Quadrinhos Resenhas Literárias

Repeteco: Bryan Lee O’ Malley

Repeteco;
ISBN: 9788535928129;
Páginas: 336;
Autor: Bryan Lee O’ Malley;
Editora: Quadrinhos na Cia.;
Avaliação: 
Sinopse: A vida de Katie vai muito bem. Ela é uma chef talentosa, dona de um restaurante de sucesso e com grandes planos para a vida. De repente, em um único dia ela perde uma grande chance de negócios, sua paquera com um jovem chef azeda, sua melhor garçonete se machuca e um ex-namorado charmoso aparece para complicar ainda mais a situação. Quando tudo parece perdido e Katie já não enxerga mais uma solução, uma misteriosa garota aparece no meio da noite com a receita perfeita para uma segunda chance. E assim, Katie ganha um repeteco na vida e precisará lidar com as consequências de suas melhores intenções.

Se você tivesse a chance de voltar no tempo para corrigir um erro, você voltaria? E se você descobrisse que poderia corrigir sempre que quisesse? Tentador, não?

Katie está insatisfeita com a sua vida. Ela é uma chef de cozinha talentosa, mas quer “mais“. Ela criou um restaurante há alguns anos atrás – junto com os amigos – chamado Repeteco. Entretanto com o passar dos anos, cada um foi seguindo o seu caminho e ela ficou sozinha com uma nova equipe. Acontece que ela não queria mais o Repeteco, ela queria ter seu próprio negócio e até já escolheu o lugar. Mas o prédio escolhido precisava de grandes reformas e a obra estava toda atrasada.

Para piorar o casinho que ela tem com o auxiliar de cozinha (que ela mesma treinou) está péssimo e o seu ex-namorado surge do nada, deixando-a vulnerável. E como se não bastasse essa série de acontecimentos, uma das funcionárias do Repeteco sofre um sério acidente e ela se sente culpada pelo ocorrido. Uau quanta coisa na vida de Katie, né? Todavia ela encontra uma caderneta e um cogumelo mágico que permite reescrever o passado.

Seria essa a solução dos seus problemas? Katie descobre que existem mais desses cogumelos e começa a perder o controle da sua vida. E é a partir daí ela se revela uma pessoa egoísta e impulsiva. Ela não pensava nas consequências quando alterava um fato do seu passado e o que era para ser algo inocente como “evitar o acidente com a funcionária” passou a ser algo obsessivo como “decidir seu destino” ao lado do seu ex-namorado.

Só que Katie começou a perceber que não tinha vocação para ser a “Senhora do Tempo” e que quando alterava um erro no seu passado desencadeava muitos outros. E então ela começa a correr contra o tempo para tentar fazer com que tudo volte ao normal.

Eu já citei várias vezes aqui no blog a minha paixão por Scott Pilgrim e quando soube que Bryan Lee O’ Malley criou Repeteco fiquei super ansiosa pela leitura. Se você leu Scott Pilgrim saiba que a única semelhança são os traços! Enquanto Scott era um rapaz desligado e que não pensava no futuro, Katie é o oposto e vive uma fase de transformação. E enxergamos o seu amadurecimentos de acordo com os seus erros. A HQ mostra que nada é perfeito, por mais que a gente deseje isso.

Temos que viver os altos e os baixos e encarar os problemas conforme eles forem surgindo. Somos nós que decidimos como devemos encará-los e que não devemos nos arrepender das escolhas feitas. O poder de mudar algo do nosso passado pode até soar como algo atraente, mas quem mais afetaríamos com essa escolha?

A edição está linda e a leitura é super rápida! Repeteco – até agora – foi a melhor leitura que tive este ano. Super recomendo!

 

Leia também

Mitologia Nórdica – Neil Gaiman

Diego Lorenzo

Resenha – Coraline

Clayci

Se meu cachorro falasse – Cynthia L. Copeland

Clayci

10 comentários

Grazy Bernardino 4 de maio de 2017 at 16:10

Que lindeza!!! Sabe que eu me interesse muito por histórias com chefs de cozinha? Filmes então, com aquela correria… hahahaha. Adorei Clay.

Feliz aniversário (de novo). Beijos.

Responda
Jade Amorim 4 de maio de 2017 at 01:02

Repeteco é maravilhoso! Tive a oportunidade de ler o volume de um amigo, quero muito comprar uma edição para mim!

Beijos

Responda
Bruna Lira 3 de maio de 2017 at 20:14

Olá , eu estou adorando visitar seu blog, e ler os seus posts…. São muitos legais, e interessantes…. Sempre estou passando aqui para desfrutar de seus posts…..

Parabéns !!!!

Responda
Letticia Gabriella 3 de maio de 2017 at 18:53

Aaaaah eu vi um vídeo sobre esse quadrinho esses dias e me deu uma vontade danada de ter na estante para ler <3 Achei muito bacana, tanto a temática quanto a arte mesmo! Adorei <3

Responda
Camila Faria 3 de maio de 2017 at 15:50

Que gracinha Clay! Adorei o traço e a premissa também. Tentador isso de poder ficar alterando o passado. Quero ler!

Responda
Bia Lourenço 3 de maio de 2017 at 14:02

Quero tanto essa HQ, mas o preço dela não baixa *chora em posição fetal*
Amei muito essa resenha, fiquei ainda mais interessada. A história parece ser muito original e divertida.

Beijos

Responda
Clayci 4 de maio de 2017 at 08:52

Bia eu estava na mesma que vc…
E consegui comprar na Saraiva pela metade do preço…

Responda
Sheyla - DMulheres 3 de maio de 2017 at 10:57

A-D-O-R-E-I a resenha e a história e jpa louca para ler. Gosto de leituras assim, rápidas e gostosas de ler.

Beijos,
DMulheres?Instagram?Fanpage

Responda
Marina Menezes 3 de maio de 2017 at 10:31

Achei tão bonito os traços! Adoro essas histórias sobre viagem no tempo/mudar o passado, não sei se mudaria as coisas que aconteceram, mas acho a ideia muito tentadora. É provável que se a gente fizesse isso, acabaria resultando no mesmo que acontece nos livros: em mais uma série de erros piores do que os anteriores

Responda
Clayci 4 de maio de 2017 at 08:46

Eu fiquei me perguntando tbm! Não sei se eu mudaria algo, justamente por causa das consequências. Já encarei o pior, não sei se conseguiria encarar novamente.

Responda

Deixe um comentário

* Seu comentário será enviado para aprovação.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE