Image default
Home - Rangers #6 – Cerco a Macindaw – John Flanagan
Fantasia Fundamento Resenhas Literárias

Rangers #6 – Cerco a Macindaw – John Flanagan

Rangers #6 – Cerco a Macindaw;
ISBN:9788576768937;
Páginas: 296;
Autor: John Flanagan;
Editora: Fundamento (Compre o livro com 30% de desconto no site da editora);
Avaliação: 
Sinopse:Mesmo conseguindo salvar a vida de Orman, herdeiro do trono de Macindaw, Will ainda está longe de cumprir sua primeira missão como arqueiro de Araluen. Afinal, o castelo se encontra sob o domínio de Keren, cavaleiro renegado que mantém Alyss como prisioneira. Nem um pouco disposto a fracassar, Will põe em prática um plano para retomar o reino de Macindaw e devolvê-lo a seu legítimo senhor. Sua estratégia tem início com a contratação de um improvável “exército invasor”, formado por piratas escandinavos sobreviventes de um naufrágio. Como se a tarefa do jovem arqueiro já não fosse complicada e perigosa o bastante, a situação fica ainda pior quando uma sinistra aliança é descoberta. Uma trama secreta que almeja resultados tão grandiosos quanto terríveis, com consequências que podem chegar até Araluen. Com tantas vidas dependendo de seu sucesso e tendo o tempo como um inimigo implacável, Will parte para uma batalha que talvez não possa vencer. Sua esperança e seu espírito, entretanto, estão mais fortes do que nunca. Principalmente após o inesperado retorno de um certo Cavaleiro da Folha de Carvalho.

*Livro cedido em parceria com a editora.

– A vida fica mais difícil à medida que se envelhece?
– (…) A vida sempre consegue ajeitar as coisas. É só ter paciência.

Quando resenhei o quinto livro (Feiticeiro do Norte) da série, disse que estava admirada com o amadurecimento do arqueiro Will. Finalmente ele concluiu o seu treinamento com o Halt e recebeu a folha de carvalho junto com sua primeira missão. Está certo que ele não teve sucesso no livro anterior, mas em Cerco a Macindaw tivemos um desfecho e percebemos como o jovem arqueiro aprendeu com êxito a planejar ao lado do seu mentor.

Está certo que algo ficou pendente nessa história, né? Mas posso deixar claro que não é nada que ameace Araluen e da forma que o livro terminou sabemos que essa questão será resolvida em breve. Will e Alyss estão mais próximos do que nunca e está cada vez mais difícil omitir o sentimento entre eles. Se no livro anterior tivemos alguns momentos de flerte, nesse o autor deixou claro que não é uma paixoãozinha qualquer.

Mas voltando ao foco da história em “Cerco a Macindaw” temos como destaque os personagens Will e Horace e percebemos que a amizade entre eles prevalece apesar de alguns momentos de tensão. Halt ficou de fora (na verdade todos os arqueiros que estamos acostumados a ver na história ficaram de fora dessa vez) e o destaque foi todo para os jovens. No livro anterior tivemos uma tensão com os acontecimentos e isto serviu para mostrar quem eram as pessoas certas para se confiar. Já neste livro, com tudo esclarecido, o objetivo é desmascarar a pessoa que estava causando todo esse estresse na região.

[blockquote align=”left” author=””]Pense em um resultado positivo e você terá sucesso. Deixe a dúvida entrar em sua mente, e a dúvida vai se tornar realidade.[/blockquote]Os jovens se juntaram aos escandinavos (os poucos que sobraram) para invadir o castelo e revelar a verdade e os planos de Keren. Alyss continua sendo sua refém e está presa na torre, porém mesmo longe dos seus amigos ela deu um jeito de ajudá-los a desmascarar o falso “rei”.

Vou parando por aqui porque estou com dificuldades de contar sobre a história e evitar os spoilres, contudo preciso dizer que admiro cada vez mais o autor. Em todos os livros da série, John Flanagan ensina algo sobre a vida e ficamos refletindo sobre esta lição. E até agora “Feiticeiro do Norte” e ‘Cerco a Macindaw” são os meus favoritos porque nele temos vários assuntos que merecem ser destacados e discutidos.

A história fala sobre amizade, lealdade, amor, respeito ao próximo, traição e consequências. Todo um mistério que prende a nossa atenção e com personagens descontraídos e com um humor capaz de causar risos. Eu gostei muito do desfecho e sentirei saudades de alguns personagens (torcendo para que eles apareçam novamente). Agora estou ansiosa para iniciar a leitura do sétimo livro e pensando em como Will vai se declarar (ops… boca fechada).

 

Não conhece a série Rangers?
Resenha do 1º livro: Ruínas de Gorlan;
Resenha do 2º livro: Ponte em chamas;
Resenha do 3º livro: Terra do Gelo;
Resenha do 4º livro: Folha de Carvalho;
Resenha do 5º livro: Feiticeiro do Norte;

Beijos

Leia também:

Os Condenados – Andrew Pyper

Clayci

Sobre a atualização do LEV

Clayci

Brotherband #3: Os caçadores – John Flanagan

Clayci

16 comentários

Michele Lopez 5 de abril de 2017 at 16:23

Olá,
Essa é uma série que desejo muito ter em minha estante e fazer a leitura.
Isso porque gosto muito do gênero, as capas me encantam e a premissa é bem interessante já que nunca li nada que tivesse como protagonista arqueiros.
Adorei saber que Will amadurece bastante e que nesse volume o foco é nos jovens.

LEITURA DESCONTROLADA

Resposta
Clayci 13 de abril de 2017 at 14:57

Oi michele!!
Assim que puder dar uma chance, aproveita.
Adoro a série

Beijos

Resposta
Kemmy 4 de abril de 2017 at 23:32

Oii! Acho que não conhecia a série… embora trate de temas importantes e conte com humor (amo!), estou fugindo de coleções, duologias e afins, pois tenho muitos livros únicos para ler
Gostei desse quote sobre a vida! De fato, uma hora tudo se ajeita 🙂

Resposta
Lilian Farias 2 de abril de 2017 at 11:34

Tem livros que se a gente não parar de falar, acaba dizendo muito, te entendo. Essa série é visivelmente juvenil e “amizade, lealdade, amor, respeito ao próximo, traição e consequências’ são temáticas pertinentes.

Resposta
Gisele 30 de março de 2017 at 10:58

Olá,
Eu ainda não conhecia a série, mas gostei da sua resenha e dos princípios que o livro envolve, gosto quando nos trás reflexões sobre valores que parece estarem se perdendo em nossa sociedade. Vou procurar saber mais a respeito e ler as resenhas dos outros livros da série.
Beijos
Resenha de Peça-Me o Que Quiser

Resposta
Vickawaii 30 de março de 2017 at 10:28

Eita, tu já tá no sexto livro! Não sei como funciona a parceria com a editora, mas imagino que você escolha os livros, não? Se é assim, essa série deve ser boa mesmo (:

Beijos, Vickawaii
http://www.neverland.com.br

Resposta
Clayci 3 de abril de 2017 at 18:52

hahahah simmm
a editora me deixa escolher as leituras do mês, por isso aproveito ..
Minha meta é terminar essa série ainda esse ano

Resposta
Letticia Gabriella 30 de março de 2017 at 10:09

Cada vez que você lança uma resenha nova dessa série eu fico morrendo de vontade de começar a ler. Mas aí eu olho pra estante e bate aquele desânimo porque ela é enorme e eu tô soterrada de livros para ler hahahaha Um beijo :*

Resposta
Clayci 3 de abril de 2017 at 18:50

Super apoio a ideia de vc começar a ler a sériehahahahaha

Resposta
calebe Mendes 29 de março de 2017 at 23:51

Comecei a ler o primeiro livro dessa saga e gostei muito, E não sei porque parei, até comprei o segundo mas ainda n li, mas com essa resenha me deu muita vontade de ler!!

Resposta
Clayci 3 de abril de 2017 at 18:46

Ahhh tomara que consiga retomar a leitura <3

Resposta
Sandra Mendes 29 de março de 2017 at 20:42

Oi, Clayci!

Dei uma lida por cima na sia resenha, pois eu só li o primeiro livro até agora e não quero saber muito do que vem pela frente. Mas foi bom saber que você gostou. Isso só me anima a continuar a ler a série.

Beijos!

Resposta
Fernanda F. Goulart 29 de março de 2017 at 16:34

Oie! Como não li as obras anteriores da série, entendi pouca coisa através da sua resenha, como, por exemplo, os personagens presentes no enredo. Não faço ideia de quem são! Hahah. Mas isso não impediu que eu me sentisse muito ansiosa para realizar leitura. Adorei aquela primeira citação que você separou no início da resenha! E fico feliz em saber que os personagens evoluíram nesse volume.

Beijos,
Fernanda F. Goulart

Resposta
Camila Faria 29 de março de 2017 at 12:48

Nossa, são quantos livros Clay? Uma saga realmente… Sou dessas que gosta de ler tudo de uma vez, sabe? Beijo, beijo!

Resposta
Dai Castro 28 de março de 2017 at 10:51

Quero muito dar continuidade a essa série! Rangers é muito amorzinho, me apeguei muito aos personagens!
E sou apaixonada pelas capas haha
🙂
Beijos!!

Resposta
Clayci 3 de abril de 2017 at 18:26

Eu tbm adoro as capas da série <3

Resposta

Deixe um comentário

* Seu comentário irá para aprovação

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE