Fantasia Romance

Qualquer outro lugar – A.G Howard

QUALQUER OUTRO LUGAR

Tudo – nossas vidas, nossos amores, nosso futuro – depende de uma única palavra: SE

O livro mais aguardado por mim! Quando soube que a Novo Conceito publicaria o último livro da trilogia “O lado mais sombrio“, este ano, fiquei ansiosa e imaginando se a espera valeria a pena.  Fiz a foto acima para representar o lado obscuro da história e já adianto que, apesar de prever o final, ele superou as minhas expectativas.

Quando li o primeiro livro “O lado mais sombrio” fiquei com medo de comparar a história com o clássico Alice no País das Maravilhas, mesmo sabendo que a autora se inspirou no mundo de Carroll, fiquei com receio de não gostar da adaptação. Eu amo a história, mas nunca consegui simpatizar com a pequena Alice, e foi por causa deste medo, que demorei para ler o primeiro livro. Quando a personagem estava sendo apresentada pela autora, comecei a fazer comparações entre elas. E só no meio da história, que eu senti que a Alyssa se destacava mais do que a Alice que conheci.

qualquer outro lugar 2

qualquer outro lugar 3

qualquer outro lugar 4

Se você ainda não leu os dois primeiros livros, fiz a resenha de “O lado mais Sombrio” e “Atrás do espelho” aqui no blog. Nas resenhas falei um pouco sobre a história e alguns dos personagens. Faço parte do #TeamMorfeu, mas meu coração ficou balançado com o cavaleiro mortal Jeb.

Ele é o grande destaque desse livro! A história começa com Alyssa fugindo com o seu pai.  As pessoas que ela ama estão presas em “Qualquer outo lugar (um mundo com os seres exilados do País das Maravilhas).  Ela decide enfrentar os seus medos e assumir o seu posto como rainha, mas antes precisa recuperar as memórias do seu pai para encontrar a entrada do portal e seguir com a missão de resgate.

Jeb é uma âncora; ele me mantém conectada á minha humanidade e compaixão. Mas Morfeu é o vento; mesmo me debatendo e gritando, ele me arrasta para o precipício mais alto, me empurra e fica me observando voar com asas de intraterrena. Quando Jeb está ao meu lado, o mundo é um quadro – imaculado e acolhedor; quando estou com Morfeu, é um playground insano – malévolo e viciante.

Qualquer Outro Lugar é um reino muito perigoso e sombrio, pois quem decide entrar corre o risco de sofrer mutações e perder seus poderes. Mesmo assim, Al está decidida a encontrar sua mãe (além de Jeb e Morfeu) e acabar com a Rainha Vermelha.


qualquer outro lugar 6

Ela está determinada a salvar o País das Maravilhas, mas o seu coração ainda está dividido entre Jeb e Morfeu. Morfeu continua o mesmo de sempre, mas Jeb mudou a sua personalidade. Ela terá que reconquistar a sua confiança e decidir sobre o seu futuro o quanto antes.

Mesmo quando fazemos o que é certo, as consequências às vezes podem ser calamitosas. Pensar duas vezes a cada passo restringe o ímpeto de avançar. Confie em si mesma, perdoa-se e siga adiante

O livro está cheio de revelações e reviravoltas. Em alguns momentos eu queria que a história acabasse, pois não estava sabendo lidar com o ocorrido, mas quando estava chegando ao fim deu vontade de ler tudo de novo.  Foi interessante conhecer o passado do pai dela e a importância dele neste mundo de fantasia. Morfeu continuou me seduzindo em todas as páginas e Jeb me surpreendeu com sua nova personalidade.

qualquer outro lugar 1

Todas as dúvidas que fiquei quando terminei de ler “Atrás do Espelho” foram respondidas em “Qualquer Outro Lugar“. A.G Howard soube me conquistar com a sua versão do País das Maravilhas. E fico aqui, esperando suas próximas histórias.

Quem já leu?
Beijos!

Leia também

Tartarugas até lá embaixo – John Green

Clayci

Tudo e todas as Coisas – Nicola Yoon

Clayci

Eu amo New York- Lindsey Kelk

Clayci

24 comentários

Tamara MR 8 de novembro de 2016 at 16:06

Oii! Eu estava em outro blog e tinha uma dessas imagens lá, vim aqui no post original só pra babar nessas fotos maravilhosas!!! Parabéns pela criatividade! Eu ameeei!
Quanto ao livro, eu não conhecia essa trilogia mas gostei de conhecer, realmente quando olhei pras fotos pensei em “Alice no País das Maravilhas” daí vc falou que a autora se inspirou na Alice pra fazer a Alyssa. Acho que vou adicionar esses livros na minha listinha de “quero ler” rsrs amo fantasia e sua resenha me empolgou haha
Parabéns pela resenha e pelo blog!
Beijos!
Tamara
http://tamaravilhosamente.blogspot.com.br/

Responda
Clayci 9 de novembro de 2016 at 17:48

Ah como fico feliz que tenha chegado aqui no meu espacinho!!

Eu super recomendo essa trilogia e fiquei mais animada ainda, porque soube que a editora irá lançar um quarto livro (spin off acho)..
Obrigada pela visita e espero ter vc por aqui sempre..

Beijos

Responda
Bianca 19 de junho de 2016 at 19:24

Eu acho as capas dessa trilogia muito lindas! Me interessei pela história, geralmente gosto de adaptações desse tipo, mas tenho preguiça de ler séries, vou ver se me animo para lê-los algum dia. Adorei as fotos do post!
Beijos

Responda
Clayci 20 de junho de 2016 at 11:35

AAAAh lê simm
Vale a pena *_*

Responda
Lilian Moraes 19 de junho de 2016 at 10:59

Vamos lá, tanta coisa para falar hahahahhaa.
Primeiro AMEI as suas fotos, como grande entusiasta de fotografia é sempre um prazer ver as suas fotos hahhaaha.
As capas dos livros são lindíssimas <3.
Ainda não li essa série de livros e eu nem sabia que foi inspirado na história original, como assim? hahahaha.
Assim como você, eu nunca fui com a cara da Alice da história de Carroll. Se tiver a oportunidade, com certeza vou adquirir os livros!

Beijos
http://orangelily.com.br

Responda
Clayci 19 de junho de 2016 at 19:25

Alguém que me entende.. As pessoas me olham torto quando digo isso, mas eu gosto da história. So acho que a Alice não merece toda a atenção =P hahahahahah
Leia sim <3

Responda
Lorraine Faria 18 de junho de 2016 at 19:49

Clayci, sei nem o que dizer do capricho dessas fotos! UAU UAU UAU!!!! <3 Não fazia ideia dessa série, e olha que eu curto o universo da Alice! #shameonme

Responda
Clayci 19 de junho de 2016 at 19:26

hahahahah leia assim que tiver oportunidade hein?
Eu acredito que vc vai gostar =D

Responda
hellz 18 de junho de 2016 at 00:42

clayci sempre arrasando nas fotos dos posts, precisa nem comentar isso <3 HAHAHAH

segundo… quero muito ler O Lado mais Sombrio. Diferente de você, sempre simpatizei com a Alice e acho que isso me faz ter maior possibilidade de curtir a adaptação. Um dia leio a trilogia inteira *-*

beijo
beinghellz.com

Responda
Clayci 18 de junho de 2016 at 11:02

Obrigada sua linda <3

Eu acredito que vc vai gostar da história, sim!!
Adorei <3

Responda
Mari 17 de junho de 2016 at 20:10

Confesso que não li nenhum dos livros da série, mas do jeito que você fala, Clay, fiquei bem mas bem curiosa mesmo. Fora que as fotos desse post estão divinas!
Beijos
Mari
http://www.pequenosretalhos.com

Responda
Clayci 18 de junho de 2016 at 11:06

Mari a história é maravilhosa *_*
SUPER RECOMENDO

Responda
Jenny 17 de junho de 2016 at 14:15

Oi, Clay! Não conhecia essa trilogia, mas já vou adicionar na lista dos livros que quero ler! A história parece bem interessante.

Bjs e bom fim de semana!

Responda
Clayci 18 de junho de 2016 at 11:13

Adiciona sim!! Assim que tiver oportunidade leia, vale a pena <3

Responda
Marina 17 de junho de 2016 at 13:06

Não conhecia essa série…não é muito meu gênero de livros, sabe?! Maas, a resenha é bem chamativa pra quem gosta. Adorei a fotografia dos livros ?
Beeijos

http://www.marinaalessandra.com

Responda
Clayci 18 de junho de 2016 at 11:17

Obrigada, Marina!!! <3

Responda
Camila Faria 17 de junho de 2016 at 12:17

Oi Clay, os livros me parecem ter uma aura de fantasia e aventura, que particularmente não me atrai muito na literatura. Eu costumo gostar de livros com elementos mais realistas, não consigo me conectar com tramas muito fantasiosas. Mas interessante essa adaptação e versão moderna de Alice. Um prato cheio para uma história bem criativa, sem dúvida. Um beijo! :*

Responda
Clayci 18 de junho de 2016 at 11:19

Obrigada, Ca ^^ <3

Responda
Lu Cruz 17 de junho de 2016 at 11:17

Conheci essa série de livros esses dias em um blog! Não fazia ideia da existência dessa história com referência de Alice! De cara, já me apaixonei pelas capas, muito lindas! Fiquei com receio de começar porque sei que, se ler o primeiro, não vou mais parar e ando cheia de coisas pra fazer hahaha Que bom que a história fecha direitinho! As fotos estão incríveis! Beijos!
Blog Vintee5 | Canal Vintee5

Responda
Clayci 18 de junho de 2016 at 11:22

A leitura é bem rápida Lu! Não achei confuso, o que facilita muitoooo para ler com pausas haha (o que eu fiz).
Super recomendo, leia assim que tiver oportunidade..

Beijos

Responda
Ane Reis. 17 de junho de 2016 at 11:01

Oie Clayci =)

De todos as séries que acompanho essa foi a que até o momento teve o melhor final. E tipo estou morrendo de saudades já. Nunca fui fã de Alice, mas a A.G Howard me fez gostar desse lado mais sombrio da história. #teamMorfeu para sempre <3.

Beijos;***

Ane Reis.
mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
@mydearlibrary

Responda
Clayci 18 de junho de 2016 at 11:24

Concordo, Ane..
Apesar de prever, a autora conseguiu deixar o final bem detalhado e satisfatório <3
SIMMM TEAMMORFEUUU

Responda
Priih 16 de junho de 2016 at 23:46

Aaaaai que fotos maravilhosas e que diagramação mais linda ainda! ?
Adoro reparar nesses detalhes assim, afinal, a gente faz com tanto capricho, né?
As capas dessa trilogia sempre me intrigaram, primeiro por serem fotografias bem chamativas, segundo pela temática. Ainda não li nenhum livro, mas sua resenha do último me deixou bastante curiosa! Não sabia que a história tinha uma inspiração meio Alice no País das Maravilhas, agora me sinto meio boba, pois as capas deixam isso bem claro, huaheha.
Amei sua resenha <3333

Beijos,
Priih

Responda
Clayci 18 de junho de 2016 at 11:51

Pri, como gostamos de fantasia, eu acho que você vai gostar da história viu? hahahaa

Responda

Deixe um comentário

* Seu comentário será enviado para aprovação.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE