O_ANO_EM_QUE_TE_CONHECI_1467825815590269SK1467825815BO ano em que te conheci;
I.S.B.N: 9788581638324;
Páginas: 336;
Autora: Cecelia Ahern;
Editora: Novo Conceito;
Sinopse: Bem-vindos ao mundo imperfeito de Jasmine e Matt. Vizinhos, eles não têm o menor interesse em tornarem-se amigos e nunca haviam se falado antes. Estavam sempre ocupados demais com suas carreiras para manter qualquer tipo de contato. Jasmine, mesmo sem nunca tê-lo encontrado, tem motivos para não suportar Matt. Ambos estão em uma licença forçada do trabalho e sofrendo com seus dramas familiares. Eles precisam de ajuda. Na véspera de Ano-Novo, os olhares de Jasmine e Matt se encontram de forma inusitada pela primeira vez. Eles têm muito tempo livre e precisam rever seus conceitos para poder seguir em frente.Conforme as estações do ano passam, uma amizade improvável lentamente começa a florescer.Uma história dramática, original e divertida como só Cecelia Ahern é capaz de escrever.

Ao contrário de muitos eu não conhecia a escrita da Cecelia Ahern. Sempre tive curiosidade e apesar de ter assistido (e gostado)  PS. Eu Te Amo não tinha como eu comparar a história da adaptação com a literária. O que posso dizer é que “O ano em que te conheci” foi o livro mais maduro que li este ano.

Já iniciei a história me identificando com a personagem principal. Jasmine tinha uma vida agitada, ela não se prendia a um único negócio e sempre estava investindo nas suas ideias. Aliás, ela trabalhava com a criatividade: Ela ajudava as empresas que estavam iniciando a carreira no mercado e depois vendia o que conquistou junto delas. Ela sempre se dedicou ao trabalho! É o tipo de pessoa que não possui vida social, apenas profissional.  Contudo em um belo dia ela se deu conta de que perdeu o seu emprego e teve que ficar um ano afastada do mercado de trabalho. Não sei se é porque eu precisei ficar parada por algum tempo, mas a personagem fez com que eu me identificasse com a sua “queda”.

O ano em que te conheci 1Foi com essa queda que Jasmine se deu conta de como sua vida pessoal estava abandonada. Enquanto ela estava de licençak começou a reparar na rotina de seus vizinhos, principalmente na de Matt! Eles nunca se falaram, mas Jasmine ficava espiando pela janela tudo que o rapas fazia. Matt era uma radialista popular, mas não muito querido. O programa que ele tinha era polêmico e dava voz ao povo. Jasmine o odiava! Eles não possuíam nada em comum, até ele perder o emprego.

Enquanto Jasmine narra o comportamento do seu vizinho, ela vai se lembrando do seu passado e das pessoas que ama. A narrativa é bem detalhada, porém não é cansativa.  Nós conhecemos não só a sua relação com Matt, mas também a sua irmã que é portadora de Síndrome de Down.

Achei interessante o desenvolvimento da trama, pois todos os personagens possuem histórias e objetivos diferentes. São personagens carismáticos (alguns problemáticos) e prestativos.  Foi muito bom ver cada um deles encontrando o seu caminho, sabe? Eu não tinha lido a sinopse da história antes mesmo do livro, por isso tinha imaginando uma coisa completamente diferente. Pensei que seria um romance clichê, com personagens nada cativantes.  Só que na verdade o livro fala sobre amizade e companheirismo.

O ano em que te conheci 2

O livro mostra a importância de aproveitarmos cada momento e de não nos apegarmos aos bens materiais. Na história Jasmine aproveita o tempo que está parada para dar vida ao seu jardim abandonado. Começa a se lembrar dos momentos que passava ao lado do seu avô quando criança e de como sente sua falta.

Quando disse que é o livro mais maduro que li este ano, foi porque achei a leitura profunda e poética. É o tipo de leitura que faz com que a gente pare pra pensar em nossas atitudes e reflita melhor sobre nossas escolhas.

O ano em que te conheci 3

Fiquei com medo de me decepcionar com o final, mas não darei spoilers. É uma leitura que vale a pena e que super recomendo.

Beijosbeda2016

Comentários

Comentários