Salvation é uma série recente (2017) que está seguindo para sua segunda temporada. E apesar de seu nome, ela é algo que não tende para o religioso (vide sua tradução literal: Salvação). Se você curte uma mistura de conceitos científicos e uma situação apocalíptica no mudo, talvez até se surpreenda, assim como eu fui. Estes temas são abordados, porém a trama de Salvation vai além e põe a prova ideais, moral e ética, bem como diversos outros conflitos internos entre os personagens.

Acho que resumi bem. Mas o mote central da série está em Liam Cole, um promissor estudante do MIT (Massachusetts Institute of Technology); Darius Tanz, um expert dos negócios em tecnologia; e Grace Barrows, a porta-voz do Pentágono; e todos que estão a volta deles.

A Terra está basicamente com os dias contados quando Liam, utilizando o software que criou na universidade, descobre anomalias sistema solar, indicando a aproximação de um asteroide. Até então a NASA e o Pentágono já tinham conhecimento, pondo-o assim dentro deste segredo de Estado.

É um pouco complicado falar um pouco mais sobre o que vi. Os fatos se mesclam e se sobrepõe de tal maneira em cada um dos núcleos (Liam, Darius e Grace) e os subnúcleos a partir destes que, dependendo do que disser, seria um spoiler. Estragaria a surpresa. Eu, por exemplo, senti a vontade de ver um episódio atrás do outro, e nem sou o louco das maratonas da Netflix. Gosto de ver aos poucos! Então, imagine. O episódio terminava e queria logo saber como aquela situação se desenrolaria.

O que me agradou

Gostei bastante dos diálogos, tanto os científicos como os de relacionamento das personagens. Creio que foi bem escrito e ainda fiquei de averiguar se os científicos tem algum fundo de verdade. Ao menos na teoria. As ideias que surgem para evitar a queda do asteroide, por exemplo, se aqueles conceitos existem na nossa realidade ou se são sci-fi.

Em termos de cenas, takes e fotografia também acredito que tenha conseguido transmitir as energias dos momentos. Assim como alguns mistérios que estão coçando para serem desvendados e com os quais estou louco para saber a resposta.

Na minha opinião vale a pena dar uma chance para esta série, que já terá sua segunda temporada sendo transmitida no meio deste ano.

E aí o que acham?  Irão dar uma olhada pelo menos no primeiro episódio?

Comentários

Comentários