiquei um pouco entediada e não via a hora de chegar ao fim. A dublagem me irritou bastante, pois comecei a prestar atenção nos lábios do atores ao invés de curtir o filme. E o tédio só aconteceu porque não teve reviravoltas. São 50 minutos de narrativa, flashbacks e de pouca ação.

Não irei falar mal da atuação, visto que gostei do elenco. No entanto, poderiam ter diminuído a quantidade de closes, principalmente em momentos em que deixava claro que era necessário a presença e a reação de outros personagens no quadro. Também fiquei um pouco confusa com as magias, pois tudo tinha cor e brilho… Eu sei que estamos falando de um mundo mágico, mas achei desnecessário esse excesso de efeito.

Voldemort: A Origem do Herdeiro
Voldemort: A Origem do Herdeiro

Mesmo assim é um filme que recomendo para os fãs. Ele pode ser amador, mas entrega o verdadeiro amor dos fãs por um mundo tão incrível. Você já assistiu?

ASSISTA VOLDEMORT: A ORIGEM DO HERDEIRO

Comentários

Comentários

Existe uma frase que consegue me descrever perfeitamente bem: “Quando acordei hoje de manhã, eu sabia quem eu era, mas acho que já mudei muitas vezes desde então“ (Alice no País das Maravilhas). Sou uma taurina que gosta de mudanças, estranho né?! Sempre gostei de fazer parte do que não conheço e nunca tive medo de arriscar naquilo que acredito. Sou Whovian, Sherlockian, Slytherin e Nintendista. Apaixonada por fotografia, livros, roedores, toys e miniaturas.

26 Comments

  1. Não conhecia o filme e infelizmente como nunca consegui gostar de HP passo a dica, mas adorei sua resenha crítica, muito bem escrita.
    Fiquei aqui pensando kkkkkk eu pensei que só eu ficava prestando atenção na boca dos personagens do que no filme quando dublado kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Adorei o post.

  2. Oi! Eu assisti esse filme sem nenhuma expectativa. Os herdeiros das casas estudando na mesma época até que foi bem sacado, afinal é uma fanfic, e como não foi bem contado como foram esse período dele na escola na saga HP, até vai. Senti apenas que faltou algo a mais. Achei meio fraquinho. Não foi tão ruim, mas não foi tão agradável. Achei que podiam ter explorado mais sobre o tio Voldy 🙁
    Beijos!

  3. Oi, tudo bem?
    Primeiramente, preciso dizer que concordo com você sobre o ator que escolheram para o papel do Voldemort. Inclusive, adoraria vê-lo em outros filmes.
    Admito que acabei perdendo o interesse em assistir esse filme logo que soube o enredo. Não pela parte técnica, porque entendo que é um filme feito por fãs e com um baixo orçamento. Porém, essa história do Tom Riddle convivendo com herdeiros das outras casas de Hogwarts já me irritou de saída. Não faz sentido nenhum e quase questiono se os fãs que fizeram o filme realmente leram os livros hahaha.
    Beijos!

  4. Oi Clayci, tudo bem!
    Adorei o filme, mas eu acho que faltou alguma coisa, tipo explorar mais o enredo não sei te dizer, talvez por causa da expectativa do filme me deixou um pouco com gostinho de quero mais kkkk, parabéns pela resenha. Bjs!

  5. Oi
    Então não sou mega fã de Harry Potter então não acompanho muito como você, porém já ouvi falar desse livro. Fico triste que ele te decepcionou em vários aspectos mas tendo pouco orçamento é compreensível que não seja tão bem feito. Ainda quero assistir algum dia só não está na minha lista do momento.
    Beijo
    Raquel Machado
    Leitura kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com

  6. Eu achei incrível a iniciativa do projeto, o trabalho de efeitos especiais e fotografia estão muito bons se levarmos em consideração o orçamento. Porém achei que o roteiro deixou a desejar. Esperava que Voldemort: A Origem do Herdeiro nos contasse mais sobre a vida Tom Riddle.

  7. Eu vi todo mundo falando sobre, mas parece às vezes que eu vivo no mundo da lua e esqueci completamente de assistir esse filme. Se post foi basicamente um aviso para isso.
    É uma pena que o filme não tenha te agradado tanto, irei assistir e volto para comentar o que achei também.
    De qualquer forma, é muito bom saber que os fãs conseguiram produzir um longa amador.

    Um beijo!

  8. Oi, tudo bem? Eu sou potterhead, mas não tive muito interesse no filme. Na verdade, eu estou bem afastada desse universo (especialmente depois das últimas da Rowling). Uma pena que o filme deixa a desejar, também não gosto de enredos que se prolongam quando poderiam muito bem enxugar cenas. Também não sou muito fãs de cenas fechadas, começa a me agoniar.
    Achei as suas fotos maravilhosas! <3

    Love, Nina.
    http://www.ninaeuma.blogspot.com

  9. Claro que me empolguei quando li sobre essa produção, mas confesso que acada nova resenha di filme que leio me desanimo mais. Todos concordam que foi meio arrastado em meio a tantas narrativas, sem dizer que parece ter alguns furos no enredo, como herdeiros de casa que não tinha herdeiros. Como eu não assisti não sei, mas estou bem curiosa.

    Beijos.

  10. Oii Clayci tudo bem?
    Fiquei bem interessada em assistir esse filme, até agora só vejo post relacionados a eles, e sei que para mim será uma boa pedida, gosto muito do Voldemort e adorei saber a sua opinião.
    Bjs

  11. Um dos livros de HP que eu mais gosto é o sexto justamente por contar um pouco mais da história de Voldemort. Tipo no livro todo mundo fala que Tom era um menino muito encantador e que também era muito bonito quando jovem…Então de fato tenho que concordar com você que o ator que o interpretou é bem bonito mesmo HAHAHAHA Quero ver o filme, mas detesto coisas dubladas e aí fico meio agoniada só de pensar em assistir dublado. E tenho um carinho por ter sido feito por fãs, mas agora estou meio temerosa de ver. De qualquer forma, é um presente de fãs para fãs e é muito legal que tenha sido criado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE