Bem-vindo à Casa dos Espíritos - Christopher Buehlman

Bem-vindo à Casa dos Espíritos é do autor norte-americano Christopher Buehlman e foi publicado pela Darkside Books.

SOBRE A HISTÓRIA

Andrew Ranulf Blankenship é um mago (ele não gosta do título de bruxo) que vive nos bosques ao norte de Nova York. Ele é um bru… mago brilhante, bonito, dono de um Mustang clássico todo estiloso; Sua casa é protegida com magia antiga, ou seja, por viver isolado já dá pra ter ideia de que ele não quer ser encontrado.

Esqueci de mencionar que Andrew é um alcoólatra em recuperação. Há anos que ele luta contra esse vício ao lado de seus amigos nas reuniões dos AA que ele participa regularmente. São poucas pessoas que tem acesso a sua casa, na verdade, ela só aparece para aqueles que são convidados; ela é cheia de armadilhas, feitiçarias e túneis de fuga. Andrew também é dono de uma biblioteca poderosa e possui itens mágicos que muitos bruxos fariam de tudo para obter. E é justamente este o motivo pelo qual ele não quer ser encontrado.

Isto é o que Andrew faz na reunião dos Alcoólicos Anônimos.
Ele fala quando é a sua vez de falar.
Ele traduz as coisas de Deus na mente pra fazer sentido para ele.

Bem-vindo à Casa dos Espíritos - Christopher Buehlman

O mago sempre soube que a magia exige sacrifícios de sangue e disposição para enfrentar a morte. Porém, como ele já estava acostumado com a sua rotina e o seus dias de paz, Andrew passou a se preocupar apenas com a sua aparência, deixando a defesa pessoal de lado. Se ele pudesse faria o mesmo com o seu passado, pois perdeu algumas pessoas que foram importantes em sua vida. E mesmo sabendo que não podia se apaixonar, ele acaba se envolvendo com a sua amiga Anneke.

O fato é que seu passado está de volta. Andrew fez um inimigo muito poderoso quando estava na União Soviética no início dos anos 80; um monstro que saiu direto das páginas das fábulas russas. Baba Yaga é o mal encarnado e quer de volta tudo o que Andrew roubou dela (e mais)

MINHA OPINIÃO

Bem-vindo à casa dos espíritos é diferente de qualquer fantasia que eu tenha lido. E nem tenho certeza se devo classificá-lo dessa forma. A trama possui elementos de terror com várias fábulas russas que são assustadoras. Confesso que no início eu me senti um pouco perdida por causa do vocabulário, mas aos poucos fui entrando na trama e a narrativa começou a fluir.

Bem-vindo à Casa dos Espíritos - Christopher Buehlman

No entanto, devo salientar que foi a forma com que o autor descreveu cada detalhe que ajudou a me sentir dentro da história. Ele dá imagens claras de cada personagem, cada cenário e isso faz com que a gente se interesse em pesquisar as referência e citações usadas. É claro que se você estiver acostumado em ler esse gênero e gosta de livros exotéricos, pode ser que não sinta essa dificuldade.

Também gostei da forma com que ele integrou a história de Baba Yaga em um conto tão moderno. Andrew é um bruxo complexo e sabemos muito pouco do seu passado. Mas aos poucos ele vai se abrindo e no decorrer da trama vamos compreender (e aceitar) as suas motivações e escolhas.

Outra coisa que eu gostei foi a forma com que os personagens foram apresentados e desenvolvidos pelo autor. A começar pelos magos que não possuem os perfis que estamos acostumados a encontrar nas histórias do gênero. Aqui eles são modernos! Temos uma bruxa que lança feitiços através de computadores, inclusive foi a minha personagem favorita da história; alguns são especializados em carros (como no caso do Andrew), outros conseguem entrar em contato com os mortos através de vídeos e por aí vai.

Está certo que eu senti falta de uma pequena explicação de como e por quê a mágica funciona, mas isso não atrapalhou a leitura. E os nossos protagonista não são heróis. Eles possuem arrependimentos, medos, raiva; São criminosos, viciados e fazem de tudo para se dar bem (mesmo que não fazendo a coisa certa). Enfim, a maioria dos personagens são interessantes e possuem personalidades distintas. Comecei a leitura odiando alguns, mas me surpreendi com o final e esse sentimento mudou.

Bem-vindo à Casa dos Espíritos - Christopher Buehlman

E antes de finalizar minha resenha, preciso dizer que fiquei feliz com as mulheres da história. Como citei ali em cima, a bruxa cibernética foi a minha favorita. Radha é uma personagem incrível que domina o mundo da tecnologia. Anneke também não fica atrás. Ela é lésbica e Andrew acaba se apaixonando por ela, mas ela é uma bruxa forte e adorei a sua personalidade.

Enfim, vamos encerrando para não soltar spoilers. Mesmo com as ressalvas, Bem-vindo à casa dos Espíritos foi uma grande surpresa e por isso te convido para conhecer a casa.

Beijos

 

 

 

Bem-vindo à Casa dos Espíritos Book Cover Bem-vindo à Casa dos Espíritos
Christopher Buehlman
Darkside Books
380

Sinopse: Você é o nosso convidado de honra para ler o que poucos conseguem ver. Uma casa perdida no meio do nada parece ser um bom lugar para esconder os mais sombrios segredos. Principalmente quando se trata de uma casa invisível a olhos não autorizados por seu dono, o enigmático Andrew Ranulf.

Há muitas coisas que você deveria saber sobre Andrew. A mais importante de todas seria manter distância dele. Mas talvez você não consiga resistir à tentação de descobrir o que esse cara está evocando. Ele é um fenômeno que surge em todos os lugares onde Bem-vindo à Casa dos Espíritos é lançado. Não diga que não foi avisado.

Protagonista do livro de Christopher Buehlman, Andrew é um imigrante russo que guarda em casa uma perigosa relíquia da antiga União Soviética. Membro dos Alcoólicos Anônimos, há dez anos longe das garrafas, ele também é um bruxo famoso. Sua técnica de conversar com os mortos através de vídeos atrai muitos clientes. Por mais estranho que pareça, Andrew também tem sentimentos e possui uma dona para o seu gélido coração: uma sereia de carne, osso e escamas. Todo cuidado é pouco para não seguirmos seu canto até o fundo do lago.

Misturando antigas fábulas com uma narrativa moderna que encanta leitores em todo o mundo, Bem-vindo à Casa dos Espíritos é mais um lançamento para os destemidos leitores da DarkSide® Books em 2018. Andrew Pyper – autor de O Demonologista, outro best-seller da editora que surpreendeu o mercado brasileiro – é o primeiro a afirmar: “Bem-vindo à Casa dos Espíritos é ao mesmo tempo belo e aterrorizante, mágico e realista, literalmente maravilhoso".

Comentários

Comentários