Eu Amo Hollywood;
ISBN: 9788539506293;
Páginas: 296;
Autora: Lindsey Kelk;
Editora:Fundamento (30% de desconto no site da editora);
Avaliação: 
Sinopse: Você não sabe que o que dizem no jornal de hoje estará embrulhando peixe no mercado amanhã? Depois de fugir de seu ex-noivo e ir parar na vibrante New York, a inglesa Angela Clark está convencida de que finalmente encontrou seu lugar no mundo. Fez novos amigos – entre eles a antenada Jenny -, tem o emprego dos sonhos na badalada revista The Look e está perdidamente apaixonada por Alex, seu namorado supersexy. Mas tudo vira de cabeça para baixo quando vai a Hollywood entrevistar James Jacobs, um ator lindo de morrer. Em meio ao glamour dessa ensolarada cidade e das compras na Rodeo Drive, Angela logo descobre que a vida de celebridade não é nada fácil. A reputação de conquistador de James coloca Angela em apuros quando os dois são fotografados por um paparazzo numa situação um tanto “comprometedora”. De repente Angela se torna o centro das atenções! Mas será que essa inglesinha atrapalhada conseguirá convencer seus amigos – e principalmente sua chefe e seu namorado – de que tudo não passou de um mal-entendido? Confira as aventuras de Angela em Eu Amo Hollywood!

*Livro cedido em parceria com a editora.

Eu gostei tanto do primeiro livro da série (Eu Amo New York) que quis ler o segundo na sequência para dar continuidade nas aventuras da Angela. Se você ainda não leu a resenha do primeiro livro, resenhei aqui no blog, mas farei um pequeno resumo (lembrando que poderá conter spoilers dos dois livros nessa publicação): Angela pegou seu noivo traindo-na durante o  casamento da sua melhor amiga. Depois de ver esta cena, acabou agindo por impulso e decidiu fugir de Londres pegando o primeiro voo para New York. Ela não conhecia nada da cidade, mas se apaixonou perdidamente por ela. Em New York, Angie, fez novas amizades, conheceu novos rapazes, conseguiu uma coluna em um blog de uma revista super conhecida e aos poucos foi superando o trauma e o fim do seu relacionamento que durou dez anos.

[blockquote align=”left” author=”Eu Amo Hollywood – Lindsey Kelk”] Los Angeles parecia muito diferente daqui de cima; pela primeira vez, senti que estava longe. Nova York era tão alta e compacta, uma lasquinha de ilha, respirando e crescendo cada vez mais para o alto, como se estivesse erguendo a mão para mostrar ao mundo que existia. Nova York me fazia andar depressa, me fazia querer ser o tempo todo alta e cintilante como os arranha-céus. Los Angeles era mais como uma cidade que soltou a respiração, chutou os sapatos e abriu a janela[/blockquote]E em Eu Amo Hollywood, Angie, continua toda atrapalhada, porém está com o coraçãozinho bem resolvido (pelo menos era o que ela achava). Finalmente ela assumiu um relacionamento com o Alex Reid – o gatinho da banda de rock – e conseguiu continuar em New York trabalhando para o blog da revista The Look. Tudo estava caminhando bem, até que uma proposta inesperada surgiu para a nossa amiga atrapalhada. A The Look propôs que ela passasse uma semana em Los Angels para entrevistar o ator britânico mais gato (e cobiçado) do momento, James Jacob.

Porém, Angela não conseguia enxergar nenhum lado positivo nessa viagem. Ela se sentia inexperiente, pois nunca havia entrevistado alguém antes e não queria ficar longe de Alex. Contudo, foi profissional e aceitou a proposta da sua chefe Mary e foi com sua amiga Jenny para Los Angeles. O problema é que se Angie já estava insegura antes da viagem; e quando chegou lá se sentiu mais ainda. Teve uma série de desencontros entre ela e o Alex – devido ao fuso horário eles mal conseguiam se falar por telefone, desentendimento com a sua melhor amiga Jenny e nervoso ao lado do ator James Jacob.

Mas o pior foi quando um mal entendido colocou Angela em destaque em todos os jornais. Os paparazzis a fotografaram em uma cena – um pouco – constrangedora ao lado do ator e logo as revistas se aproveitaram do momento e inventaram uma relação entre ela e o ator britânico. As coisas começaram a dar tudo errado, pois ninguém acreditava na versão dela e seu relacionamento com Alex estava por um fio.

Vou parar por aqui para evitar spoilers das partes mais engraçadas do livro. Me diverti muito com a leitura e estou gostando cada vez mais da série (e da autora). Além de que o livro faz com que a gente reflita sobre as coisas que andamos lendo e compartilhando pela internet sem saber a veracidade dos fatos, né?!

Angela é aquela personagem que faz com que a gente se sinta a melhor amiga dela logo nas primeiras páginas. É impossível não se identificar com os seus dilemas, sabe? Agora estou aqui doida para ler o terceiro livro.

Beijos

Comentários

Comentários