Image default
Home - Bridget Jones: Louca pelo garoto
Resenhas Literárias Romance

Bridget Jones: Louca pelo garoto

42143196

Bridget Jones: Louca pelo garoto
I.S.B.N: 8535923314
Páginas: 432
Autora: Helen Fielding
Editora: Companhia das Letras
Sinopse: Logo que foi lançado, ‘O diário de Bridget Jones’ conquistou fãs e se tornou a voz de toda uma geração de mulheres, divididas entre a esperança de encontrar o verdadeiro amor e as frustrações dessa busca. Mulheres que, como Bridget, precisam se desdobrar entre as realizações profissionais e os cômicos percalços que mancham seu currículo, entre as exaustivas demandas familiares e as farras com amigos, entre os cuidados com a silhueta e o prazer de devorar cinco barras de chocolate antes do café da manhã. Catorze anos após o último livro, Bridget retoma seu diário abandonado e mostra que continua a mesma, e ainda mais viva – e ativa – do que nunca. O tempo se encarregou de trazer à sua vida outros dramas e dilemas, mas não levou embora seu jeito estabanado e a personalidade luminosa sem a qual ela não poderia enfrentar os momentos comoventes que a aguardam. Além de não descuidar da balança e manter-se longe dos cigarros, agora ela também precisa se preocupar com sites de relacionamentos, o número de seguidores no Twitter e os perigos de trocar mensagens de texto depois de algumas taças de vinho. Ainda às voltas com os amores, Bridget tropeça em novas confusões e tenta em vão se esquivar das gafes que ajudaram a consagrá-la como uma das personagens mais divertidas da literatura feminina, enquanto figuras antigas e recentes desfilam por sua vida – sobretudo um garoto misterioso que vem para balançar seriamente suas certezas.

saidaminhalente_bridget1Se existe algo positivo em trabalhar longe de casa deve ser algo relacionado a leitura. Digo isso porque comecei a trabalhar em menos de um mês e já li três livros. Estou feliz com o resultado, apesar de ser cansativo o trajeto de casa para o trabalho e não ver a hora de arrumar algo mais próximo.

Nunca escondi o meu amor por Bridget Jones, adoro o trabalho da Helen Fielding e ler um livro com a mesma personagem depois de catorze anos me deixou nostálgica. Bridget Jones fez parte da minha adolescência e sempre que sinto saudades dou um jeitinho de assistir um filme. Helen tem o dom de me fazer rir em público e me desligar do tempo enquanto leio suas histórias.

saidaminhalente_bridget2

Bridget Jones Louca pelo garoto conseguiu mexer comigo e não, não estava naqueles dias. O livro é emocionante! Você se coloca no lugar da personagem, se identifica com suas atrapalhadas, chora com os seus erros e se diverte com os micos.

A história ocorre após 14 anos , depois do Bridget Jones: No Limite da Razão. A nossa querida jornalista se tornou mãe, teve dois filhos com o Mark (Billy e Mabel). Ela está trabalhando em uma adaptação de roteiro e como sempre vive lutando contra o peso e tarefas só que agora está tendo que lidar com algo que ela não esperava: “a meia-idade“. O que vou dizer agora não é spoiler, é algo óbvio no início da leitura (até mesmo pela capa), Bridget está viúva! Mark morreu em um acidente e fiquei muito triste em saber que ele não estaria na história.

saidaminhalente_bridget5

A história, na verdade o diário de Bridget, conta o período após a morte de Mark Darcy e os dias atuais da jornalista. Conhecemos seus medos e sentimos falta do Mark junto com ela. Sem perder o bom humor, Bridget vive uma rotina que desconhecemos nas história anteriores. Apesar de ainda ter seus amigos, ela se divide entre o trabalho e os horários (e problemas) escolares.

Como não aceita o termo “meia-idade”, para se sentir mais jovem ela decide fazer parte das redes sociais. Cria um twitter e começa a narrar em poucos caracteres (ás vezes o assunto se estende em vários tweets) a sua vida amorosa. Bridget não tinha ficado com mais ninguém depois da morte de Mark, até que conhece um “jovem” no twitter que acaba mudando sua vida. Eu me diverti e muito com as situações vivida entre os dois e me identifiquei com a insegurança dela.

saidaminhalente_bridget3

Não vou contar muitos detalhes, pois quero que vocês leiam a história e se deliciem com as surpresas que aparecem durante a leitura. Bridget se deixa levar pelo garoto de 29 anos e compartilha com a gente a experiência e as regras, que ela aprendeu nos livros de autoajuda, de namoro. Tudo estava indo bem, ela estava se sentindo realizada profissionalmente e amorosamente até que tudo começa a dar errado.

saidaminhalente_bridget4

O livro fez com que eu refletisse muito sobre “as regras da sociedade”, e li toda a história com a atriz Renée Zellweger na cabeça.

saidaminhalente_bridget6

Super Recomendo!

Beijos

Leia também:

Jantar Secreto – Raphael Montes

Clayci

Wayne de Gotham

Clayci

Eu Amo Paris – Lindsey Kelk

Clayci

21 comentários

Mila 7 de novembro de 2015 at 18:46

Nunca li nenhum livro mas amei os filmes, são gostosos e engraçados demais!
Vou ter que confessar que vc me deixou com vontade de ler esse livro, Clay!
Será que rola mesmo sem ter lido os outros?
Bjs

http://achadosdamila.blogspot.com.br/

Resposta
Clayci 9 de novembro de 2015 at 21:27

Ahhhh Mila!!! LEIAAA
Assim que tiver tempo, leia <3

Resposta
Nay 6 de novembro de 2015 at 10:47

Acho que você foi a única pessoa que me convenceu a ler esse livro!! Fiquei muito triste quando soube que o Mark tinha morrido e desanimei. acho que vai ser minha próxima leitura!!
Beijos!!!

Resposta
Clayci 9 de novembro de 2015 at 21:44

Eu fiquei desanimada no começo, mas a personagem dá sempre um jeitinho de lembrar dele na história <3

Resposta
Fernanda 2 de novembro de 2015 at 09:42

Oi Clayci! Seu post ficou tão fofo que deu vontade de sair correndo pra comprar esse livro! Fiquei curiosa para ler! Bjos!
http://docesutileza.com.br

Resposta
Clayci 2 de novembro de 2015 at 14:27

Fico feliz de saber que tenha gostado <3

Assim que tiver oportunidade leia
Beijos

Resposta
Andreia Borges 31 de outubro de 2015 at 22:04

Oi Clayci. Esse livro está na minha lista, mas fiquei triste em saber que o Mark morre. Gostei da resenha. Beijos Andréia http://www.mardevariedade.com

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2015 at 21:26

Eu também fiquei muito triste com a notícia, mas na história conseguimos matar um pouco a saudades, porque a Briget sempre lembra de alguma situação com ele ^^

Beijos

Resposta
Carla Profeta 31 de outubro de 2015 at 21:51

Puxa eu nunca li os livros, acho que até tem um filme q n vi! Vou colocar na lista pra ir atras!
Eu vejo tanta serie que deixo filme e livros em segundo plano…mas sinto falta!
=)
bjss
Profetices

Heart Clicks

Resposta
Clayci 3 de novembro de 2015 at 21:22

Coloca na lista sim, Carla!!
Vale super a pena, você vai rir muito ^^

Beijos

Resposta
Clayci 30 de outubro de 2015 at 21:22

Concordo com você!!!!

Leia sim, assim que tiver oportunidade viu?
Acredito que você vai gostar

Beijos

Resposta
Alessandra 30 de outubro de 2015 at 19:38

É uma meta de vida ler “Bridget Jones” HAHAHAH
Quem sabe 2016 é meu ano!
Beijos Clayci
http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

Resposta
Clayci 30 de outubro de 2015 at 21:16

Leia assim que puder hahahah acredito que você vai se divertir <3

Resposta
Cláudia Pereira 30 de outubro de 2015 at 18:49

excelente post, minha querida! obrigada pela recomendação, tenho a certeza de que vou adorar 😀

Resposta
Clayci 30 de outubro de 2015 at 21:20

Obrigada Claudia <3

Resposta
Dai Castro 30 de outubro de 2015 at 14:22

Eu adoro a Bridget! Esse eu ainda não li, aliás, só li o primeiro, mas mesmo assim a história foi bem marcante para mim e eu também soltava alguns risos, sozinha por ai. A personagem é muito carismática <33 Acho que vou reler e depois iniciar a leitura dos livros que faltam. Fico imaginando agora a Bridget cinquentona 😀 Beijos!

Resposta
Clayci 30 de outubro de 2015 at 21:29

A melhor versão dela é a da “meia idade” Dai hahahaha

Beijos

Resposta
Milena Schabat 29 de outubro de 2015 at 11:46

COMASSIM ELE MORREU????? Eu não sabia disso, agora tô meio deprimida, sempre gostei dele =(
Eu vi uns quotes super engraçados desse livro e, desde então, tenho vontade de lê-lo. Mas, como eu só vi os filmes, não vou começar logo por esse livro, tem que ser em ordem hahaha
Adorei a resenha e, meu deus, que vontade de comer suspiros por causa das tuas fotos <3

Abraço,
literarizei.blogspot.com

Resposta
Clayci 31 de outubro de 2015 at 18:07

Sim, ele morreu!!
No início senti falta dele, mas a personagem sempre soube colocar ele no meio da história =D
Ficou gostosa a leitura

Resposta
Mari 29 de outubro de 2015 at 11:21

Eu também amo Bridget Jones, mas fiquei tão, mas tão desanimada com esse livro quando soube que a autora tinha matado o Mark Darcy. Como assim ela se atreve a matar o MEU Darcy? Quem autorizou?
Mas sério, li algumas resenhas dizendo que talvez ela devesse ter criado outra personagem para contar essa história ao invés de se utilizar da Bridget de novo. Mas não sei… seu post meio que me deu esperanças e pode ser que eu mude de ideia.

Resposta
Clayci 31 de outubro de 2015 at 20:01

Exato Mari!!
Quando eu soube fiquei triste, mas a personagem soube colocar ele na história diversas vezes em lembrança =D

Resposta

Deixe um comentário

* Seu comentário irá para aprovação

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE