NO_MEIO_DO_CAMINHO_TINHA_UM_AM_1466476729592442SK1466476729BNo meio do caminho tinha um amor;
I.S.B.N: 9788543103792;
Páginas: 176;
Autor: Matheus Rocha;
Editora:Sextante;
Sinopse: ‘Eu achava que o amor existia, mas não era pra mim. Você foi a prova que eu estive errado por muito tempo!’ – Matheus Rocha. Às vezes, a gente insiste em viver um relacionamento que já chegou ao final faz tempo. Tentamos resistir, fazer de tudo para durar mais, lutando para trazer de volta os momentos mágicos do início. Mas, quando o amor acaba, no lugar do conforto e do carinho que existiam só restam feridas que vão doer por um bom tempo e deixar cicatrizes que não desaparecerão. Porque o amor nem sempre é para sempre. Com o fim vem a tristeza, a saudade, a mágoa, o desespero e a vontade de nunca mais sentir aquela dor. Aí fechamos as portas ao perigo de sermos machucados outra vez, mas também à chance de sermos amados de novo. Um belo dia, quando as lágrimas já secaram e nos esquecemos do desconforto, com muito cuidado abrimos uma fresta só para ver a vida lá fora. E, assim como um raio de sol que entra por qualquer brecha, de repente uma vontade de recomeçar nos invade e tudo volta a fazer sentido. E, sem nem saber como, no meio do caminho avistamos novamente o amor – e a certeza de um novo começo!

Eu estava com saudades de ler crônicas! E fico feliz por ter encontrado o livro do Matheus Rocha, pois ele me mostrou como é gostoso viajar através das palavras. Eu acompanho o trabalho dele há um bom tempo, então ver o seu talento impresso em 176 páginas fez com que eu percebesse que a internet é um bom lugar para se morar. Além dos textos lindos o livro conta com as ilustrações do Phellipe Wanderley (criador da página Coisas Boas Acontecem) e isso fez com que o resultado final ficasse surpreendente.

No meio do caminho tinha um amor 5 No meio do caminho tinha um amor 4 No meio do caminho tinha um amor 3 No meio do caminho tinha um amor 2 No meio do caminho tinha um amor 1

No inicio do livro temos um pedido do autor: Sinta as palavras. E foi exatamente o que eu fiz!  É incrível o dom do Matheus com a escrita. Os textos fizeram com que eu me lembrasse de várias situações que vivi na minha adolescência. Adolescência? Quem dera que fosse somente nela!

Sabe aquela paixão não correspondida? O frio na barriga na hora de tomar uma iniciativa/e/ou atitude? Aqueles domingos que você passou em casa esperando um telefonema ou uma mensagem? Ele narra a sua história! Pelo menos foi assim que eu me senti, como se o Matheus me conhecesse e se inspirasse nas minhas frustrações passadas.

Iniciamos o livro pelo fim. Aquele parte chata do adeus, sabe?  Quando acaba o amor, o encantamento, a paixão e ficamos com todos aqueles “porquês” dentro da gente e que só nos questionamos quando estamos sozinhos. É com o fim que o Matheus consegue se expressar de forma tão pura e nos mostrar que tudo pode ter um novo começo.

Apesar dos textos ter me transportado para um passado dolorido, o livro me encontrou em uma ótima fase! Por enquanto estou, (e pretendo continuar) feliz ao lado da pessoa que amo. Mas mesmo assim consegui sentir todo o sentimento exposto em cada linha, em cada vírgula.

No meio do caminho tinha um amor é um livro que vale a pena ter sempre por perto! Pois ele é perfeito para nos fazer companhia naqueles momentos em que nos sentimos sozinhos.

Obrigada pelo presente Matheus Rocha!

beda2016

Comentários

Comentários