E nos 45 minutos do segundo tempo assisti Animais Fantásticos e onde habitam. E não pense que só assisti agora por falta de interesse, viu? Eu estava com vontade de assistir o filme assim que foi lançado, porém só agora que tive condições de encará-lo.

E não sei nem o que dizer sobre ele! Animais Fantásticos e onde habitam fez com que eu saísse da sala com a mesma sensação que senti há 15 anos atrás quando assisti Harry Potter e a Pedra Filosofal pela primeira vez. Saí suspirando, flutuando e desejando fazer parte desse mundo tão mágico.

Newt Scamander (interpretado por Eddie Redmayne) é um jovem bruxo que estuda criaturas mágicas. Ele passou a se dedicar ao estudo dessas criaturas depois de ser expulso de Hogwartsinclusive este incidente foi causado por uma dessas feras. Seu objetivo é levar um dos animais mágicos de volta ao seu habitat natural nos Estados Unidos. Só que essa tarefa não é tão simples assim! No meio do trajeto, Newt deixa escapar várias criaturas da sua mala e terá que recuperá-las antes que elas causem mais estragos no mundo dos trouxas.

No meio dessa confusão, Newt, acaba envolvendo o não-maj  Jacob Kowalski nessa história.  No início ele fica confuso, pois ele conheceu Newt em um banco (enquanto ele tentava recuperar umas das criaturas que foi parar lá), porém aos poucos ele vai aceitando o mundo da magia e ficando encantado com as criaturas da maleta.

Se já não era o bastante envolver um trouxa nessa história, Newt acaba atraindo a atenção do Congresso Mágico dos Estados Unidos (conhecido por MACUSA) e da Porpentina “Tina” Goldstein, uma bruxa que foi afastada do Ministério e enxerga Scamander como uma chance de se redimir, só que ela complica ainda mais a situação quando expõe o jovem bruxo.

Sei que estou atrasada para fazer essa resenha e que a maioria das pessoas já assistiu, mas não vou entrar em detalhes para evitar spoilers para os que ainda não viram.

O que posso dizer é que fiquei apaixonada por todos os elementos do filme! Consegui me sentir dentro da história e morri de vontade de acariciar cada criatura daquela maleta. Eddie Redmayne já tinha a minha atenção –pois adorei sua atuação em Garota Dinamarquesa e Teoria de Tudo – só que neste filme eu fiquei ainda mais apaixonada por ele.

Há muita harmonia nesse filme! Claro que o fato de JK Rowling ser a roteirista do filme colaborou muito para que isso acontecesse. O filme possui uma fotografia maravilhosa e é todo trabalhado na inocência. Sabe aqueles filmes leves que você não se importa de assistir mais de uma vez? Então, Animais Fantásticos e onde Habitam causa essa sensação logo que ele acaba.

Nós sentimos amor por parte do personagem Newt ao cuidar das criaturas. Ver a forma que ele cuida e protege cada um deles nos convence; e o melhor de tudo são os efeitos usados na trama. Eu realmente me apaixonei pelo filme e terei que assistir de novo.

O que você achou do filme?

Comentários

Comentários