Image default
Home - Rangers #5: Feiticeiro do Norte – John Flanagan
Fantasia Fundamento Resenhas Literárias

Rangers #5: Feiticeiro do Norte – John Flanagan

Rangers #5: Feiticeiro do Norte;
I.S.B.N: 9788576767480;
Páginas: 288;
Autor: John Flanagan;
Editora: Fundamento; (A editora está com 30% de desconto)
Avaliação:
Sinopse: Depois de vários anos de dedicação e inúmeros perigos, Will conclui seu aprendizado e se torna, finalmente, um arqueiro. Sua primeira tarefa sem a supervisão de Halt é assumir o posto de guardião do feudo de Seacliff, uma ilha localizada num setor tranquilo do reino. É o trabalho ideal para um arqueiro recém-formado. Entretanto, diferente do que se poderia imaginar, a estada de Will em Seacliff não será nem um pouco tediosa. Will recebe a visita de uma velha amiga, Alyss, que lhe fala sobre a misteriosa doença de lorde Syron, o senhor do castelo de Macindaw, no extremo norte. Ela conta que a população local está aterrorizada com os rumores de que um terrível feiticeiro é o responsável pelo mal do lorde. Então, uma difícil tarefa é dada a Will – descobrir a verdade. Para realizá-la, ele parte rumo à floresta Grimsdell, onde é assombrado por vozes sinistras e pelo assustador Guerreiro da Noite. Esses acontecimentos o fazem pensar se há explicação racional para aquilo… ou se feitiçaria existe de fato. Sem saber em quem confiar em meio a tantas superstições, boatos e inexplicáveis aparições, Will pode contar apenas com seu treinamento, suas habilidades e a inteligência para sobreviver. Mas talvez isso não seja o bastante…

*Livro cedido em parceria com a editora.

E continuo firme e forte na saga Rangers! Cheguei no quinto livro da série e estou admirada com o amadurecimento de Will. Finalmente ele se tornou um Arqueiro e agora pode colocar em prática tudo o que Halt lhe ensinou durante o treinamento. E como sempre – John Flanagan– passa uma mensagem muito importante nessa história. Em Feiticeiro do Norte aprendemos que não devemos nos deixar levar pelas aparências. Temos que ter uma mente aberta e aprender a aceitar o diferente!

Will se tornou um arqueiro e agora carrega a folha de carvalho prata em seu pescoço. Ele teve que substituir um arqueiro que se aposentou e por isso ele foi enviado para um feudo ao norte de Araluen. Como era tudo novo para o jovem arqueiro, foi necessário conhecer o local e as ameaças que ele apresentava. Em seu trajeto, Will encontra uma cachorrinha que foi ferida por um cara cruel – e que se tornaria uma ameça para ele mais tarde – e a resgata. Em seu novo lar o arqueiro teve que lidar com escandinavos que invadiram o feudo e negociar com os mesmos para que deixassem o local.

Quando o arqueiro consegue se livrar dos escandinavos, uma mensageira aparece com uma nova missão. Essa mensageira é Alyss, a melhor amiga do Will. Depois de se encontrar com Halt e Crownley para saber detalhes da sua nova missão, Will descobre que há um feiticeiro a solta matando os líderes de Macindaw. Claro, que os arqueiros não acreditam em feitiçaria (até porque eles são confundidos com feiticeiros), porém, ficam desconfiados com os fatos e enviam Will para o local disfarçado de trovador.

Trovador é um viajante que leva alegria por onde passa. Não foi difícil enxergar Will nesse papel, apesar dele sempre aparecer um pouco tímido e inseguro, conseguiu dar conta do recado. Contudo para sua surpresa ele não foi o único que recebeu uma missão. Alyss – a mensageira – também incorporou o papel de uma Lady e se infiltrou no castelo para obter informações.

Will teve que enfrentar seus medos – e os dos moradores de Macindaw – e entrar na floresta Grimsdell para desvendar o grande mistério, pois é nessa floresta que o poderoso feiticeiro se encontra. Todavia não darei spoilers, porque eu quero muito que vocês leiam essa série, mas o que posso dizer é que em Feiticeiro do Norte temos o exemplo de como as aparências enganam.

Gostei muito do papel de Alyss! Achei ela muito inteligente e determinada. Só achei desnecessário o clima de romance que o autor tentou criar na história. Logo no início nos encontramos em um “triângulo amoroso” e achei isso forçado. Will acabou de receber o título de arqueiro e sair de um treinamento. Tudo que ele menos precisava era se envolver emocionalmente com alguém. Halt e Crownley apareceram nessa história, mas não ofuscaram Will. O destaque foi todo dele e gostei de ver a confiança que depositaram no jovem arqueiro.

Agora estou ansiosa para ler o sexto livro e descobrir como essa história termina.

Não conhece a série Rangers?
Resenha do 1ª livro: Ruínas de Gorlan;
Resenha do 2ª livro: Ponte em chamas;
Resenha do 3ª livro: Terra do Gelo;
Resenha do 4ª livro: Folha de Carvalho;

 

Leia também:

O Segredo do Alquimista – Scott Mariani

Clayci

Asas de Fogo: A Profecia dos Dragões – Tui T. Sutherland

Clayci

ENCICLOPÉDIA HORA DE AVENTURA – CARTOON NETWORK

Clayci

5 comentários

Camila Faria 15 de fevereiro de 2017 at 14:59

Oi Clay, você tá firme e forte com essa série hein? Espero que o sexto livro seja bacana também e que a história termine bem redondinha. Beijo, beijo :*

Resposta
Cris 15 de fevereiro de 2017 at 12:35

Eu ainda não li essa série, mas estou ficando com vontade por conta dos seus posts hahahahaha
Beijos! =**

Resposta
Dai Castro 14 de fevereiro de 2017 at 21:28

Aiii preciso muito ler esse livro! Esses dias vi na livraria mas estava sem dinheiro!! Mas com certeza quero continuar a série! <3

Resposta
Clayci 23 de fevereiro de 2017 at 14:40

*_* Compra pelo meu cupom e aproveita o desconto da editora tbm
Será que não compensa?
Beijos

Resposta
Sheyla - DMulheres 14 de fevereiro de 2017 at 09:21

Sempre com resenhas lindas e fotos mais ainda hahahahah Nunca li uma série em livros hahah
Beijos e uma semana maravilhosa!
?DMULHERES?@_sheylaxavier?Fanpage?

Resposta

Deixe um comentário

* Seu comentário irá para aprovação

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE