confissoesdeumagarota_capaweb.jpg.200x300_q85_upscaleConfissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática;
I.S.B.N:  9788580415797;
Páginas: 272;
Autora: Thalita Rebouças;
Editora: Arqueiro;
Sinopse: Tetê acaba de se mudar com a família toda para Copacabana, no Rio de Janeiro, para a casa dos avós. O lindo e espaçoso apartamento da Barra da Tijuca em que morava teve que ser vendido, pois com a crise o pai foi demitido, e o resultado é que a vida dela virou de cabeça para baixo. Além de perder a privacidade, tendo que dividir o espaço com cinco parentes malucos que brigam o tempo todo, ela perdeu todas as suas referências. A única coisa que a deixa feliz é cozinhar. E, claro, comer as delícias que faz. O lado bom foi se livrar do antigo colégio, no qual sofria bullying por causa de seu jeito peculiar. Sem contar sua desilusão amorosa… O problema é que ela está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola, e sem conhecer ninguém. E morre de medo de ser excluída ou de sofrer bullying novamente. Ela está bem mal, para dizer a verdade. Ou talvez seja um pouco de drama, porque já no primeiro dia as coisas parecem ser um pouco diferentes… Pelo jeito, tudo vai mudar, e para melhor.

Nunca pensei que fosse tão possível se identificar com um personagem. Estou tão acostumada a ler ficção, distopia e fantasia que encontrar um livro que aborda a realidade, fez com que eu colocasse os pés no chão e lembrasse de várias fases da minha vida. Tetê conseguiu reviver a pequena Clayci. A menina que sentava nas carteiras da frente, que se apaixonava pelos meninos “inacessíveis”, que vivia em conflito com o espelho e viva se perguntando o que tinha de errado com ela?!

CONFISSÕES THALITA 2

[blockquote align=”left” author=”Bruna Vieira”]

“Algumas pessoas são mais sensíveis que as outras. Foi o que respondi quando me perguntaram por que o bullying mudou tanto a minha vida. Todos aqueles apelidos e brincadeiras da minha infância se transformaram em obstáculos na adolescência. Demorei anos pra entender que tudo bem ser diferente do resto do mundo. Aliás, é justamente isso que nos torna tão especiais. Tetê me fez lembrar de como essa descoberta muda tudo!”

[/blockquote]

A história é sobre Teanira – ou melhor Tetê-, uma adolescente que vive uma fase de descobertas e frustrações. Iniciamos a história com família de Tetê questionando sobre o seu comportamento. Sua mãe a convenceu de ir a um psiquiatra para entender o que há de errado com ela.  Tetê vive uma nova fase, ela se mudou com os pais para Copacabana e foi morar na casa dos seus avós.

O que Tetê não esperava era gostar dessa nova fase. Na escola ela consegue fazer amizade com dois meninos (Davi e Zeca) e aprende a ser mais vaidosa. Claro que ela continua sofrendo bullying, mas não se sente mais sozinha como antes. Sem falar que ela acaba se apaixonando por Erick, um menino fofo que namora a popular da escola.

CONFISSÕES THALITA 4

[blockquote align=”right” author=””]”Erick, o príncipe, jamais me notaria. Nem que eu nascesse mil vezes. Fiquei imaginando o divo causando em todas as meninas do mundo o que ele causava em mim. Certeza de que todas as garotas da escola já sonharam, por um momento, chamá-lo de namorado. Dizem que a adolescência é a época das paixões impossíveis. Eu não estava apaixonada, claro que não. Ou estava? Não! Não estava! Mas como me fazia bem pensar no Erick. Mesmo na impossibilidade de algum dia ser olhada por ele como eu o olhava.”[/blockquote]

Uma das paixões de Tetê é cozinhar! E no livro, no meio dos desabafos dela, há várias receitas para fazer. Ela vai narrando sobre sua nova fase!  Ela detalha sua relação com os novos amigos, seu interesse pelo Erick, a primeira festa e como é a relação com a sua família. E que família, né?! Uma família como qualquer outra: cheia de problemas! Senti que, por mais que a família se preocupa com Tetê, parte do bullying que ela sofre vem dentro da própria casa. Logo nas primeiras páginas senti o preconceito que a mãe tem da própria filha. Não há uma frase de otimismo, nem tentativa de fazer com que a filha se aceite do jeito que é. Pelo contrário, ela tem que viver dentro dos padrões da sociedade.

CONFISSÕES THALITA 3 CONFISSÕES THALITA 1

Senti em várias situações que a autora estava falando sobre mim. Impossível não de identificar com algumas experiências da personagem. É uma leitura importante, que aborda um tema sério e infelizmente frequente. Ver a Tetê superando os seus medos, fez com que eu sentisse vontade de abraçá-la.

Eu ainda não tinha lido nenhuma obra da autora, e agora fiquei interessada em conhecer suas outras histórias. Recomendo a leitura para todas as idades!

Quem já leu?

Beijos

Comentários

Comentários