rangers_1Rangers Ordem dos Arqueiros #1 – Ruínas de Gorlan;
I.S.B.N: 9788576762775;
Páginas: 240;
Autor: John Flanagan;
Editora: Fundamento (O livro está com 30% de desconto no site);
Sinopse: Durante a vida inteira, o pequeno e frágil Will sonhou em ser um forte e bravo guerreiro, como o pai, que ele nunca conheceu. Por isso, ficou arrasado quando não conseguiu entrar para a Escola de Guerra. A partir daí, sua vida tomou um rumo inesperado: ele se tornou o aprendiz de Halt, o misterioso arqueiro, que muitos acreditam ter habilidades que só podem ser resultado de alguma feitiçaria. Relutante, Will aprendeu a usar as armas secretas dos arqueiros: o arco, a flecha, uma capa manchada e… Um pequeno pônei muito teimoso. Podem não ser a espada e o cavalo que ele desejava, mas foi com eles que Will e Halt partiram em uma perigosa missão: impedir o assassinato do rei. Essa será uma viagem de descobertas e aventuras fantásticas, na qual Will aprenderá que as armas dos arqueiros são muito mais valiosas do que ele imaginava.

A Editora Fundamento deu o empurrãozinho que eu estava precisando para inciar a leitura da saga Rangers. Há algumas semanas atrás falei aqui no blog sobre uma nova série da Ordem dos Arqueiros. O Torneio de Gorlan mostra a origem da história, e então achei uma excelente oportunidade para conhecer os personagens.

John Flanagan publicou o primeiro livro em 2004 e a história chegou no Brasil em 2009 pela Fundamento. A principio o autor criou a história para estimular o seu filho Michael- que na época tinha 12 anos – a criar gosto pela literatura.  O objetivo do autor era mostrar para o pequeno Michael que a literatura pode ser algo divertido e que é possível ser herói sem ter o esteriótipo que estamos acostumados a ver. O que posso dizer é que John Flanagan conseguiu mostrar isso não só para o seu filho, mas para milhares de leitores que viraram fã do seu trabalho.

O primeiro livro – Ruínas de Gorlan – conta a história do pequeno Will. Ele é um dos órfãos de Redmont que foi acolhido pelo Barão Arald. Will nunca conheceu seus pais, ele apareceu misteriosamente nas escadas do castelo e foi deixado logo que nasceu com um bilhete.

Ruinas de gorlan 1

[blockquote align=”left” author=”Pag: 10″]

“A sua mãe morreu no parto. 
O pai morreu como herói.
Por Favor cuidem dele. Seu nome é Will.”

[/blockquote] Mesmo sem conhecer o seu passado, Will criou a imagem de que seu pai foi um herói por causa do bilhete deixado quando fora abandonado. Ele é um personagem pequeno, porém ágil e seu sonho era entrar na Escola de Guerra para dar continuidade ao trabalho do seu pai. Contudo ele não conseguiu passar no teste por causa do seu porte físico e ficou decepcionado com a notícia. Apesar dele não possuir o porte necessário para a Escola de Guerra ou para a Cavalaria, Will possuía outras habilidades e acabou despertando a atenção de Halt.

Halt era um dos arqueiros mais conhecidos e respeitados do reino e mesmo Will não gostando muito da ideia, aceitou a oferta e se tornou seu aprendiz. Foi assim que ele passou a treinar ao seu lado! O treinamento era árduo. Aos poucos, Will, foi se desenvolvendo e aprendendo técnicas de camuflagem, rastreio e o uso do arco.  Logo nas primeiras semanas, ele ganhou um companheiro chamado Puxão. Um pônei treinado para uso exclusivo de arqueiros.

O que eu achei interessante é que mesmo o foco sendo o pequeno Will, no decorrer da história vamos conhecendo outros personagens que provavelmente irão se desenvolver com a saga. Em Ruínas de Gorlan, nós conhecemos um pouco da história de Horace. Ele também era um dos órfãos acolhidos pelo barão e cresceu junto com o Wiil, mas acabou seguindo um caminho diferente. Ao contrário do nosso aprendiz de arqueiro, Horace era alto e robusto e foi para a Escola de Guerra.

 

Ruinas de gorlan 2

Horace é um soldado excepcional. Ele cumpre as ordens, não questiona e possuí um talento incrível na arte da espada. Apesar de possuir alguns momentos de rivalidade entre os dois – pois Horace sempre implicou com os sonhos do Will – dá pra sentir que há um respeito mútuo. Sinto que ele será um grande líder futuramente!

Halt foi um dos motivos que me convenceu a ler a saga. Ele á um arqueiro misterioso! É um dos conselheiros de confiança do rei e de Crowley (comandante da Ordem dos Arqueiros). Acho incrível a habilidade que ele possui com o arco e de criar estratégias. Sua postura fez com que eu sentisse que estava aprendendo a ser uma arqueira junto com o Will hahahaha.

Eu recomendo a leitura por inúmeros motivos, mas o principal é por causa da mensagem que o autor passa na história. Rangers é um livro que fala sobre evolução e superação.  Apesar de ser um mundo fantástico conseguimos nos identificar em várias situações. Muitas vezes ficamos frustrados por não conseguir realizar um sonho e ficamos nos questionando sobre onde/como erramos. Mas aí vem a vida e nos força a escolher uma outra alternativa, sabe? Insistimos em usar nossas habilidades de forma errada! E também mostra a importância da amizade em nossas vidas.

Não vejo a hora de ler o segundo livro <3

Obrigada Editora Fundamento!

 beda2016

Comentários

Comentários