heroifavorito_bg_1

Nome: Steven “Steve” Grant Rogers
Nome original: Captain America
Licenciador: Marvel Comics
País de origem: Estados Unidos da América
Criado por: Jack Kirby, Joe Simon

Sempre que falo que o meu herói favorito é o Capitão América, as pessoas já respondem com aquele sorrisinho malicioso “Por causa do Chris Evans né?”, por qual motivo seria? Serei sincera: Sou grata ao Jack Kirby e Joe Simon pela criação do herói! Steve Rogers é um jovem rejeitado pelo alistamento militar na Segunda Guerra Mundial por causa da sua saúde frágil, mas ele acaba sendo selecionado para o Programa Renascimento (um projeto secreto do governo do EUA que cria supersoldados), mas o Doutor que conhecia a fórmula é assassinado por um espião e a partir dai usam o Steve como agente especial, capaz de enfrentar inimigos e inspirar tropas. A história é linda, mas nos quadrinhos o Capitão é um porre! Ele é chato demais e quando Chris Evans deu ao Capitão América sua versão definitiva no cinema comemorei muito.

large

Seus poderes:

heroifavorito_bg_2Após o Projeto Renascimento o herói passou a ter mais velocidade, força e resistência. Com o treinamento e técnicas miliatares, Steve passa a ser um oponente forte. Além o condicionamento físico, Rogers, tem um escudo com um metal raro  capaz de absorver impactos . O Escudo é usado tanto como proteção quanto arma de ataque ao ser lançado.

 

3 coisas que eu aprendi com o Capitão América:

heroifavorito_bg_3

1) Humildade:  Nosso capitão evita os holofotes! Tanto que quando não está em missão ele tenta manter o anonimato. Sreve Rogers é humilde e isso faz dele um verdadeiro líder. Lembra daquele garotinho de Brooklin? Manteve a mesma essência após mudar seu condicionamento físico, e não foi por acaso que ele se tornou herói, foi por causa do seu caráter.

2) Ter um Objetivo: Ver aquele atrapalhado que não conseguia nem tirar uma garota para dançar nas telinhas conquistar seu objetivo foi maravilhoso. Rogers não desistiu do seu sonho, ele queria defender o seu país, e mesmo não sabendo o que estava por vir foi determinado e não desistiu.

3) Não deixar os amigos pra trás: Dispensa comentários né?! Fora o bom o humor do capitão…

heroifavorito_bg_4Minha bolsa favorita! Já faz um tempo que a comprei e é pequena, mas cabe tudo que preciso!

Sua História:

Super-herói na linha dos vigilantes patrióticos, apareceu pela primeira vez revista “Captain America Comics” n° 1, com data de 1941 na capa (mas a revista chegou às bancas americanas em 20 de dezembro de 1940).
Na trama, Steve Rogers era um jovem com muita vontade de auxiliar seu país durante a 2ª Guerra. Por ser franzino e não conseguir se alistar, aceitou participar do experimento do soro do supersoldado do Dr. Abraham Erskine que, em conjunto com os raios vita, resultou na sua transformação no sensacional Capitão América.

O Capitão não foi o primeiro super-herói de quadrinhos com o uniforme baseado na bandeira dos Estados Unidos. Publicado pela editora MLJ (hoje Archie), o “Escudo”, de Irv Novick e Harry Shorten, tinha a data de janeiro de 1940 na capa. Na verdade, existia uma certa concorrência entre as duas figuras, a ponto da MLJ,a certa altura, implicar com o escudo do rival da Timely.
No início a editora Marvel precisava pagar a Joe Simon pelo uso do herói; mas logo a editora fez um acordo que previa o uso do personagem pelos próximos 28 anos.
No decorrer da guerra, o Capitão participou de inúmeras missões, seja ao lado do parceiro juvenil Bucky ou ao lado do Tocha Humana original e Namor, o Príncipe Submarino (o grupo desses heróis fora batizado mais tarde de “Invasores”).

O popular Defensor da Liberdade desapareceu das bancas nos anos 50. Mas em 1964, a Marvel, desta vez capitaniada por Stan Lee & Jack Kirby, resolveu trazê-lo de volta, desta vez na revista dos Vingadores — e, mais tarde, em HQs solo publicadas no gibi “Tales of Suspense” (a partir do n° 59, ainda em 1964). Para explicar o não-envelhecimento do herói na trama e o desaparecimento de Bucky, os autores vieram com uma explicação na base do acredite se quiser: durante a tentativa de deter um avião-bomba lançado pelo nazista Barão Zemo, Bucky morreu e o nosso herói caiu nas águas frias do oceano, onde permaneceu congelado num bloco de gelo por décadas, o que impediu seu envelhecimento.
O Capitão também já fez sucesso no cinema e na TV. Em 1944 virou seriado de matinê, com Dick Purcell. Nos anos 60, foi transformado em desenho animado. Em 1979 houve dois telefilmes com Reb Brown. Em 1990, estrelou um filme feito para o cinema, com Matt Salinger e direção de Albert Pyun. E agora Chris Evans empunha o famoso escudo em “Capitão América — O primeiro vingador” (2011).
Fonte: Revista  “Mundo dos Super-Heróis”, 2010;

11180259_10203045222445957_1758251556_n

Alargadores! Amor a primeira vista..

E ai? Qual o seu super herói favorito?
Beijos

Essa publicação faz parte da blogagem coletiva do grupo “Blogueiros Geeks“, quer fazer parte? Acesse o link aqui

 

Comentários

Comentários