Crítica: Stranger Things (2ª temporada) Sem Spoilers 14 94

Crítica: Stranger Things (2ª temporada) Sem Spoilers

Eu estava tão ansiosa pela estreia da segunda temporada de Stranger Things que tive que tirar o dia para maratonar a série. A temporada anterior finalizou com tantos questionamentos que a expectativa era a resolução dos problemas. Porém se você ainda não assistiu a nova temporada, fique tranquilo, não darei spoilers que comprometam a sua experiência.

Na temporada anterior ficamos sem saber o destino da Eleven (que até então havia explodido junto com o Demogorgon) e do Will que apesar de ser resgatado do Mundo Invertido deixou claro que ainda está preso a ele ao vomitar uma criatura estranha. Entretanto, mesmo a primeira temporada finalizando desta forma, iniciamos a segunda de um jeito diferente. Houve a introdução de novos personagens e será no decorrer da trama que vamos compreender a importância deles.

Will tenta retomar a sua rotina ao lado dos seus amigos (Dustin, Mike e Lucas), mas sente dificuldades. Depois de tudo que passou sua mãe está mais protetora do que nunca e ele começou a sofrer bullying na escola. E se não bastante, Will, passou a ter mais visões do Mundo Invertido e foi submetido a um tratamento “médico” para ajudar na sua recuperação.

Eleven também está de volta, mas não do jeito que eu esperava. Nessa temporada ela terá sua jornada individual. Ela quer respostas sobre o seu passado e viverá conflitos familiares. E enquanto tudo isso acontece (próximo do Halloween), o Xerife Hopper investiga algo que dará início ao mistério: as plantações locais estão apodrecendo inexplicavelmente.

Crítica: Stranger Things (2ª temporada) Sem Spoilers
Reprodução: Netflix (Tim Ives)

Sem entregar o mistério da história, preciso dizer que gostei muito dessa temporada. É claro que achei algumas cenas desnecessárias e alguns personagens mal aproveitados. A turma ganhou um novo membro, inclusive foi essa personagem que deu o nome do primeiro episódio. Max (Mad Max) tem o jeito de durona, todavia vamos entender o porquê da sua personalidade. A família dela é complicada e mesmo os produtores não focando neles, é fácil notar que ela vem de um lar difícil.

Seu meio irmão Billy (interpretado pelo lindo Dacre Montgomery) é controlador e arruma confusão com facilidade. O seu personagem acaba sendo desnecessário – ao menos nessa temporada. Mas há algo que eu gostei de ver, a forma que a Nancy amadureceu e tomou a frente em várias situações.  Inclusive se você (como eu) for fã da Barb, saiba que ela não foi esquecida.

E não posso me esquecer de falar sobre o goonie Sean Astin. E essa referência tinha que ser usada em Stranger Things, não é mesmo? Foi muito bom vê-lo interpretando, contudo demoramos para entender o seu propósito na história. Ele aparece como namorado da Joyce (mãe do Will), todavia só mais pra frente que entendemos a importância dele.

Enfim ,a segunda temporada de Stranger Things ganhou um episódio a mais. Gostei bastante do que eu vi, estava com saudades dessa turma e do ambiente retro. A fotografia da série é impecável. Ver a preocupação em manter o ambiente nostálgico, com efeitos e tons leves é incrível. Deve ser muito difícil usar a tecnologia que temos hoje, para ambientar algo antigo.

São tantas referências fotográficas usadas em Sranger Things (Star Wars, O iluminado, Blade Runner são apenas algumas delas segundo o diretor Tim Ives). E nessa temporada também temos várias referências nostálgicas como Ghosts Busters, Tubarão, Punky Brewster, Exterminador do Futuro, ET e várias outras.

VEJA O TRAILER DE STRANGER THINGS


Se você ainda não assistiu, aproveite esse final de semana para maratonar. Depois vem me contar o que achou, combinado?

Beijos

 

Comentários

Comentários

Existe uma frase que consegue me descrever perfeitamente bem: “Quando acordei hoje de manhã, eu sabia quem eu era, mas acho que já mudei muitas vezes desde então“ (Alice no País das Maravilhas). Sou uma taurina que gosta de mudanças, estranho né?! Sempre gostei de fazer parte do que não conheço e nunca tive medo de arriscar naquilo que acredito. Sou Whovian, Sherlockian, Slytherin e Nintendista. Apaixonada por fotografia, livros, roedores, toys e miniaturas.

14 Comments

  1. Confesso que eu esperava mais dessa temporada, queria ter a mesma sensação que tive ao ver a primeira, sabe? Aquela ânsia de terminar logo e ficar desesperada pela próxima temporada, o que não aconteceu, mas acho que a expectativa alta atrapalhou um pouco. Mesmo assim adorei, ainda mais que o foco foi para o Will <3

    1. Eu super te entendo e estava conversando sobre isso com uma amiga.
      Acredito que a gente colocou muitas expectativas em cima da temporada e esperamos ser surpreendidos igual a primeira, onde tudo foi novidade rs.

  2. #BobDeservedBetter Assisti nesse feriado, tudo de uma vez só. Gostei bastante do crescimento da Nancy, da introdução da Max e de como o Steve adotou todo mundo. Ele dando conselhos amorosos pro Dustin é sensacional.
    Beijos
    Mari

  3. Eu consegui engolir essa temporada no mesmo dia que ela saiu, hahaha! Eu gostei muuuito dela! Todos os efeitos muito bem feitos, como sempre. Os personagens novos foram muito bem colocados pra completar a continuação. Quando tinha me simpatizado com o Bob, acontece aquilo 🙁 enfim, triste é ter que esperar até ano que vem pela próxima temporada né?

  4. Já tô com saudades do Bob <3 esperava mais respostas dessa temporada, mas terminei satisfeita! Adorei ver o crescimento dos personagens, achei o irmão da Max totalmente dispensável e já quero logo a 3ª! HHAHHAHA

  5. Goonie e Hobbit! Eu tava achando o Bob um personagem meio “nhé” at´a metade da temporada, mas daí pra frente e seu final me fizeram mudar de opinião… Sean Astin arrasou!
    A jornada da Eleven também foi bem diferente do que pensei, mas gostei. Amei o amadurecimento da Nancy e do Steve, e ao mesmo tempo achei o Johnatan meio mal explorado… Nos final eu já tava querendo que a “troca” fosse desfeita porque o Steve tava mais legal que ele, quem diria…
    Enfim. Foi uma continuação super digna, né? Pena que é tão rapidinho, já quero mais e não quero ter que esperar esse tempo todo aaaaaah!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE