Sete Minutos depois da Meia-Noite;
I.S.B.N: 9788581638249;
Páginas: 160;
Autor: Patrick Ness;
Editora: Novo Conceito
Avaliação: 
Sinopse: Conor é um garoto de 13 anos e está com muitos problemas na vida.
A mãe dele está muito doente, passando por tratamentos rigorosos. Os colegas da escola agem como se ele fosse invisível, exceto por Harry e seus amigos que o provocam diariamente. A avó de Conor, que não é como as outras avós, está chegando para uma longa estadia. E, além do pesadelo terrível que o faz acordar em desespero todas as noites, às 00h07 ele recebe a visita de um monstro que conta histórias sem sentido. O monstro vive na Terra há muito tempo, é grandioso e selvagem, mas Conor não teme a aparência dele. Na verdade, ele teme o que o monstro quer, uma coisa muito frágil e perigosa. O monstro quer a verdade. Baseado na ideia de Siobhan Dowd, Sete minutos depois da meia-noite é um livro em que fantasia e realidade se misturam. Ele nos fala dos sentimentos de perda, medo e solidão e também da coragem e da compaixão necessárias para ultrapassá-los.

 

Siobhan Dowd escreveu vários livros voltados para o público jovem. E mesmo com sua morte, em 2007, suas obras ainda são publicadas e suas ideias ainda são transformadas em novas histórias. O livro Sete Minutos Depois da Meia-noite foi escrito por Patrick Ness, mas foi baseado nas idéias de Downd.

 

Sabe aquela história que você não dá nada por ela? Quando li a sinopse de Sete Minutos Depois da Meia-noite pensei que seria uma leitura bobinha –afinal estamos falando de um menino de 13 anos com pesadelos e o que isso tem de mais? Mas quando terminei a leitura fiquei um bom tempo olhando para o nada – com algumas lágrimas que insistiam em cair – e me perguntando o porquê da vida ser assim.

Esse foi o primeiro livro que eu li do autor e eu nem sabia da existência de outras histórias. Eu conheço o Patrick Ness por causa da série Class (um spin-off de Doctor Who) que inclusive já falei a respeito aqui. E Sete Minutos Depois da Meia-noite me prendeu de um jeito que já saí em busca de outros livros dele.

Connor é um garoto de treze anos que está enfrentando vários problemas em sua vida. Seus pais se divorciaram, ele não se dá bem com a sua avó, ele sofre bullying na escola e a sua mãe está com uma doença grave.  E se não bastasse todos esses problemas ele sofre quase todas as noites com um pesadelo terrível que não o deixa em paz.

[blockquote align=”left” author=”Sete Minutos Depois da Meia-Noite”]“Nem sempre há um mocinho. Nem sempre há um bandido. A maioria das pessoas fica no meio termo.”[/blockquote] Além de todos esses problemas que Connor enfrenta, sua vida começa a ficar um pouquinho mais complicada quando passa a receber a visita de um monstro todo dia à 00:07.  Esse monstro aparece para contar histórias, que pra ele não possui sentido algum. A aparência deste monstro não causa medo algum em Connor, mas sim o que ele quer dele: a verdade.

É claro que não vou falar qual é a verdade que o monstro espera, mas o que posso dizer é que provavelmente você vai chorar e vai sentir vontade de abraçá-lo e dizer que tudo vai ficar bem.  O livro fala sobre medo, compaixão e superação. Connor é um menino solitário e está perdendo a única pessoa que sempre esteve ao seu lado: sua mãe.

É o tipo de livro que você só sente vontade de largar quando a história termina – ou não, você pode querer ficar abraçado com o livro depois do final. Possui uma narrativa simples, começa devagar e aos poucos vai se tornando uma análise sobre a vida e de como lidamos com os nossos sentimentos.

O livro vai virar filme este ano e estou ansiosa para assistir, mas também estou com medo. Como será que é enfrentar de frente o seu pesadelo? Super recomendo a leitura!

Beijos

Comentários

Comentários