Image default
Home - Doctor Who: 12 doutores, 12 histórias
Ficção Científica Resenhas Literárias Rocco

Doctor Who: 12 doutores, 12 histórias

download (2)

12 Doutores, 12 Histórias
I.S.B.N:
9788568263044
Páginas: 480
Autor:Vários Autores
Editora:Rocco
Sinopse: Doze Doutores, doze contos, doze autores. Não é qualquer universo que pode receber doze visitantes tão ilustres e acolher doze interpretações tão radicalmente diferentes do mesmo herói. ‘Doctor Who’, o fenômeno cultural britânico que conquistou o mundo, a série de ficção científica mais antiga da televisão, conta as aventuras do Doutor, um alienígena de aparência humana que trafega livremente pelo tempo e pelo espaço. Fascinado pelo planeta Terra e a humanidade, o Doutor está sempre acompanhado de um terráqueo enquanto viaja na sua máquina do tempo, a Tardis, por todos os cantos do universo e da história. Nesse cinquentenário, o Doutor foi interpretado por doze atores, cada um deles uma encarnação diferente do personagem, com personalidades e trejeitos peculiares. As muitas faces do Doutor e suas jornadas infinitas ofereceram aos criadores da série a liberdade de explorar não só as galáxias e profundezas do tempo, mas também temas que vão do lírico ao terror, numa verdadeira investigação do coração e mente do ser humano. É essa mesma liberdade de imaginação que agora vemos nas mãos de doze dos autores de ficção mais queridos da atualidade, incluindo nomes como Eoin Colfer, Derek Landy, Neil Gaiman e Holly Black. Doze autores que foram conquistados pelas peripécias do Doutor, alguns desde que eram crianças, e que agora compartilham com os fãs doze visões muito particulares do personagem mais cativante deste lado da galáxia. (via Saraiva)

12doutoresresenha_1Ler dois livros seguidos com o mesmo tema é muito amor! Calma, meu blog não virou um portal de Doctor Who, mas me empolguei com a Maratona Literária de Inverno e quis colocar as leituras sobre a série em dia. 12 doutores,12 histórias foi o segundo livro do desafio do #MLI2015. Um dos desafios eram “Um livro com a capa azul” e como a primeira semana foi dedicado aos gêneros distopia e ficção, aproveitei para encaixar os livros da série.
Esse livro é um pouquinho diferente, digo isso porque cada doutor ganhou uma história. Quando a rocco lançou essa edição aqui no Brasil comemorei como todo bom whovian, fiz dancinha da girafa sim!

12doutoresresenha_2

Nessa edição temos 12 histórias, 12 doutores e 12 autores. Cada autor criou sua versão, os autores são: Holly Black, Neil Gaiman, Derek Landy, Charlie Higson, Alex Scarrow, Malorie Blackman, Richelle Mead, Patrick Ness, Philip Reeve, Marcus Sedwick, Michael Scott e Eoin Colfer.

12doutoresresenha_3O conto do Primeiro Doctor foi escrito por Eon Colfer, com o nome “Uma Mãozinha para o Doutor”. Nessa história o Doctor perde a mão esquerda e tenta se adaptar com uma mão bio-híbrida, feita por Aldridge, provisoriamente. Aldridge deu um prazo para sua mão provisória ficar pronta e enquanto ele espera parte para uma missão: destruir os planos dos Piratas de Almas que estão sequestrando crianças para sugar suas energias.

O segundo conto, chamado “Cidade sem nome”, foi escrito por Michael Scott, nessa história temos o Segundo Doctor e o seu parceiro Jamie McCrimoon. Nessa história a Tardis está parada em Londres! Doctor entregou a Jamie uma lista com itens para consertar a nave, mas no meio do caminho Jamie “salva” um senhor e como recompensa ganha um livro. Como ele não entendia o idioma, deu de presente para o doctor… a partir daí Jamie descobre que o senhor que ele salvou não era nada bonzinho, pois o livro começa a causar problemas e leva a tardis para muito longe.

12doutoresresenha_4

“Lança do destino” é nome do terceiro conto, escrito por Marcus Sedwick. Nessa história temos o Terceiro Doctor e sua companion, Jo. A missão era “roubar” uma lança em um museu, a pedido do UNIT (Força-tarefa Unificada de Inteligência), mas algo dá errado e os seguranças acabam impedindo os dois. Doctor resolve fazer as coisas do seu jeito (que já conhecemos bem). Ele volta ao tempo na Uppsala Antiga e encara Vikings e outros perigos, atrás da lança.

No quarto conto As Raízes do Mal”, escrita por Philip Reeve, temos o Quarto Doctor e sua companion Leela. Doctor havia levado sua companheira para visitar a Estrutura Heligan, mas descobre que algo estranho estava acontecendo. Todos os habitantes odiavam o doutor e queriam matá-lo. A árvore geneticamente construída, que possui gravidade própria, estava nervosa e queria “vingança“.

Já no quinto conto, escrito por Patrick Ness temos o Quinto Doctor e a Nyssa. O nome do conto é Na Ponta da Língua e a história ocorre durante a Segunda Guerra Mundial.  Nessa história temos os “Contadores da Verdade”, uma criatura que diz a verdade, quando se encaixa na boca de alguém. Ao observar o que estava acontecendo eles tentam resolver a situação

12doutoresresenha_5

No sexto conto “Algo Emprestado”, escrito por Richelle Mead, temos o Quinto Doctor e o Peri Brown no casamento de Jonos, filho do lorde Evris, amigo do Doctor. Após serem recebidos por estranhos pterodátilos, o Doctor percebe que tem algo errado em Koturia, podendo atrapalhar a cerimônia e tenta impedir que o pior aconteça.

Em “O Efeito de Propagação”, escrito por Malorie Blackman, o Sétimo Doctor e Ace estão presos em um plexo temporal, com outras naves e a solução encontrada pelo Doctor foi explodir a estrela ancorada no plexo. Quando a Tardis consegue sair de lá, eles são levados para um planeta repletos de Daleks, mas o engraçado é que não são os Daleks que conhecemos, mas sim educados e bonzinhos.

O oitavo conto escrito por Alex Scarrow, leva o nome de “O Esporo” e se passa no deserto de Nevada Tem alguma coisa transformando os moradores de Fort Casey em líquido.Assim que o Oitavo Doctor entra na cidade contaminada e encontra a capitã Evelyn Chan, ele percebe que a situação pode atingir um nível crítico, sem volta.

 

12doutoresresenha_6

Para o Nono Doctor, tivemos a história do Charlie Higson, chamada “A Besta da Babilônia”, nesse conto Doctor acaba conhecendo Ali, que acaba encontrando uma bola prata depois de observar a perseguição do Doctor e um Starman, Ali disse que só devolveria a bola se ele a levasse para a próxima missão na Tardis. O Doctor não vê outra saída e a leva para a próxima aventura, para salvar a Terra.. (Adorei essa história, quem assistiu o primeiro episódio Rose da temporada de 2005, sentirá saudades no final do conto) 

No décimo conto escrito por Derek Landy, o Décimo Doctor e Martha Jones vão parar dentro de um livro, aliás vários. A história se chama “O Mistério da Cabana Assombrada”, e quando eles descobrem que estão dentro da série Os Encrenqueiros de Annette Billingsley, fazem de tudo para sair da Terra da Ficção. (existem muitas referências neste conto, muito bom)

Para quem estava com saudades do Décimo Primeiro Doctor e da Amy Pond, poderá relembrar as aventuras da dupla na historia escrita por Neil Gaiman. “Hora Nenhuma” é um pouco macabro (#amoesseautor). A Tardis aterrissou no quintal da casa da Amy, mas ela descobre que o planeta agora é propriedade do Kin (inimigo dos senhores do tempo). Eles voltam ao tempo, no momento em que houve a invasão na Terra e descobrem que todas as propriedades foram vendidas misteriosamente para um homem com máscara de coelho.

E para finalizar, Holly Black me deixou mais ansiosa com a volta da série. Digo isso porque a série volta em setembro e estou com saudades do Décimo Segundo Doctor, não estou com saudades da sua companion Clara, mas quero ver os dois na telinha. A história se chama “Luzes Apagadas” e nela conhecemos o 78351, ou “Cinquenta e um”. Ele tem medo do escuro e viaja sozinho em sua nave, transportando café. Em uma de suas idas ao EITC (Estação Intergaláctica da Torra de Café), ele reencontra o Doutor na fila da cafeteria, comprando um café para Clara, só que durante esse reencontro, pessoas começam a morrer toda vez que as luzes se apagam e o Cinquenta e um e o Doctor decidem resolver o mistério.

Ufa! Parece muita coisa, mas achei pouco! A leitura é gostosa e curta, vale a pena!

Beijos

 

 

Leia também:

O Príncipe de Westeros e outras histórias

Diego Lorenzo

Se meu cachorro falasse – Cynthia L. Copeland

Clayci

Doctor Who: The Secret Lives Of Monsters

Clayci

53 comentários

12 Histórias. 12 Doutores. 1 Senhor do Tempo | Drops Literário 23 de novembro de 2015 at 11:31

[…] Esta imagem tirei daqui […]

Resposta
Isabele 6 de setembro de 2015 at 16:22

Morta com essas fotos.
Estou com esse livro na minha lista de leitura há tempos. Ganhei do marido e não sei porque ainda não o li.

Resposta
Clayci 7 de setembro de 2015 at 16:49

Ahh que bom que gostou, Isa!!

Assim que tiver oportunidade leia!! Vale muito a pena

Resposta
Larica 18 de julho de 2015 at 23:33

Acho que esse é o melhor livro do universo interinho hahaha
Eu havia visto na Saraiva e eu fiquei “nossa, esse livro deve ser muito bom”. Porque assim, eu assisti o Doctor Who de 2005 e tô perambulando para chegar até o Doctor mais atual – e digamos que eu tenha abandonado a série por quase um ano, mas quero voltar a assistir. Então, seria ótimo imaginar as histórias antigas de Doctors que eu não “convivi” por não ter assistido.

Digamos que eu esteja já procurando em e-book esse livro, hahaha.

Au revoir.

Resposta
Clayci 20 de julho de 2015 at 10:14

Acredito que na Lelivros tem o ebook gratuito dessa edição *_*
Dá uma olhadinha lá e assim que puder volta pra série hahahaha

Beijos

Resposta
Isa 17 de julho de 2015 at 23:51

Que fofo seu marcador! Ah eu não sabia que o Patrick Ness era um dos autores, pelo que você escreveu do conto dele eu já fiquei curiosa. Esse livro está na minha wishlist.. Em breve lerei hehehe!

Resposta
Clayci 18 de julho de 2015 at 18:33

Adoro esse marcador Isa!! E o conto do Patrick está demais <3

Resposta
Karyna 16 de julho de 2015 at 23:18

Parece ser muito legal, mas confesso que nunca soube por onde começar!
A série é baseada nos livros??? Qual seria o primeiro livro para ler? Ou devo assistir a série antes??

#noob hehehe

Resposta
Clayci 17 de julho de 2015 at 17:46

Olá!! Nesse caso, os livros foram baseados na série!
Caso queria assistir aqui disponibilizei aqui no blog um guia para quem quer começa ^^
Guia para whovians iniciantes =D

Beijos

Resposta
Bia 16 de julho de 2015 at 16:37

Que livro mais lindo <3

Eu, acredite, ainda não assisti nenhum ep de Doctor. Todo mundo fala TÃÃÃÃOOO bem do seriado que eu preciso dar uma chance.

Beijos

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 20:54

Apoio a ideia de dar uma chance viu? Acho que vc vai gostar =D

Resposta
Ane 16 de julho de 2015 at 15:39

Que lindas as tuas fotos, elas deram um charme a mais para a resenha. Ainda não assisti a Doctor Who, mas parece ser muito bom e o livro deve ser um presente para os fãs da série né.

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 20:53

Oi Ane, obrigada <3

Resposta
Nayh 16 de julho de 2015 at 12:15

Li tudo e acho que entendi um pouco mais da série, mas provavelmente ganhei spoilers e fiquei de fora com algumas coisas “internas”, haha.
Só vim aqui mesmo comentar sobre esse marcador LINDO MARAVILHOSO seu da Tardis. *-*

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 20:46

hahahahah adoro esse marcador que o Diego fez, Nayh!

Resposta
Ana Soares 16 de julho de 2015 at 12:11

Sempre quis assistir e ler mais sobre Doctor Who! Além de me apaixonar pela capa desse livro, adorei a ideia do livro.
Sério, você que, aparentemente, é apaixonada por Doctor Who, por onde eu começo? hahahha
Beijão, Ana do dia ?

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 20:45

Ana!! Fico feliz por vc ter me perguntado isso hahaha
Aqui no blog tenho um guia para whovians iniciantes, dá uma olhadinha…

Se você quiser pode começar pela 1 temporada de 2005 (tem no Netflix), ou pela 5 temporada <3

Ahh tem todas no Netflix <3
Beijos

Resposta
Ane Reis 16 de julho de 2015 at 10:40

Oie Clayci =)

Comecei a assistir Doctor Who a pouco tempo e estou amando *-*
Já vi esse livro e em alguns blogs, mas ainda não li. Espero ter a oportunidade de ler em breve.

Ótima resenha!

Beijos;***

Ane Reis.
mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
@mydearlibrary

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 20:35

Oi Ane! Mais uma whovian no clubinho, seja bem vinda..
Assim que tiver oportunidade leia sim =D

Beijos

Resposta
Mariana Barbosa 16 de julho de 2015 at 09:22

Caramba! Mas que fotos <33333 Completamente apaixonada.

Resposta
just mila 16 de julho de 2015 at 00:21

Clay, esse livros com doze contos do Dr.who tem jeito de ser maravilhoso e sua resenha me deixou com muita vontade de ler. Mais um livro para minha lista!
Poxa, queria tá nesses seus amigos aqui do lado…
Bjs

http://www.achadosdamila.blogspot.com.br
http://www.facebook.com.br/achadosdamila

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 20:29

Mila!! Acho que vc vai gostar do livro =D

Ahhh vou adicionar você nos links.. estou editando essa página ainda =D

Beijo

Resposta
Isabela 15 de julho de 2015 at 21:49

Ai, to querendo esse livro! Mesmo tendo assistido só uma temporada, o enredo é apaixonante <3

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 20:26

Acho que você vai gostar *_*

Resposta
Sara 15 de julho de 2015 at 21:48

Oiii

nossa amei a dica, vu procurar por aqui!!!!

bjinho

http://www.enquanto-isso.com

Resposta
Thami 15 de julho de 2015 at 21:13

Pela resenha, o livro me parece ser daqueles que a gente lê umas páginas e já quer engolir né? Eu nunca vi ou li Doctor Who, mas tenho muitas amigas que gostam e adoram.

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 20:21

AHHHH amigas Whovians <3

Resposta
Morgana Grah 15 de julho de 2015 at 20:15

Doctor Who? haha zueira 😀 Eu ainda não vi, mas de tanto já ver historias que dizem por ai, ou comentários em série(tipo The big bang theory) fiquei curiosa, mas ainda não vii haha, e a curiosidade só aumenta, e agora falas desse livro, pronto, tenho que ver ou ler agora kkkk, adorei saber lindo livro *-* demais <3

XOXO Mundo daa Móguih ;*
Curte A FANPAGE

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 20:21

Morgana, assim que tiver oportunidade, um tempinho sobrando.. assista =D super recomendo
Beijos

Resposta
Angélica 15 de julho de 2015 at 17:46

Ahhh que legal, fiquei curiosa! E apaixonada pelas fotos, mandou super bem, Clay! <3
Beijos

http://www.rabiscando.org

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 20:16

Obrigada <3

Resposta
Juliana 15 de julho de 2015 at 16:38

Clay! td bem?

Gente, eu nunca entendi direito essa do Doctor Who, mas que conhece de verdade pira, né?! Eu gostaria de me de dicar a conhecer melhor, mas agora ainda não dá… Enfim! Parece muito interessante!! E pelo jeito você curtiu! Já é mais um ponto para eu tentar conhecer essa história toda…

ps: Clay, eu tenho uma dancinha da felicidade, mas o que é a dancinha da girafa? quero aprender!

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 20:15

Ju é a dança mais besta que existe na vida hauauuahuahuah
O Doutor dançando balançando a cabeça e os braços pra cima e só ahuhauha pareci uma retardada quando fiz isso na rua.. fim
Beijos

Resposta
Sol Loose 15 de julho de 2015 at 15:11

Bem interessante a sinopse, confesso que ainda não li, mas achei bem legal! Adoro ler e quem sabe em breve começo a leitura desta sua indicação né?! Bjokas
http://www.garotanotamaxima.com

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 20:13

Se ler, diga o que achou Sol..
Beijos

Resposta
Fabiana 15 de julho de 2015 at 14:18

Parece ser bem legal, lendo a resenha eu fiquei curiosa.?
http://pensamentosdefabs.blogspot.com.br/

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 20:11

Assim que puder leia =D
Beijo

Resposta
Anita 15 de julho de 2015 at 12:04

Eu aaaaaamo Doctor Who, demais!! Esse livro é lindo. Eu adorei todos os contos, achei bem legal poder ler uma história de cada Doctor, especialmente os antigos que é mais difícil de ter material.
😀

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 20:06

Concordo com você, Anita! Um livro desse tamanho para cada Doutor <3

Resposta
Beatriz Cavalcante 15 de julho de 2015 at 11:49

Tanta gente fala de Doctor Who que eu já estou considerando pegar o livro para ler. Esse não é meu estilo de leitura favorito mas estou começando a me interessar mais por livros policiais, com mistérios e coisa e tal. Acho que o livro poderia ser uma pedida, hehe. 😀

Beijos!

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 20:03

AHAHAHAHA espero que você comece a ler sim! Ele é de ficção científica, mas sempre tem aquela pegada de mistério =)
Super recomendo, e se quiser assistir a série e não saber por conde começar aqui no blog disponibilizei um guia pra série =D
BEijos

Resposta
Bruna 15 de julho de 2015 at 10:38

Oi, Clay! Adorei a ideia de doze histórias, cada uma para um médico. Eu não conhecia o livro, apenas a série, mas nunca assisti! Não sou muito de séries médicas, fico agoniada, hahaha Beijos

http://www.chezb.com.br

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 20:02

Bruna, dê u ma chance pra série assim que puder =)

Resposta
Andréia 14 de julho de 2015 at 19:34

Eoin Colfer + Doctor Who!!! É muito amor!!!
Adorei o post!

Agora, este seu marca-página me deixou com água na boca… serei obrigada a fazer um para a minha pessoa.

Hehehhehe.

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 19:55

hahaha Faz sim!! Esse foi feito pelo namorado e é o meu xodózinho.. Tenho vários aqui, mas só quero usar esse nas leituras <3

Resposta
Fernanda 14 de julho de 2015 at 19:18

Acabei de comprar esse livro pela Saraiva Online, tô esperando chegar aqui em casa e sinto que não vou me arrepender, né? <3 <3 <3
Doctor Who é muito amor! Quero terminar esse livro em 1 dia! HAHAHA
Beijos!!

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 19:53

Fernanda!! DW é vida <3 Boa leitura

Resposta
Marina 14 de julho de 2015 at 18:02

Oi =)
Primeiro lugar eu to apaixonada pelo blog, já tô curtindo a fanpage (muito amor aqui).
Segundo, eu to muito curiosa em relação a essa série, a verdade é que todo mundo ama e eu nunca vi :/ por isso eu também ainda não li (e nem conhecia na verdade) esse livro.
Mas gostei da sua resenha e me deixou ainda com mais vontade de conhecer a série.

Milhoes de Beijos!

Marina Lima.
Meu Doce Apartamento | Literatura, Culinária, Caseirices & muito amor

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 19:49

Marina, fico feliz em saber que gostou do meu cantinho e espero ter vc por aqui sempre <3

E assim que puder, aqui no blog tem um guia para whovians iniciantes que fala por onde começar =)

Beijos

Resposta
Rebeca 14 de julho de 2015 at 17:55

Olá.
Não sabia do livro, achei a capa bem interessante e diferente.
Adorei sua resenha, mas acho que não leria o livro.
ps: que marcador divônico!

http://blogexplicita.blogspot.com.br/

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 19:45

Obrigada, Rebeca! Esse marcador foi presente do namorado <3

Resposta
Evellyn 14 de julho de 2015 at 15:01

Amiga, me responde uma coisa: a edição brasileira é capa dura? Eu tenho esse mas em inglês, em um box com os contos separados em brochura. Queria eles todos juntos mas nunca acho na livraria física. Rs

http://www.facebook.com/itgeekgirls

Resposta
Clayci 16 de julho de 2015 at 19:40

Oi Evellyn, é sim! É capa dura e a diagramação está linda ^^ A Rocco caprichou =D

Resposta

Deixe um comentário

* Seu comentário irá para aprovação

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE