Um gato de rua chamado Bob – James Bowen 6 123

Um gato de rua chamado Bob;
I.S.B.N:9788581634579;
Páginas: 208;
Autor: James Bowen;
Editora: Novo Conceito;
Avaliação: 
Sinopse: James é um músico de rua lutando para reerguer-se. Bob É Um Gato de Rua à procura de um lugar quente para dormir. Quando James encontra Bob no corredor de seu prédio, não tem ideia do quanto sua vida está prestes a mudar. Ele, despretensiosamente, cuida de Bob e, depois, permite que o gato siga seu caminho, imaginando que nunca o verá novamente. Mas Bob jamais o abandonaria… “Um Gato de Rua Chamado Bob” é uma sensação internacional, permaneceu na lista dos mais vendidos na Inglaterra por 52 semanas consecutivas e foi publicado em 26 países ao redor do mundo. Uma história comovente de superação sobre uma improvável amizade entre um homem e o gato que o adotou e transformou sua vida completamente.

*Livro cedido em parceria com a editora

Adotar um gato não estava nos meus planos! Não faz muito tempo que adotei a Mishu, mas posso dizer com toda a certeza do mundo que não fui eu que a escolhi. Foi ela que me escolheu e deve ser por este motivo que me identifiquei muito com a história do James. Claro que a história dele é bem diferente da minha, afinal ele passou por várias fases ruins até encontrar um meio de sobrevivência nas ruas, porém quando ele narrou o encontro dele com Bob fez com que lembrasse do dia em que encontrei minha pequena Mishu. Não sei dizer se era ela que estava precisando de mim, mas tenho certeza que eu estava precisando de alguém como ela.

Em Um gato de rua chamado Bob nós conhecemos a história e a relação entre James e o seu gato. Para ser mais exata, nós conhecemos James antes do Bob e depois dele. James teve uma infância conturbada e cresceu se sentindo solitário. Ele se envolveu com drogas e cometeu pequenos furtos até parar na reabilitação.

James já estava em tratamento quando encontrou o pequeno Bob. E foi no gato que ele encontrou forças para continuar e melhorar a sua vida. Bob acabou conquistando o coração de todos que cruzaram o seu caminho, bom pelo menos o da maioria. No livro conhecemos também o lado ruim do ser humano. James teve que lidar com preconceito e já foi acusado várias vezes; e por trabalhar na rua não atraia bons olhares.

Ele tinha tudo para desistir e voltar para as drogas, mas Bob foi o principal motivo de mantê-lo confiante e pronto para enfrentar todos os problemas. Me emocionei em várias cenas e me senti orgulhosa por saber que também tenho uma pequena que me dá força todos os dias.

Um gato de rua chamado Bob é um livro que vale a pena ser lido.

Beijos

Comentários

Comentários

Existe uma frase que consegue me descrever perfeitamente bem: “Quando acordei hoje de manhã, eu sabia quem eu era, mas acho que já mudei muitas vezes desde então“ (Alice no País das Maravilhas). Sou uma taurina que gosta de mudanças, estranho né?! Sempre gostei de fazer parte do que não conheço e nunca tive medo de arriscar naquilo que acredito. Sou Whovian, Sherlockian, Slytherin e Nintendista. Apaixonada por fotografia, livros, roedores, toys e miniaturas.

6 Comments

  1. Eu tenho esse livro e até fiz resenha. O meu é de uma edição anterior, quando acho que ainda nem estavam cogitando fazer o filme.
    A união de Bob e James é muito amor! É um livro lindo e muito apaixonante.
    Tô super curiosa pra ver o filme.
    Beijo

  2. Sabe Clayci, essa sua postagem me fez lembrar do gatinho que eu tinha. Uma noite ele apareceu lá em casa, do nada. Lembro de ter entregado o meu sanduíche a ele. Ele comeu todinho. Depois desse dia ele sempre esteve por perto e presenta em vários momentos que eu precisava. Não fui eu quem escolheu ficar com ele mas ele que escolheu ficar comigo. ^^
    A sua Mishu deve ser uma gatinha muito especial. ^^ Acredito que tenha sido bastante agradável ler este livro e lembrar de seus momentos com ela. Provavelmente, quando eu ler este livro, irei me lembrar dos vários momentos que vivi com o meu gatinho. ^^
    Adorei a resenha. =]
    Beijinhos ?

  3. Esse livro tá na minha listinha há um tempo e preciso de tempo para lê-lo, um amigo recomendou e como sou a louca dos gatos fiquei mega ansiosa para lê-lo.
    Ótima resenha e fico muito feliz que a Mishu tenha adotado você (parece que é esses bichinos que adota a gente, né?)

    Born in 1996

  4. Pensei que já estava resenhando o filme quando olhei a miniatura! Não sabia que ja tinha esse livro com a capa do filme!
    Eu li há um tempão, tenho os 3 livros dele, não sei se tem mais; É maravilhoso, lindo! Amo gatos né e me emocionei com a história! *-*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE