Rangers: A Origem #2 – A Batalha de Hackham – John Flanagan 34 370

Rangers: A Origem #2 - A Batalha de Hackham - John Flanagan

Rangers a Origem #2 - A Batalha de Hackham

10 de 10
Livro cedido em parceria com a editora.
ISBN: 9788539507504
Páginas: 272
Autor: John Flanagan
Editora: Fundamento (Leia a amostra do livro )
Sinopse: Sob a tutela do recém-coroado rei Duncan, o reino de Araluen está em paz. Mas por quanto tempo? O ex-barão Morgarath, para escapar do castigo por sua traição, fugiu. Exilado nas Montanhas da Chuva e da Noite, ele reúne um exército de feras selvagens, os Wargals, e planeja um ataque. Qualquer passo em falso pode desencadear uma nova guerra. Os intrépidos arqueiros Halt e Crowley terão que mostrar ao rei Duncan o seu valor como guardiões. E vão enfrentar uma tarefa aparentemente impossível para descobrir os planos de Morgarath... … e definir o destino de Araluen.

Pensa em uma pessoa que está com dificuldades para iniciar este post? Não faz muito tempo que publiquei a resenha do décimo segundo livro da série Rangers Ordem dos Arqueiros aqui no blog. Quem me acompanha já deve estar cansado de ler sobre esse assunto (por favor não desista de mim). Mas é impossível deixar o trabalho do John Flangan de lado. Ainda mais quando ele insiste em publicar coisas incríveis que fazem parte do mesmo universo.

Antes de iniciar a leitura da saga Ordem dos Arqueiros, o meu primeiro contato com o autor foi através do livro “O torneio de Gorlan” que faz parte da série que vou mostrar hoje. Por se tratar de um prequel, não fiquei completamente perdida e gostei do ambiente criado pelo John. Tanto que logo de cara eu já me apaixonei pelo arqueiro Halt.

O primeiro livro de “Rangers a Origem” foi publicado em 2016 pela editora Fundamento. É uma série nova e por se tratar de um prequel, não é necessário ter lido os 12 livros anteriores. Contudo é claro que se você leu todas as histórias, irá se deliciar com as inúmeras referências presentes na trama.

SOBRE A HISTÓRIA

Rangers: A Origem #2 - A Batalha de Hackham - John Flanagan
Rangers: A Origem #2 – A Batalha de Hackham – John Flanagan

A Batalha de Hackham iniciou exatamente onde O torneio de Gorlan parou. Apesar de Morgarath ter conseguido fugir e se esconder, o reino de Araluen investiga o que ele está planejando nessa ausência. Enquanto eles procuram pistas, o castelo está bem movimentado. A rainha Rosalin está esperando um filho e esta gravidez é de risco. Como o rei Duncan está inseguro sobre o futuro de Araluen e o bem estar de sua esposa, decide afastá-la do reino. Assim ela poderá descansar e cuidar da sua gestação.

Crowley e Halt descobrem que Morgarath está com alguns aliados mortais, conhecidos como Wargals. De alguma forma, o barão, consegue controlar a mente deles e dar comandos capazes de destruir o império. E é dessa forma que ele pretende se vingar do rei Duncan.

Como ninguém do reino conhece os Wargals, Halt decide investigar e se aproximar dos inimigos para ver como eles agem. Depois de quase perder a vida, consegue descobrir uma fraqueza e então começa a pensar em como deverá usar esta informação a seu favor. A preocupação é grande, pois depois da última batalha, o rei Duncan perdeu vários aliados. Muitos dos seus seguidores morreram e outros fugiram, ou seja, ele está com um exército reduzido e não faz ideia de como irá enfrentar Morgarath.

E não são apenas os cavaleiros que estão em númenos reduzidos. Os arqueiros também estão passando por uma crise. Deveria ter 50 arqueiros na equipe, entretanto há menos que a metade. Halt é um dos arqueiros mais novos na corporação e terá que usar a sua habilidade de estratégia para ajudar a salvar o reino ao lado do seu amigo Crowley. Será que ele irá conseguir?

O QUE EU ACHEI DE RANGERS A ORIGEM – A BATALHA DE HACKHAM

Rangers: A Origem #2 - A Batalha de Hackham - John Flanagan
Rangers: A Origem #2 – A Batalha de Hackham – John Flanagan

Já estou cansada de elogiar o trabalho do autor, no entanto, é maravilhoso ver a evolução da história. Nessa nova série “Rangers a Origem” vamos nos aprofundar no passado de alguns personagens. Em Rangers Ordem dos Arqueiros, Halt está presente (assim como os demais arqueiros), mas o foco está no aprendizado do pequeno Will.

E em Rangers a origem podemos conhecer melhor o passado de Halt. Nesse período da história, Halt é novo na corporação (com apenas 18 meses de serviço), contudo terá que liderar uma equipe que presta serviços ao rei há mais de 15 anos. Sentimos a sua insegurança, o seu medo e a sua determinação.

Além de rever outros personagens que fizeram a diferença na série anterior. Já imaginou o Gilian pequeno? Ele foi aprendiz de Halt, mas antes disso salvou sua a vida lutando com um Wargal (e tinha apenas 12 anos de idade). Também vamos acompanhar o relacionamento de Halt com Pauline; a amizade que nasceu com o barão Arald; a felicidade do rei Duncan com o nascimento da princesa Cassandra e até mesmo um flashback de como ele conheceu o pequeno Will.

Sem dúvidas, este prequel foi um presente para os fãs. Por mais que a gente compreenda a relação entre os arqueiros na série anterior, nesta é possível ver como eles se aproximaram. Outra coisa que notei, foi a velocidade dos fatos. Se você leu Rangers Ordem dos Arqueiros e se incomodou com algumas cenas paradas, nessa edição você encontrará mais ação.

Estou ansiosa pela continuação da história e feliz porque finalmente poderei saber mais sobre o meu arqueiro favorito.

VEJA MAIS PUBLICAÇÕES SOBRE RANGERS

Comentários

Comentários

Existe uma frase que consegue me descrever perfeitamente bem: “Quando acordei hoje de manhã, eu sabia quem eu era, mas acho que já mudei muitas vezes desde então“ (Alice no País das Maravilhas). Sou uma taurina que gosta de mudanças, estranho né?! Sempre gostei de fazer parte do que não conheço e nunca tive medo de arriscar naquilo que acredito. Sou Whovian, Sherlockian, Slytherin e Nintendista. Apaixonada por fotografia, livros, roedores, toys e miniaturas.

34 Comments

  1. Olá!
    Acredita que eu nunca tinha ouvido falar dessa série até o momento? Eu achei bem interessante, mas ao memso tempo bem extensa, e isso me chamou muito a atenção hahaha Adorei poder conferir a sua resenha, parece ser uma obra e tanto!
    Beijos.

    1. Oi Carol <3
      É uma série um pouco antiga e não teve tanto destaque por aqui =/
      Mas ela é maravilhosa e por mais que o tamanho dela assuste, quando iniciei a leitura até esqueci do tempo hahahahah foi rápida <3

  2. Olá, tudo bem? Acredita que sempre me interessei por essas séries da editora Fundamento, mas nunca tinha lido resenha ou procurado saber mais sobre a mesma. Fiquei curiosíssima sobre ela, até por causa dos seus elogios do autor, e por se encaixar em um gênero que amo muito. Fiquei curiosa em saber o que acontece, e suas fotos estão LINDAS. Dica anotadíssima!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

  3. Gosto muito de livros de fantasia, meus alunos são loucos por essa coleção, sempre os vejo com um exemplar por perto. Acho as capas muito bem feitas e, apesar de não ter lido nem um deles, acho que vou gostar. Vejo poucas resenhas sobre esses livros e gostei muito de ler a sua.
    Beijo

  4. Oi Clayci, tudo bem? Menina, lógico que já percebi sua paixão por todo esse universo do Flanagan, você fala com paixão. Então, realmente a capa é linda, a história parece excelente, mas ainda não tem espaço na minha agenda para esses livros, porque já estou percebendo que se entrar, não sai mais…. kkkkkkk. Por enquanto evito. Beijos

    Nara Dias
    Viagens de Papel

  5. Eu gosto muito do universo e personagens de Rangers, acho bacana essa série abordar o passado dos personagens, deve ser algo bem legal de se acompanhar <3 Mas, só vou começar essa quando finalizar Rangers, o que pode demorar um pouco hahaha Meus planos é avançar pelo menos mais quatro livros esse ano! Estou confiante hahaha Beijos!

  6. Oi
    Confesso que fiquei um pouco perdida porque não conhecia o trabalho do autor. Mas é exatamente o Gênero que eu gosto e amei ver sua empolgação com a série. Com certeza a série toda foi para a minha lista (pretendo conhecer a série anterior primeiro).
    Beijos.

  7. Olá!
    A capa é muito linda, mas o gênero não me atrai pra leitura. Uma vez ou outra que acaba embarcando nessas aventuras.
    Gostei da forma como a trama foi desenvolvida, mas acho que séries tão grandes acabam desanimando muito os leitores e espero que ele consiga manter a qualidade das histórias ao longo dos livros, uma tarefa extremamente difícil.
    Espero conferir as próximas resenhas no seu blog.
    Beijos!

  8. Oiii
    Eu li só o primeiro livro da série e amei. Mas como ela é uma série loooonga e eu só tinha os ebooks, acabei não continuando, pois queria comprar os livros (coisa que nunca fiz, rs). Ainda tenho esse plano em mente.
    Adorei sua resenha. Pulei a parte da história para não pegar spoilers, mas gostei da sua opinião.
    Realmente me parece um presente para os fãs, saber mais do passado de personagens que se tornam tão queridos para nós. <3
    Agora me deu uma super vontade de ler John Flanagan <3

    Vícios e Literatura

    1. Oi Nina <3
      Ainda bem que conseguiu ebooks, pq a editora não trabalha com versão digital =/
      E seria uma mão na roda para ler no meu trajeto de ônibus.
      A série é bem extensa e assusta um pouco sim, mas a leitura é leve e rápida então nem senti o tempo passar <3

      Beijos

  9. Oi td bem?
    Adoro livros de fantasia, gosto muito de viver dentro de histórias assim! Não conhecia o autor e nem as obras mas fiquei muito curiosa para ler, parabéns pela resenha! Bjs.

  10. Eu to simplesmente apaixonada pelas fotos tiradas por você, são de uma delicadeza e de um cuidado surreal, parabéns! Eu conheço essa série e ela não faz parte do nicho que tenho o hábito de ler, no entanto, li alguns trechos e fiquei bastante curiosa, me prendeu demais a atenção. Saber que foi uma leitura agradável pra você só me deixa com mais vontade de ler.

  11. Oiii Clayci

    Essa editora tem uns livros bem bacanas, uma pena que por aqui são extremamente dificeis de encontrar ai o jeito é ler em Inglês. Achei Rangers uma série bem legal, já havia lido a resenha do primeiro acho que aqui no teu blog mesmo e me parece ser o tipo de leitura que eu curtiria embora admito que séries grandes às vezes vão me desanimando com o tempo…

    Beijos

    http://www.derepentenoultimolivro.com

    1. Realmente o tamanho assusta. Demorei muito para iniciar a leitura por causa disso, mas fiquei surpresa quando comecei a ler. Ela é leve e flui naturalmente, então nem senti o tempo passar rs.. Quando dei conta já estava no final da saga.
      Esse prequel está maravilhoso e espero que consiga ler em breve.

      Beijos

  12. Oi, Clayci! Pois é, voltei a blogar, hahaha. Tô feliz e assustada ao mesmo tempo, não sei se vou dar conta, mas eu amo isso, sabe? 😀

    Esse autor é sempre muito bem falado e lembro de já ter lido outras resenhas por aqui, inclusive tá na minha lista por causa disso. Adorei a resenha e as fotos, Clay! Poder ver personagens que amamos tanto no início de suas histórias, faz a gente entender melhor como tudo se encaixa depois, né?

    Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE