Pode ser que eu não te conheça, mas tenho quase certeza de que você já passou por algo parecido. Não sei qual é a sua profissão, mas acredito que você já tenha escutado coisas absurdas sobre ela, não é verdade? Como trabalho com fotografia, posso dizer que já estou acostumada, escuto com frequência pessoas desvalorizando a minha profissão – e não é nem pelas minhas costas, é na minha presença mesmo. Então hoje eu reuni algumas frases que são “comuns” no meu dia a dia e se você for fotógrafo também vai se identificar.

SE VOCÊ PUDER LEVAR A SUA CÂMERA FICAREI MUITO FELIZ.

Já aconteceu com algum de vocês? Quando recebo algum convite em casa fico com medo de vir algo como “Para Canon/Nikon e família”.  E estou falando sério! Já perdi as contas de quantos eventos deixei de ir, por causa disso. Eu citei a Nikon e a Canon de exemplo porque são as marcas com que eu trabalho, mas se você gosta de fotografar (seja por profissão ou hobbie) é provável que apareça alguém te arrumando um “serviço” para fazer. E não é pago, viu? É um favor que a pessoa te pede e geralmente o que ela oferece em troca por este serviço é “reconhecimento“. Já se imaginou comprando algo e oferecendo reconhecimento como forma de pagamento? Não dá, né?!

Então se você for convidar algum fotógrafo para algum evento, finja pelo menos que a presença dele é importante. Deixe claro que você o quer como convidado e não como funcionário. Se a pessoa quiser fotografar, ela fará por vontade própria.

VOU TE MANDAR ALGUMAS FOTOS, EDITA PRA MIM?

Não. Eu não posso editar as fotos para você! Primeiro porque eu não quero e esse motivo já é suficiente para não ter que justificar o resto. Não gosto de editar nem as minhas fotos, quem dirá dos demais? Edito por trabalho, não por diversão. Tratar uma foto é um serviço que dá trabalho, isso quando a qualidade da foto não ajuda, sabe? Quem não tem contato com programas de edições, acha que é fácil e possível editar qualquer foto e não é bem assim que funciona.

Se você não der atenção para as configurações básicas na hora de registrar uma foto, dificulta no processo de edição. É por isso que geralmente um fotógrafo demora para clicar uma foto, pois ele está configurando de uma forma que não dê tanto trabalho no processo de edição depois.

Outra coisa que me irrita também é quando a pessoa não contrata o meu serviço por achar caro, mas não fica satisfeita com o serviço de quem ela contratou. Além de desvalorizar a minha profissão ela vem atrás pedindo para que eu faça a edição. Não faço!

ME EMPRESTA A SUA CÂMERA?

Vocês acreditam quem em pleno 2017 existem pessoas que se sujeitam a isso? Eu não vou te emprestar a minha ferramenta de trabalho, amigo! Independentemente do equipamento que você usa, houve um investimento antes de comprar, não?  Eu vou pedir o seu carro, aquele que você acabou de comprar, emprestado para ir em um evento.

PASSA UM PHOTOSHOP NAS MINHAS FOTOS DEPOIS?

Essa frase não precisa nem de justificativa, né? Próxima…

COM A CÂMERA QUE VOCÊ TEM ATÉ EU VIRO FOTÓGRAFO.

Algo que eu nunca consegui entender. Você que já soltou essa frase me explica uma coisa: Quando você vai naquele restaurante e pede um prato, depois que comeu você elogia o cozinheiro ou o fogão? Não é a câmera que faz o fotografo! Sem dúvidas, ela me ajuda no processo de criação, mas não é ela que enquadra, ou compõe um ambiente quando vou clicar.

Ufa! Já faz um tempo que eu queria fazer esse desabafo aqui no blog. Estou me sentido mais leve, inclusive.

E você? Qual a coisa mais absurda que você ouviu sobre o seu trabalho?

Beijos

Comentários

Comentários