O dia em que comecei a seguir celebridades no instagram 16 80

Eu juro que não sei o que estou fazendo com a minha vida, mas vou tentar explicar! Eu já deixei claro aqui no blog a minha paixão pelo ator Benedict Cumberbatch, contudo, mesmo acompanhando o seu trabalho, nunca me interessei em saber o que acontece na sua vida pessoal. Acho que nunca consegui ser uma fã que gosta de acompanhar a vida do ídolo longe das câmeras (era o que eu achava). É claro que fico com medo de entrar em alguma rede social e ler a notícia que sua esposa (Sophie Hunter) esteja esperando mais um filho, mas finjo que isso não me abala e sigo em frente.

Nessas últimas semanas comecei a fazer o que nunca tinha feito até então: seguir celebridades no instagram. Sério! Acho que a única personalidade que eu seguia (desde quando criei minha conta) era o Mauricio de Sousa. Não seguia antes por vários motivos, mas o principal é o que citei ali em cima: nunca senti interesse em saber o que eles fazem fora do trabalho. Mas depois que eu comecei a seguir o Tom Ellis (O diabo me conquistou) percebi que é interessante acompanhar o dia-a-dia das pessoas que admiramos.

Está certo que o Istagram foi considerada a pior rede social em uma pesquisa do Reino Unido. E ele é uma péssima influência em vários quesitos como: ansiedade, depressão, solidão, bullying e imagem corporal. Porém há pessoas do bem por lá (já me segue?) e acredito que seja possível extrair coisas boas da rede social.

O dia em que comecei a seguir celebridades no instagram

Claro, desde que isso não vire algo doentio. Tive que pausar essa publicação para ver o que Ellis postou no instagram, sim, eu ativei as notificações dele. Aparentemente ele está chateado com a British Airways porque não quiseram trocar o nome da passagem e isso dificultou sua vida, pois suas filhas irão passar as férias com ele. Ok! Esqueça o lado doentio…

Mas depois que comecei acompanha-lo fui aderindo às sugestões do instagram e quando dei por mim estava seguindo o elenco inteiro de Lucifer e não sei como, mas fui parar no perfil do Obama e comecei a segui-lo também. E mesmo sabendo que a vida no instagram (ou em qualquer outra rede social) nem sempre é o que parece, aprendi algumas coisas positivas com esses perfis.

BOAS INFLUÊNCIAS

Estamos acostumados a acompanhar o trabalho do artista. Então sabemos que seu trabalho nem sempre entrega a sua verdadeira personalidade, certo? Com as fotos pessoais (e a legendas) podemos descobrir várias coisas interessantes como: o bolo favorito do Lucifer – brincadeira.  É possível aprender e entender a visão política deles sobre os últimos acontecimentos no país em que vivem. Ver as causas que eles apoiam e como lidam com as injustiças. Seguir sua celebridade favorita pode te influenciar positivamente (claro, desde que você não siga o Trump).

Isso pode abrir a sua mente e fazer com que você pense fora da caixinha. Os artistas não devem mudar a sua forma de pensar, mas se você der uma chance para conhecer o “novo” e respeitar as diferenças, isso já é uma boa influência.

O dia em que comecei a seguir celebridades no instagram

O PRAZER DE VIAJAR E COMPARTILHAR NOVAS CULTURAS

Eu ainda não sou rica, por isso gosto de acompanhar o mundo através das lentes dos artistas. Tudo bem que existem alguns que não sabem registrar tais momentos (desculpa Jennifer Morrison os filtros que você usa são horríveis), todavia é legal conhecer novos lugares e referências. Conhecer outros espaços geográficos mesmo que por fotos, faz com que a gente mantenha uma relação direta com outras culturas e tradições. Então ver o seu artista jantando em um lugar – que provavelmente você nunca irá – pode ser algo positivo. Por mais que você não viaje até lá, é possível valorizar a sua cultura e compartilhar isso com o mundo.

CONHECER NOVOS TRABALHOS

Eu adoro assistir séries e filmes, mas existem tantos trabalhos que não conheço. Há anos que não vou em uma peça de teatro ou visito uma exposição. E acabei conhecendo novos talentos seguindo quem admiro (olha a boa influência aí). Por exemplo, conheci uma roteirista no instagram – que já escreveu vários episódios que eu adoro – e nem sabia que ela existia. E depois que comecei segui-la pude conhecer outros trabalhos que irão render uma nova publicação futuramente.

Viram só? Consegui vencer meu preconceito e estou amando seguir as celebridades. Tem algum perfil que você gosta de acompanhar no instagram?

Beijos

Comentários

Comentários

Existe uma frase que consegue me descrever perfeitamente bem: “Quando acordei hoje de manhã, eu sabia quem eu era, mas acho que já mudei muitas vezes desde então“ (Alice no País das Maravilhas). Sou uma taurina que gosta de mudanças, estranho né?! Sempre gostei de fazer parte do que não conheço e nunca tive medo de arriscar naquilo que acredito. Sou Whovian, Sherlockian, Slytherin e Nintendista. Apaixonada por fotografia, livros, roedores, toys e miniaturas.

16 Comments

  1. Ai, nunca fui daquelas que acompanham famosos, sou como você era, nunca senti vontade de fato de acompanhar. Acompanho um moonte de blogueiras pelo insta, adoro ver tudo que andam fazendo, mas no caso de famosos não é tão legal (acho que sou muito carente haha) quando faço um comentário maravilhoso na foto de alguém eu quero realmente que a pessoa me responda, sabe? Pra mim soa que nem aquelas pessoas que te ignoram completamente no wattsapp, a diferença é que sou apenas uma qualquer no meio, soa tipo youtubers, que um dia já acompanhei muitos e hoje não tenho mais aquele amor todo. Claro que já dei aquela stalkeada em alguns famosos pra ver o que andam fazendo da vida, né! Realmente, os filtros da Jmo são péssimos (Não posso falar muito, já que minhas fotos não são as melhores). Adorei esse post, sério haha, me diverti bastante lendo.
    Um beijooo ?

    1. Oi Thayline!!
      E eu pensava como vc sobre ser “carente”. Odeio quando faço algum comentário e sou ignorada haiuahiuhauhaihauiha

      E confesso que apesar de seguir esses famosos eu não comento em nenhuma foto haiahihauiha
      Só gosto de olhar mesmo =P

      BEIJOO

  2. Desde a minha adolescência eu gosto de ir atrás da vida dos famosos que curto (culpo minha paixão pelo McFLY e o fake de Orkut que eu tinha da personagem Brooke Davis, hahaha). Então, quando esses famosos passaram a ter sua conta pessoal no Insta foi natural para mim seguir alguns. Não sou obcecada em saber o que eles estão fazendo 24/7, mas é legal ver de vez em quando suas fotos no meu feed. Acho legal ver que eles querem dividir uma parte da vida deles com os fãs e ver essa influência positiva que eles podem ter 🙂

  3. Oi Clayci, tudo bem?
    Acho que já passei por dois momentos: um em que seguia todo mundo, e o de agora em que sigo somente àquelas contas que realmente me inspiram e de alguma forma acredito que me acrescentam. E eu acho engraçado que algumas dessas contas, me identifico tanto com a pessoa, que me sinto amiga dela mesmo nunca tendo trocado uma palavra. Resumindo, não é ruim seguir celebridades, o perigo mesmo é quando idealizamos a vida de outra pessoa, e consequentemente desejamos ter e viver aquilo, achando que a vida deles é perfeita.
    abraços,
    Amanda Almeida

  4. Eu sigo alguns famosos no insta e acho legal 🙂 tanto que o meu último post no blog é sobre uma maquiadora que faz makes geeks super legais, e eu o fiz pq conheci pelo insta (ficava passando atoa lá) ??? e ainda encontro uns fanarts dos meus animes favoritos super lindos ?
    Que o insta é uma “péssima influência em vários quesitos como: ansiedade, depressão, solidão, bullying e imagem corporal” eu não sei… só sei que o queridinho facebook SIM é MUITO PIOR em relação a isso , eu já sofri muito lá e até fiquei um ~tempão~ sem usar, só voltei a usar para divulgar os posts do blog mesmo e pq eu precisava da pagina do blog do face ativada
    Além disso com o insta minhas fotos ficam BEM MELHORES ?
    Adorei o post ^__^

    Até ?
    shyandbrave.blogspot.com.br

  5. Acho que não sigo muitas celebridades não, aliás, acho que só o simple plan e (o elenco de supernatural) mesmo acredita?
    Mas, tenho curiosidade de seguir alguns atores e atrizes que admiro, acho que vou começar a pesquisar esses perfis. Desde que não vire uma obsessão, acho que não tem problema nenhum e até dá para tirar algumas lições e bons exemplos! 🙂
    Beijos!

  6. Primeiramente: morri com esse título! Tão verdadeiro e literal que ri aqui ahahahaha
    Segundo: tinha preconceito com ig de celebridades também mas, ao ler essa matéria, vou tentar dar a chance pra algum deles! Ahahahah (procurando a Tatiana Maslany em 3, 2, 1…)

    1. Acredita que eu estava xeretando as fotos dela ontem? Não reparei se era oficial ou se era administrado por algum fã. Mas amei as fotos ahahuihuiah
      Outra que comecei a seguir ontem foi a Kristen Ritter e amei os clicks dela.

  7. Era o oposto de você. Sempre segui várias celebridades e digital influencers. O Reino Unido que seja aplaudido porque essas influências desgraçou minha autoestima. Tive que desenvolver um arduoso processo de limpeza na minha lista de pessoas que seguia e apenas mantive quem me inspirava ou fazia bem. Sigo famosos que me passem algo bom e não estejam ali apenas para “me incentivar a ser como eles”. Mas, confesso que reduziu em quase 80%, sigo bem mais pessoas com um número relevante de seguidores, fotos bonitas e mensagem positiva. Devagar e sempre as coisas vão se ajeitando mas fico feliz que esteja encontrando perfis que se identifica! Beijo Clay, boa semana <3

    1. Nisso eu concordo com vcs..
      Por isso até citei ali em cima que o instagram não é uma rede social saudável e que essas personalidades não mudar quem somos ou o que pensamos sobre determinando assunto..
      Eu evitei ao máximo seguir nem tanto por isso, mas para não me decepcionar com trabalhos rs

      Beijos <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE