Rangers #1 – Ruínas de Gorlan 25 294

rangers_1Rangers Ordem dos Arqueiros #1 – Ruínas de Gorlan;
I.S.B.N: 9788576762775;
Páginas: 240;
Autor: John Flanagan;
Editora: Fundamento (O livro está com 30% de desconto no site);
Sinopse: Durante a vida inteira, o pequeno e frágil Will sonhou em ser um forte e bravo guerreiro, como o pai, que ele nunca conheceu. Por isso, ficou arrasado quando não conseguiu entrar para a Escola de Guerra. A partir daí, sua vida tomou um rumo inesperado: ele se tornou o aprendiz de Halt, o misterioso arqueiro, que muitos acreditam ter habilidades que só podem ser resultado de alguma feitiçaria. Relutante, Will aprendeu a usar as armas secretas dos arqueiros: o arco, a flecha, uma capa manchada e… Um pequeno pônei muito teimoso. Podem não ser a espada e o cavalo que ele desejava, mas foi com eles que Will e Halt partiram em uma perigosa missão: impedir o assassinato do rei. Essa será uma viagem de descobertas e aventuras fantásticas, na qual Will aprenderá que as armas dos arqueiros são muito mais valiosas do que ele imaginava.

A Editora Fundamento deu o empurrãozinho que eu estava precisando para inciar a leitura da saga Rangers. Há algumas semanas atrás falei aqui no blog sobre uma nova série da Ordem dos Arqueiros. O Torneio de Gorlan mostra a origem da história, e então achei uma excelente oportunidade para conhecer os personagens.

John Flanagan publicou o primeiro livro em 2004 e a história chegou no Brasil em 2009 pela Fundamento. A principio o autor criou a história para estimular o seu filho Michael- que na época tinha 12 anos – a criar gosto pela literatura.  O objetivo do autor era mostrar para o pequeno Michael que a literatura pode ser algo divertido e que é possível ser herói sem ter o esteriótipo que estamos acostumados a ver. O que posso dizer é que John Flanagan conseguiu mostrar isso não só para o seu filho, mas para milhares de leitores que viraram fã do seu trabalho.

O primeiro livro – Ruínas de Gorlan – conta a história do pequeno Will. Ele é um dos órfãos de Redmont que foi acolhido pelo Barão Arald. Will nunca conheceu seus pais, ele apareceu misteriosamente nas escadas do castelo e foi deixado logo que nasceu com um bilhete.

Ruinas de gorlan 1

[blockquote align=”left” author=”Pag: 10″]

“A sua mãe morreu no parto. 
O pai morreu como herói.
Por Favor cuidem dele. Seu nome é Will.”

[/blockquote] Mesmo sem conhecer o seu passado, Will criou a imagem de que seu pai foi um herói por causa do bilhete deixado quando fora abandonado. Ele é um personagem pequeno, porém ágil e seu sonho era entrar na Escola de Guerra para dar continuidade ao trabalho do seu pai. Contudo ele não conseguiu passar no teste por causa do seu porte físico e ficou decepcionado com a notícia. Apesar dele não possuir o porte necessário para a Escola de Guerra ou para a Cavalaria, Will possuía outras habilidades e acabou despertando a atenção de Halt.

Halt era um dos arqueiros mais conhecidos e respeitados do reino e mesmo Will não gostando muito da ideia, aceitou a oferta e se tornou seu aprendiz. Foi assim que ele passou a treinar ao seu lado! O treinamento era árduo. Aos poucos, Will, foi se desenvolvendo e aprendendo técnicas de camuflagem, rastreio e o uso do arco.  Logo nas primeiras semanas, ele ganhou um companheiro chamado Puxão. Um pônei treinado para uso exclusivo de arqueiros.

O que eu achei interessante é que mesmo o foco sendo o pequeno Will, no decorrer da história vamos conhecendo outros personagens que provavelmente irão se desenvolver com a saga. Em Ruínas de Gorlan, nós conhecemos um pouco da história de Horace. Ele também era um dos órfãos acolhidos pelo barão e cresceu junto com o Wiil, mas acabou seguindo um caminho diferente. Ao contrário do nosso aprendiz de arqueiro, Horace era alto e robusto e foi para a Escola de Guerra.

 

Ruinas de gorlan 2

Horace é um soldado excepcional. Ele cumpre as ordens, não questiona e possuí um talento incrível na arte da espada. Apesar de possuir alguns momentos de rivalidade entre os dois – pois Horace sempre implicou com os sonhos do Will – dá pra sentir que há um respeito mútuo. Sinto que ele será um grande líder futuramente!

Halt foi um dos motivos que me convenceu a ler a saga. Ele á um arqueiro misterioso! É um dos conselheiros de confiança do rei e de Crowley (comandante da Ordem dos Arqueiros). Acho incrível a habilidade que ele possui com o arco e de criar estratégias. Sua postura fez com que eu sentisse que estava aprendendo a ser uma arqueira junto com o Will hahahaha.

Eu recomendo a leitura por inúmeros motivos, mas o principal é por causa da mensagem que o autor passa na história. Rangers é um livro que fala sobre evolução e superação.  Apesar de ser um mundo fantástico conseguimos nos identificar em várias situações. Muitas vezes ficamos frustrados por não conseguir realizar um sonho e ficamos nos questionando sobre onde/como erramos. Mas aí vem a vida e nos força a escolher uma outra alternativa, sabe? Insistimos em usar nossas habilidades de forma errada! E também mostra a importância da amizade em nossas vidas.

Não vejo a hora de ler o segundo livro <3

Obrigada Editora Fundamento!

 beda2016

Comentários

Comentários

Existe uma frase que consegue me descrever perfeitamente bem: “Quando acordei hoje de manhã, eu sabia quem eu era, mas acho que já mudei muitas vezes desde então“ (Alice no País das Maravilhas). Sou uma taurina que gosta de mudanças, estranho né?! Sempre gostei de fazer parte do que não conheço e nunca tive medo de arriscar naquilo que acredito. Sou Whovian, Sherlockian, Slytherin e Nintendista. Apaixonada por fotografia, livros, roedores, toys e miniaturas.

25 Comments

  1. Me segura para não pegar o livro ali na minha estante e começar a ler agora!! Gente, eu to na expectativa para ler essa saga a tanto tempo que tu não faz ideia, ai você lê essa resenha e atiça o fogo, JESUS ME SEGURA!! Eu tenho os 6 primeiros livros da saga, queria completar ela antes de ler, para não sofrer por não ter os outros, mas são 12 livros né amigos!! Quem sabe seja meta de leitura do proximo ano, 1 para cada mês. Mas ótimo texto! Abraços.

  2. Li este livro na época que lançou e amei, mas só consegui pegar o segundo volume no ensino médio. E até agora não dei sequencia. Gosto sempre gostei muito de arqueiros, e a maneira como o treinamento é descrito no livro receada de detalhes é muito gotosa. Halt é um personagem muito bom, tem aquele toque de que não quer que gostem dele, mas gostamos mesmo assim.

    Bites!

  3. Esse parece ser um dos livros que prende o leitor e faz vc querer virar um arqueiro junto com Will. Sem fala das aventuras e tramas que eles enfrentam, mas um para minha lista de livros e esse está bem na frente. Adoro uma aventura!
    Bjs

  4. Oi Clayci.

    A capa do livro é maravilhosa e com uma resenha interessada que você apresentou fica difícil não desejar ter o livro e conhecer a história inteira. Entrou para minha lista de desejados. Só espero conseguir adquiri-lo logo para matar minha curiosidade e conhecer esse mundo fantástico.

    Bjos

    1. Eu vi que a fundamento está com desconto no site e além disso tbm tenho um cupom se quiser..
      Mas o ruim é que vende individualmente =/

      Vale a pena a leitura..
      Não vejo a hora de iniciar o segundo livro
      Beijos

  5. Eu amo demais esse livro <3 li por recomendação de uma colega e queria todos pra ontem haha uma pena que nunca continuei a saga, mas está nas minhas metas de leitura, sua resenha me fez lembrar disso hihi e eu também me senti sendo treinada junto com o Will xD ah! as páginas são todas lindas também né?

    1. Lari, vamos ler?
      Como ainda estou no primeiro sofro e muito para achar pessoas para conversar a respeito ahuiahuihauihauihahauh
      Me sinto a atrasada do grupo..
      estou gostando muito da história

  6. Ai amiga… poneis! hihihi <3
    Apesar da motivação do autor de escrever para seu filho seja fofa, o que eu mais gostei foi de saber que ele realmente "entra na cabeça" de um arqueiro, falando sobre estratégias e camuflagens… gosto de livros que tenham este apelo quase real. Gosto de me sentir "bad-ass" junto com eles, hahahaha!
    (obs: quando vi o post inicialmente me surpreendi! Achei que você tivesse pego emprestado com a Step no domingo passado e já tivesse terminado e resenhado…. que susto!)

    Beijão gata ruiva! 😉
    Andréia Campos
    http://petitandy.com

    1. Exatamente!
      A habilidade dele conversar a respeito é maravilhoso!

      HAHAHAHAHA
      CANSEI de emprestar livros com a Ste, pq ela só me indica série e eu quero ler td

  7. Me interessei por histórias com arqueiros depois de ler um livro do Renan Carvalho. Achei inclusive que a sinopse se assemelha um pouco, a diferença se dá na contextualização dos personagens, pelo o que pareci.
    Como eu gostei do livro do Renan acho que também gostaria de Ruínas de Gorlan.
    Taí, vou adicionar na wishlist 😉
    Bjuxxxx

  8. Eu me apeguei muito a essa série! Acho incrível ver a evolução de Will e de Horace e como o Halt pode nos surpreender com o seu mistério e habilidades. Acabei de ler o quarto livro e já estou com pique para ler o próximo! 🙂 Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE