10922105_838055892919089_25058018_n

Realidade… Eu nem sei mais o que é isso.

Antes de começar a resenha farei uma confissão: Não me encantei tanto pelo País das Maravilhas criado por Lewis Carroll. Nunca consegui viajar no mundo da Alice com a empolgação que deveria e já li a história diversas vezes. Não que eu não goste da obra, pelo contrário, eu gosto dos cenários, da história e da personagem principal e também admiro várias adaptações baseadas na história, mas não consigo enxergar Alice no país das Maravilhas como uma das “melhores histórias” como leio por ai.

Quando comecei a ler O lado mais Sombrio fiquei com receio de não gostar da história justamente por isso, mas Howard conseguiu me deixar de boca aberta com sua inovação (narrativa, criação de personagens, cenários… ).

É da sua natureza encontrar tranquilidade em meio à loucura.

Começamos a história conhecendo Alyssa ela tem o dom de ouvir pensamentos de plantas e animais, mas omite essas “alucinações” capturando insetos e transformando-os em obra de arte, Alyssa é descendente de Alice e por causa disso acaba se tornando alvo de piadas em seu colégio/bairro. Ela mora com o pai e sua mãe Alison está internada em um sanatório (Alyssa sente que terá o mesmo destino da mãe). Ela é apaixonada por Jeb (aliás eu também sou apaixonada por Jeb): um rapaz protetor e carinhoso, que apesar de ter sentimentos por Alyssa, omite e a trata como “irmã” (ao menos no início da história). Jeb está namorando outra pessoa, mas mesmo assim está presente na vida de Alyssa dando todo o suporte que ela precisa.

10928085_838055582919120_718158151_n

Olhe para dentro de você. Que tal encontrar sua razão de ser? Para quê você foi colocada nesse mundo? É isso que preenche o vazio. É a única coisa que pode preencher.

A aventura começa quando Alyssa descobre que sua família está amaldiçoada e que ouvir insetos não era apenas coisa da sua cabeça, tudo que estava ruim pode piorar. Alyssa viverá uma aventura no País das Maravilhas afim de quebrar a maldição e salvar sua mãe, mas ela não imagina que nessa aventura conhecerá ou reencontrará seu melhor amigo de infância: Morfeu

10867083_838055622919116_832035431_n

A tristeza só vai aumentando, como se toda a dor do mundo convergisse para um só ponto logo acima do meu coração. Quero chorar… Quero tanto que chego a ficar sem ar.

Loucura? Calma que é só o começo! Howard soube inovar e criar uma narrativa em cima da história de Lewis (tanto que nos agradecimentos ela deixa claro que se inspirou não só nele como em Tim Burton). Todos os personagens da história estão lá: Rainha de Copas, Coelho Branco (que na verdade não é um coelho fofinho como conhecemos), a Lagarta. O Gato de Cheshire e o Chapeleiro maluco, só que o mais legal é que eles estão todos novos (físico e psicologicamente falando).

10917488_838056049585740_1101911451_nNinguém sabe do que é capaz até as coisas chegarem ao limite

O que posso dizer é que Alyssa tem um destaque tão grande no livro que deixou Alice um pouco escondida (não que a história de Howard seja focada nela, mas quero dizer que senti mais brilho na Alyssa no que na Alice). Ela nos conquista com o seu jeito de falar, pensar e agir.

Amei a colocação de cada personagem e ainda não me decidi sobre o que sinto por Morfeu: amor ou ódio? Ele me deixou apaixonada na maioria das vezes, aliás ele movimenta grande parte da história e Jeb é o tipo de namorado que toda garota sonha (eu imagino o que Alyssa sentiu pelos dois).

Sobre o livro: O livro é recheado de detalhes e referências, ele me surpreendeu com a mudança da história e teve um final que jamais imaginaria ter,  não vejo a hora de começar a ler a continuação: Atrás do Espelho.

5 estrelinhas para essa obra, pois posso não ter me apaixonado pela história de Alice, mas Alyssa ganhou meu coração
IMG_3647

Ah, mas… Ser maluco não é tão ruim.

– Então quer dizer que não posso cometer erros?
– Não erros que possam te machucar.

IMG_3649

I.S.B.N: 9788581633381 / Páginas: 368 / Editora: Novo Conceito / Ano: 2014

Beijos!

25/07/2015 – Leia a resenha do segundo livro “Atrás do Espelho” aqui 

Comentários

Comentários