O quão cheia de problemas e desafios é a sua vida? O quanto de coisas acontecem com você, de tempos em tempos ou uma após a outra num período muito curto? Isso te deixa para baixo, triste ou apático; por vezes com uma sensação de desespero ou depressão de que tudo só acontece com você ou “por que isso acontece comigo”? E a vontade nem é de dar save ou save & continue, mas sim apenas um quit; um desisto e ponto.

Não, isso não é propaganda de um produto que vai resolver todos os seus problemas, muito menos tenho a intenção de deixa-lo se sentindo mal. Apenas queria expor uma ideia, uma que versa sobre encarar a vida e os obstáculos que nela aparecem como desafios.

Mudança de perspectiva

Sim, desafios! Em vez de pensar: “ótimo, mais um problema na minha vida, como se já não estivesse cheio deles, deixando ela ainda pior do que já está”. Por que não pensar que temos desafios a serem resolvidos, que sim, somos capazes de resolve-los e crescer com isso.

Mas calma, não estou também querendo dizer que isso resolve tudo num passe de mágica, é claro que não, também sei ser realista. Todavia os obstáculos compõe a vida, ela feita disso, ao menos em uma de suas partes. E a forma como vamos lidar, pensar e resolver é que determina ao longo dos anos como ela será.

Quando determinamos algo como um problema tendemos a procrastina-lo muito facilmente caso não tenhamos uma solução imediata, rápida e/ou prática para ele. Também temos a tendência de torna-lo um monstro muito maior e destrutivo/ e ao mesmo tempo nos desvalorizamos e menosprezamos nossas capacidades, que, neste exato momento, deveriam ser nossas melhores armas para resolver a questão com qual nos deparamos.

Uma vez que passemos a encarar os obstáculos como desafios com os quais inevitavelmente iremos nos deparar. Não só nos colocamos numa posição de determinação e automotivação, como também agregamos a cada vez que superamos um desses mesmos desafios e assim, conforme evoluímos, seremos mais capazes de encontrar e melhor resposta que poderíamos alcançar.

Concluindo

O importante é esforçar-se ao máximo para consegui-la e não se deixar abater caso não a obtenha em algum momento; seja não tendo conseguido na primeira tentativa e assim por diante; seja não tendo conseguido aproveitar aquela oportunidade única que surgira.

Para finalizar, temos que ter em mente que o ditado “vivendo e aprendendo” faz-se válido. Aprender a lidar com os desafios é uma das engrenagens da vida, ela não será melhor ou pior se você deixar de te-los. Na verdade, já pensou que a vida poderia ter menos sentido ainda se assim o fosse? Espero que possam refletir sobre isso e nos vemos na próxima.

 

Comentários

Comentários