Um gato de rua chamado Bob;
I.S.B.N:9788581634579;
Páginas: 208;
Autor: James Bowen;
Editora: Novo Conceito;
Avaliação: 
Sinopse: James é um músico de rua lutando para reerguer-se. Bob É Um Gato de Rua à procura de um lugar quente para dormir. Quando James encontra Bob no corredor de seu prédio, não tem ideia do quanto sua vida está prestes a mudar. Ele, despretensiosamente, cuida de Bob e, depois, permite que o gato siga seu caminho, imaginando que nunca o verá novamente. Mas Bob jamais o abandonaria… “Um Gato de Rua Chamado Bob” é uma sensação internacional, permaneceu na lista dos mais vendidos na Inglaterra por 52 semanas consecutivas e foi publicado em 26 países ao redor do mundo. Uma história comovente de superação sobre uma improvável amizade entre um homem e o gato que o adotou e transformou sua vida completamente.

*Livro cedido em parceria com a editora

Adotar um gato não estava nos meus planos! Não faz muito tempo que adotei a Mishu, mas posso dizer com toda a certeza do mundo que não fui eu que a escolhi. Foi ela que me escolheu e deve ser por este motivo que me identifiquei muito com a história do James. Claro que a história dele é bem diferente da minha, afinal ele passou por várias fases ruins até encontrar um meio de sobrevivência nas ruas, porém quando ele narrou o encontro dele com Bob fez com que lembrasse do dia em que encontrei minha pequena Mishu. Não sei dizer se era ela que estava precisando de mim, mas tenho certeza que eu estava precisando de alguém como ela.

Em Um gato de rua chamado Bob nós conhecemos a história e a relação entre James e o seu gato. Para ser mais exata, nós conhecemos James antes do Bob e depois dele. James teve uma infância conturbada e cresceu se sentindo solitário. Ele se envolveu com drogas e cometeu pequenos furtos até parar na reabilitação.

James já estava em tratamento quando encontrou o pequeno Bob. E foi no gato que ele encontrou forças para continuar e melhorar a sua vida. Bob acabou conquistando o coração de todos que cruzaram o seu caminho, bom pelo menos o da maioria. No livro conhecemos também o lado ruim do ser humano. James teve que lidar com preconceito e já foi acusado várias vezes; e por trabalhar na rua não atraia bons olhares.

Ele tinha tudo para desistir e voltar para as drogas, mas Bob foi o principal motivo de mantê-lo confiante e pronto para enfrentar todos os problemas. Me emocionei em várias cenas e me senti orgulhosa por saber que também tenho uma pequena que me dá força todos os dias.

Um gato de rua chamado Bob é um livro que vale a pena ser lido.

Beijos

Comentários

Comentários